O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Paris aprova estratégia para desenvolver projetos voltados para pedestres em toda a cidade

Paris aprova estratégia para desenvolver projetos voltados para pedestres em toda a cidade

Paris aprova estratégia para desenvolver projetos voltados para pedestres em toda a cidade
Paris aprova estratégia para desenvolver projetos voltados para pedestres em toda a cidade, Paris, França. Image © Sharona Sinke. Licença CCO 1.0
Paris, França. Image © Sharona Sinke. Licença CCO 1.0

Na última sessão do Conselho Municipal de Paris, realizada nos dias 30 e 31 de janeiro, foi aprovada uma Estratégia Peatonal que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos pedestres, ou seja, de todos que circulam a pé pela capital francesa.

Por um lado, o interesse da estratégia está focado em facilitar os deslocamentos e as condições dos pedestres, incentivando que mais pessoas caminhem, sendo que este já é o meio de transporte mais usado na cidade, totalizando 60% dos percursos. Além disso, quando se trata de deslocamentos para realizar compras, 79% dos trajetos são realizados a pé, quando apenas 4% deles são de carro. 

© Prefeitura de Paris
© Prefeitura de Paris

As origens dessa estratégia remontam aos Orçamentos Participativos de 2014 -- uma instância na qual os habitantes expressaram seus desejos e opiniões em relação aos espaços públicos da cidade, por onde poderiam deslocar-se de maneira mais cômoda e segura -- que agora foi formulada levando em consideração estas opiniões.

A necessidade é justificada pois, apesar do número de fatalidades no trânsito ter caído 17% em 2015 e 2016, os pedestres ficaram no topo da lista de fatalidades do ano passado. 

A implementação estabelece cinco princípios que orientarão a formulação e desenvolvimento dos projetos propostos a partir de agora. São eles:

1. Facilitar a continuidade dos deslocamentos a pé;
2. Promover a diversidade de usos na rua;
3. Elevar os níveis de conforto dos espaços públicos;
4. Repensar a orientação dos pedestres;
5. Consolidar a cultura peatonal em Paris.

Cada um deles envolve projetos específicos, como por exemplo, garantir a acessibilidade universal nos pontos e estações de transporte público, e aumentar a largura das ilhas de pedestres nas ruas. 

Outras propostas consistem em eliminar as sinalizações luminosas de trânsito nas Zonas 30 para criar um estado de atenção constante entre os condutores, e aumentar o tempo abertura dos semáforos para pedestres. 

A isso se soma o desenvolvimento de uma estratégia de comunicação sobre os benefícios de caminhar, melhorar os equipamentos dos pontos de ônibus, diminuir a densidade do trânsito e construir mais ciclovias para evitar conflitos no espaços público, entre outras. 

A partir desta estratégia, o centro de Paris terá mais espaços de estar destinados aos pedestres e zonas que facilitarão o fluxo do movimento peatonal.

© Prefeitura de Paris
© Prefeitura de Paris

A aprovação desta estratégia soma-se aos planos anteriores da cidade, que também têm como foco os pedestres, como a ampliação das Zonas 30, a remodelação de sete praças e a ampliação dos espaços públicos na orla do Sena.

Na mesma sessão, o Conselho decidiu autorizar a prefeita Anne Hidalgo a assinar a Carta Internacional da Caminhada, redigida na Conferência Walk 21, que busca criar cidades onde os habitantes possam escolher caminhar de modo saudável, viável e eficiente, porque "caminhar é a primeira coisa que um bebê quer fazer e a última coisa que um adulto deseja renunciar."

Sobre este autor
Constanza Martínez Gaete
Autor
Cita: Gaete, Constanza Martínez. "Paris aprova estratégia para desenvolver projetos voltados para pedestres em toda a cidade" [París aprueba una estrategia para desarrollar proyectos peatonales en toda la ciudad] 18 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/805417/paris-aprova-estrategia-para-desenvolver-projetos-voltados-para-pedestres-em-toda-a-cidade> ISSN 0719-8906