Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Uruguay

Uruguay: O mais recente de arquitetura e notícia

Uruguai vence o Prêmio CICOP Chile 2018

Projetos do Uruguai, Argentina, Chile e Brasil foram escolhidos como vencedores do Prêmio CICOP Chile 2018. Esta é a quarta edição nacional — e a segunda edição internacional — da chamada aberta latino-americana de projetos que desenvolvam intervenções em edifícios, conjuntos edificados ou áreas de valor patrimonial.

"Atuar com sensibilidade e propriedade técnica no patrimônio construído colabora para unir forças em favor da conservação e reforçar a contribuição que o campo profissional pode dar para a transmissão de valores patrimoniais às futuras gerações", explicam os organizadores na chamada que recebeu 92 propostas nesta edição.

O diretor do concurso foi Nicolas Iza, enquanto a coordenação geral ficou a cargo de Marco Antonio Orellana. Por sua vez, o júri foi composto por Arturo López Bachiller e David Avila, representantes do escritório Luis Vidal + Arquitectos; juntamente com María Inés Arribas, Mabel Briceño, Antonino Pirozzi e Carolina Vergara, representantes da CICOP Chile.

Mención Especial: Maderoteca, mediateca en Puerto Madero. Image Cortesía de Premio CICOP Mención honrosa: Ágora suburbana en terreno ex-CCU. Image Cortesía de Premio CICOP Mención honrosa: Tipología de claustro como oportunidad de reinserción urbana. Image Cortesía de Premio CICOP Mención honrosa: Tava Mbyá-Guarani. . Image Cortesía de Premio CICOP + 22

Como melhorar as cidades através da cultura: 10 dicas segundo UNESCO

Este artigo, escrito por Svetlana Kondratyeva e traduzido por Olga Baltsatu para a Revista Strelka, investiga os casos mais interessantes do papel da cultura no desenvolvimento urbano sustentável, com base no relatório da UNESCO.

A UNESCO publicou o Relatório Global sobre Cultura para o Desenvolvimento Urbano Sustentável (Global Report on Culture for Sustainable Urban Development) no outono de 2016. Dois eventos da ONU estimularam sua criação: um documento intitulado Transforming our World: the 2030 Agenda for Sustainable Development, que enfatiza dezessete objetivos globais para a futura colaboração internacional, foi assinado em setembro de 2015, em Nova Iorque. Habitat III, a conferência realizada uma vez a cada vinte anos e dedicada à habitação e ao desenvolvimento urbano sustentável, ocorreu no Equador em outubro de 2016. A questão do papel da cultura no desenvolvimento urbano e quais os problemas ela pode resolver, surgiu em ambos os eventos. Para responder, UNESCO resumiu a experiência global e incluiu casos bem sucedidos de paisagismo, políticas culturais, eventos e iniciativas de diferentes cantos do mundo no relatório.

Primeiro Lugar no concurso urbano para La Barra / Uruguai

Definido pelos organizadores como "um convite a pensar este território a partir da imaginação de um futuro possível e os caminhos para buscá-lo", durante 2014 o Município de San Carlos e o Departamento de Governo de Maldonado (Uruguai) convocaram a população a participar do concurso de ideias de desenho e planejamento territorial para a rota que atravessa o balneário La Barra, a sete quilômetros a leste de Punta del Este.

O concurso buscava transformar esta região da rota em uma avenida com perfil urbano que prioriza o pedestre, hierarquizando a centralidade de serviços, a cultura e o comércio de La Barra, além de criar uma interconexão mais fluida com o balneário José Ignacio.

A seguir, conheça a proposta do Escritório Leonardo Noguez Arquitectos, um dos três ganhadores do concurso uruguaio. 

Terceiro Lugar no Concurso de Habitação RIFA 2014 / Uruguai

Publicamos recentemente o projeto vencedor da edição 2014 do Concurso de Habitação RIFA, realizado anualmente há 60 anos. A proposta vencedora, de María Inés García e Maximiliano García, será construída e se converterá no principal prêmio do Arquitectura Rifa, uma iniciativa para angariar fundos para a viagem internacional dos alunos da Facultad de Arquitectura de la Universidad de la República de Uruguay.

Veja, a seguir, o projeto premiado com o terceiro lugar no concurso, de Emiliano Recoba e Inés Fernández.

Segundo Lugar no Concurso de Habitação RIFA 2014 / Uruguai

Publicamos recentemente o projeto vencedor da edição 2014 do Concurso de Habitação RIFA, realizado anualmente há 60 anos. A proposta vencedora, de María Inés García e Maximiliano García, será construída e se converterá no principal prêmio do Arquitectura Rifa, uma iniciativa para angariar fundos para a viagem internacional dos alunos da Facultad de Arquitectura de la Universidad de la República de Uruguay.

Veja, a seguir, o projeto premiado com o segundo lugar, de autoria de Leandro Alegre e Martín Olivera.

Primeiro Lugar no Concurso de Habitação RIFA 2014 / Uruguai

Foram anunciados os vencedores do Concurso de Habitação 2014, organizado pelo Grupo de Viaje Generación 2009 de Arquitectura Rifa (Universidad de la República de Uruguay). O concurso é realizado há mais de 60 anos e participam exclusivamente estudantes desta universidade. Tradicionalmente, o projeto vencedor  do concurso é construído.

Nessa edição do concurso o arquiteto assessor foi Enrique Castro, e o júri do concurso foi composto por Luis Zino, Francisco Firpo e Luis Oreggioni.

Veja, a seguir, o projeto vencedor do concurso, de María Inés García e Maximiliano García.

Cortesia de María Inés García e Maximiliano García Cortesia de María Inés García e Maximiliano García Cortesia de María Inés García e Maximiliano García Cortesia de María Inés García e Maximiliano García + 19

Primeira Menção no concurso para o Memorial dos Detidos Desaparecidos no Uruguai

A Prefeitura de Canelones (Uruguai), promoveu o concurso de ideias para o projeto de um Memorial em homenagem aos três desaparecidos da Ciudad de las Piedras durante a ditadura militar que dominou o Uruguai entre os anos de 1973 e 1984.

Segundo os organizadores, o concurso teve como objetivo apostar na recuperação da memória como suporte ético da sociedade, como forma de evitar o esquecimento, a repetição da violência, os abusos de poder, as discriminações, as torturas, os desaparecimentos e as injustiças.

A seguir, conheça a proposta do Estudio / LT, premiada com a primeira menção honrosa no concurso

La Aldea Feliz / Pavilhão do Uruguai na Bienal de Veneza 2014

O Pavilhão do Uruguai para a 14ª Bienal de Arquitetura de Veneza - a cargo dos arquitetos Emilio Nisivoccia, Martín Craciun, Jorge Gambini, Santiago Medero e Mary Méndez - é um grande arquivo que se desenvolve no espaço, envolvendo materiais que vão desde os documentos até a interpretação destes. A montagem é concebida como um único arquivo composto por materiais e escalas diferentes, gerando três áreas conectadas, embora claramente definidas: a entrada (apresentação da exposição), uma segunda área repleta de prateleiras metálicas dispostas sobre uma trama ortogonal (apresentando maquetes e outros objetos) e um terceiro espaço formado por uma grande mesa que permite ao visitantes entrar em contato com um arquivo de plantas, desenhos e fotografias.

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 16

Pavilhão do Uruguai na Bienal de Veneza 2014 / La Aldea Feliz

Em fevereiro foi divulgado o resultado da convocatória do Uruguai a para a Bienal de Veneza 2014. O júri selecionou a proposta intitulada La Aldea Feliz.

Veja a seguir a proposta dos arquitetos Emilio Nisivoccia, Martín Craciun, Jorge Gambini, Santiago Medero e Mary Méndez.

Parador Penitente / G+ Gualano Arquitectos

© Ramiro Rodríguez Barilari