O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. A torre de madeira mais alta: Proposta conceitual de Perkins + Will para River Beech Tower

A torre de madeira mais alta: Proposta conceitual de Perkins + Will para River Beech Tower

A torre de madeira mais alta: Proposta conceitual de Perkins + Will para River Beech Tower
Cortesia de River Beech Tower
Cortesia de River Beech Tower

Como parte de um masterplan ao longo do Rio Chicago, a Torre Beech River é um arranha-céu residencial que, se construído, será a mais alta construção de madeira existente. A equipe por trás do projeto consiste do escritório de arquitetura Perkins + Will, engenheiros da Thornton Tomasetti e a Universidade de Cambridge. Atualmente um empreendimento conceitual acadêmico e profissional, a equipe pontua que ele poderia ser realizado potencialmente nas fases finais de implantação do masterplan.

Varandas Externas. Cortesia de River Beech Tower
Varandas Externas. Cortesia de River Beech Tower

A equipe acredita que eles serão capazes de "alcançar alturas muito maiores do que qualquer construção de madeira existente" usando apenas "madeiras comercialmente disponíveis". As propostas existentes de arranha-céus de madeira chegam a cerca de 30-40 pavimentos, como o C.F. Møller e o prédio residencial em Estocolmo de 34 andares, de DinellJohnasson, que deverá ser concluído em 2023. SOM também desenvolveu um sistema que evidencia a possibilidade de um edifício de 42 andares, como parte de seu Timber Tower Research Project. Os edifícios de madeira completos ou em fase de conclusão são um pouco menores, como a residência estudantil de 18 andares de Acton Ostry Architects atualmente em construção em Vancouver e o prédio de 10 andares em Melbourne.

Átrio. Cortesia de River Beech Tower
Átrio. Cortesia de River Beech Tower

Estruturalmente, estes edifícios existentes fazem uso de um sistema híbrido de madeira (laminado cruzado e madeira laminada colada) e concreto (muitas vezes no núcleo), para atingir suas alturas. Ligeiramente diferente destes sistemas é o modelo de construção de Michael Green, "Encontrar a Floresta através das Árvores" (FFTT), que tem um núcleo de madeira e lajes de madeira, com vigas de aço para fornecer ductilidade - essencialmente, como o aço é capaz de tracionar mais do que a madeira, estas vigas mantêm a estrutura juntos sob cargas laterais extremas, como em um terremoto ou em ventos fortes.

Fachada. Cortesia de River Beech Tower
Fachada. Cortesia de River Beech Tower

A equipe River Beech, no entanto, usa um sistema inteiramente diferente, e credita esta inovação como a chave para novas alturas em madeira. O sistema envolve um sistema diagrid exterior, aproveitando a força axial natural da madeira. As cargas verticais e laterais do edifício são resistidas conectando os diagrídeos externos com o apoio cruzado interno que contorna o átrio central, permitindo uma distribuição eficiente de cargas em todos os elementos de madeira.

A torre de madeira mais alta: Proposta conceitual de Perkins + Will para River Beech Tower, Cortesia de River Beech Tower
Cortesia de River Beech Tower

Com 80 andares de altura, o projeto conceitual atende a 300 unidades duplex e intrusões de vários pavimentos que conformam espaços comuns. O jogo entre privado e público dentro de uma estrutura neutra em carbono une a visão da equipe de sua "adaptação social e sustentável ao desenvolvimento dos arranha-céus".

Créditos do Projeto:

Cortesia de River Beech Tower
Cortesia de River Beech Tower

Equipe de Projeto Perkins+Will: Ralph Johnson, Todd Snapp, Jeff Sanner, Rachael Bennett, Gilryong Song
Equipe de Projeto Thornton Tomasetti: David Weihing, Edward Peck, Alejandro Fernandez, Mark Chiu, Timothy Wong
Equipe de Projeto University of Cambridge: Michael Ramage, Rob Foster

Cortesia de River Beech Tower
Cortesia de River Beech Tower

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Sharon Lam
Autor
Cita: Lam, Sharon. "A torre de madeira mais alta: Proposta conceitual de Perkins + Will para River Beech Tower" [The Tallest Timber Tower Yet: Perkins + Will's Concept Proposal for River Beech Tower] 03 Dez 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/800673/a-torre-de-madeira-mais-alta-proposta-conceitual-de-perkins-plus-will-para-river-beech-tower> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.