O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. “River to the People”: Plano de Recuperação da Costa de Nova York

“River to the People”: Plano de Recuperação da Costa de Nova York

“River to the People”: Plano de Recuperação da Costa de Nova York
“River to the People”: Plano de Recuperação da Costa de Nova York , Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

Durante a passagem do furacão Sandy em Nova Iorque, inundações excederam a capacidade do rio East de Manhattan e atingiram as casas e subestações de energia provocando apagões generalizados. A tempestade enalteceu os efeitos da mudança climática e as preocupações sobre a capacidade da cidade em suportar tais eventos climáticos. Como resposta, o escritório de arquitetura WXY Architecture + Urban Design, desenvolveu um projeto que reforça os 3,5 quilômetros de margem costeira em Manhattan, que se estende desde a ponte Brooklyn até a Rua 38.

Imagem via Architects Newspaper Imagem via Architects Newspaper Imagem via Architects Newspaper Imagem via Architects Newspaper + 8

O presidente do distrito de Manhattan, Scott Stringer, revelou o Plan East River Blueway no mês passado. A apresentação se deu a fim de conhecer os novos detalhes que visam melhorar o trabalho na região ribeirinha que começou em 2010 entre os Conselhos Comunitários 3 e 6, o Centro de Ecologia de Lower East Side, Stringe e o representante do distrito 74, Brian Kayanagh. “O objeto de Blueway é redesenhar um traçado há tempos esquecido pelos nossos passeios a beira-mar”, disse Stringer em seu discurso. “Mas com a evolução da Blueway, fica clara a necessidade de um planejamento para proteger a área de catástrofes.” Em sua apresentação, Stringer prometeu US$ 3,5 milhões em fundos para a construção.

Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

O projeto de WXY concebe uma margem mais suave ao longo da linha costeira para mitigar as futuras ameaças de tempestades e proporciona à comunidade serviços de educação e recreação. Claire Weisz, diretor de WXY, disse que “temos abordado os objetivos de melhorar o ambiente do East River e a qualidade da água, de atrair mais aves e peixes encontrando uma forma de reduzir a velocidade da água no rio. Para isso estamos criando bordas mais nítidas, e mais áreas de superfícies para a natureza”.

Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

Um terreno baixo e pantanoso que estende até a porção navegável do rio East até o canal Weisz disse que dotará de grande capacidade de armazenamento de água e filtração. Os manguezais também ajudarão a reduzir a velocidade do rio e minimizar as ondas, permitindo acesso fácil da comunidade até a água. Abaixo da via expressa Roosevelt, WXY propôs um sistema de bandeja composta por água doce que filtra a água da chuva que excede a capacidade do rio. Em duas enseadas naturais sob a ponte de Brooklyn e em uma curva da costa acima da Rua 14, o projeto Blueway demanda a eliminação de tabiques e a criação de uma série de sistemas de filtragem que armazenam o acumulo de água das marés e das praias. “Estamos tentando fazer que as enseadas sejam parecidas com as naturais”, disse Weisz.

Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

Hoje, na subestação da Rua 14 que cruza com a via expressa Roosevelt há um espaço para o passeio a beira-mar. WXY propôs uma ponte elevada com forma de “U” para o local, denominado por Weisz como “uma via de migração para as bicicletas e pessoas”, que atrairia maior segurança e proporcionaria um vínculo vital para a que comunidade possa ter acesso à água. Em outros lugares ao longo da costa, seria executado um sistema elevado de plataformas para caminhadas e passeios de bicicleta ao longo da margemdo rio. “Queríamos sair da sombra da via expressa”, disse Weisz.

Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

Weisz destacou que Blueway é um modelo que pode informar as intervenções beira-mar em outras partes da cidade. Nesse sentido afirmou que “o plano Blueway trata sobre como podemos buscar um futuro de cidades com resistentes beira-mares ativos e sustentáveis. E acrescenta que “se você tem que reparar uma estrada, porque não torná-la mais permeável? Se tiver que reconstruir uma ponte, por que não pensá-la de outro modo? É diferente de um plano diretor, é um plano de jogo”. O plano Blueway completo e todos detalhes técnicos sobre como torná-lo realidade se dará em abril.

Imagem via Architects Newspaper
Imagem via Architects Newspaper

Via Architects Newspaper .

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Victor Delaqua
Autor
Cita: Victor Delaqua. "“River to the People”: Plano de Recuperação da Costa de Nova York " 24 Abr 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/110409/river-to-the-people-plano-de-recuperacao-da-costa-de-nova-york> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.