Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Lelé será destaque na Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza de 2014

O arquiteto e urbanista João Filgueiras Lima, o Lelé, ganha destaque na 14ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza e é reconhecido como referência mundial no modernismo.

Bienal de Veneza 2014: sem pavilhão ou exposição, Portugal levará um jornal à Itália

Publicamos recentemente o título e o tema, mas não o formato da participação de Portugal na Bienal de Veneza deste ano – Homeland: News From Portugal não é o título de uma exposição, mas de um jornal. Sem pavilhão próprio e com um orçamento de apenas 150 mil euros, Portugal será representado na mais importante mostra de arquitetura do mundo com uma edição em papel que será distribuída gratuitamente aos milhares de visitantes que de dois em dois anos acorrem ao evento.

Pedro Campos Costa e Trienal de Lisboa na 14ª Bienal de Arquitetura de Veneza

A Direção-Geral das Artes anunciou o arquiteto Pedro Campos Costa como o curador da representação portuguesa na 14ª Exposição Internacional de Arquitetura, Bienal de Veneza em 2014.

Bienal de Veneza 2014: Israel explora o tema "Urburb", uma paisagem nem urbana nem suburbana

Nem urbano nem suburbano, o Urburb é um mosaico fragmentado de cem anos de planejamento moderno em Israel: cidades jardim do início do século XX, habitação social da metade do século, tipologias residenciais em altura das duas últimas décadas. Estas mutações residenciais dominam a paisagem israelense contemporânea, expandindo e substituindo texturas existentes em um ciclo repetitivo e interminável.

Bienal de Veneza 2014: FAT e Crimson exploram as origens do modernismo britânico

Os curadores FAT Architecture e Crimson Architectural Historians divulgaram mais detalhes do pavilhão britânico para a 14ª Bienal de Arquitetura de Veneza. Respondendo ao tema proposta por Rem Koolhaas: "Absorbing Modernity: 1914-2014", a exposição A Clockwork Jerusalem "explorará as diversas influências culturais que moldaram e foram moldadas pelo modernismo britânico no pós guerra e nos últimos 100 anos."

12 escritórios portugueses exploram o tema “Homeland – News From Portugal” para a Bienal de Veneza

A 14ª edição da Bienal de Arquitetura de Veneza, sob a direção de Rem Koolhaas, contará com a presença de 12 escritórios portugueses que explorarão o tema Homeland – News From Portugal.

Bienal de Veneza 2014: "Laboratorio de Arquitectura Dominicana" fará a curadoria do Pavilhão da República Dominicana

O escritório Laboratorio de Arquitectura Dominicana (LAD) foi selecionado para fazer a curadoria do primeiro pavilhão da República Dominicana na Bienal de Veneza 2014. A exposição explorará atitudes modernas e narrativas locais acerca da Feira da Paz e Fraternidade do Mundo Livre de 1955.

Bienal de Veneza 2014: Pavilhão Nórdico estuda o papel da arquitetura na independência da África Oriental

O Museu Nacional da Noruega foi selecionado para a curadoria do Pavilhão Nórdico na Bienal de Veneza 2014, em colaboração com o Museu da Arquitetura Finlandesa, o Centro Sueco de Arquitetura e Design de Estocolmo e o escritório Space Group. A exposição, "FORMS OF FREEDOM: African Independence and Nordic Models” (Formas de Liberdade: Independência Africana e Modelos Nórdicos) estudará o papel da arquitetura moderna nórdica na libertação da África Oriental durante as décadas de 1960 e 70.

Bienal de Veneza 2014: Turquia trabalhará os "lugares da memória" em Istambul

A Fundação para Cultura e Arte de Istambul (İKSV) anunciou a primeira participação da Turquia na Bienal de Arquitetura de Veneza: "Places of Memory" (Lugares da Memória). Composto pelo trabalho de cinco artistas turcos contemporâneos e com curadoria do arquiteto Murat Tabanlıoğlu, o pavilhão busca ilustrar como uma variedade de estilos arquitetônicos eventualmente evoluiu em um único estilo em praticamente todo o mundo contemporâneo. 

5 coisas que farão desta uma Bienal diferente

A Bienal de Veneza deste ano, sob direção de Rem Koolhaas, é a mais comentada e esperada de todos os tempos. Compilamos abaixo cinco pontos que Oliver Wainwright discorreu sobre a tão aguardada Bienal no jornal The Guardian de ontem.

Anunciados os últimos detalhes dos "Fundamentals" de Koolhaas para a Bienal de Veneza 2014

Em uma coletiva de imprensa hoje, o diretor da Bienal de Veneza Paolo Baratta e o curador Rem Koolhaas expressaram seu compromisso de usar o evento para destacar "as coisas que os arquitetos não podem ignorar." Estes "Fundamentals" são um retorno às invenções básicas da modernidade, e deste modo, as exposições individuais vão olhar para as "partículas elementares da arquitetura". Dando especial atenção para os desenvolvimentos do século passado, Baratta e Koolhaas esperam que o evento venha a servir como "um ponto de referência e fonte de inspiração para a arquitetura."

Bienal de Veneza 2014: Nova Zelândia foca na arquitetura do Pacífico

A Nova Zelândia apontou o arquiteto David Mitchell para o cargo de diretor criativo, liderando a primeira participação do país na Bienal de Veneza. A partir do tema "Fundamentals", proposto por Rem Koolhaas, MItchell planeja expor a tradição neozelandesa da arquitetura do Pacífico - com construções leves de madeira - através de uma série de modelos.

Koolhaas revela o tema para a Bienal de Veneza 2014

Em uma apresentação na Itália nesta manhã, Rem Koolhaas anunciou que o tema para a Bienal de Veneza de 2014 será "Fundamentos" ("Fundamentals"). De acordo com o tweet da revista Domus sobre o evento, Koolhaas deseja que esta Bienal, a qual é de sua curadoria, faça uso da pesquisa histórica para explorar como a Modernidade e a globalização têm formado, desde 1914, a arquitetura que fazemos hoje. Esta Bienal terá foco no desaparecimento das identidades arquitetônicas nacionais e na formação, por mais de 200 anos, de uma arquitetura global que produz, segundo Koolhaas, "a mesma coisa, com os mesmos materiais, nos mesmo estilos. Como isto aconteceu?"