Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Teleférico

Teleférico: O mais recente de arquitetura e notícia

UNStudio projeta o primeiro teleférico internacional na fronteira entre a China e a Rússia

O UNStudio venceu o concurso de arquitetura para projetar o primeiro teleférico internacional do mundo, uma estrutura transfronteiriça que transporá os limites naturais do rio Amur na fronteira entre a Rússia e a China. Inspirado na conexão histórica entre as duas cidades, o teleférico aproximará ainda mais as cidades de Blagoveshchensk e Heihe. O novo sistema de transporte internacional, através das linhas suspensas acima do rio, tem como principal objetivo impulsionar e promover as conexões sociais entre as duas cidades e seus habitantes.

Últimos andares da Torre de David ficam inclinados após terremoto na Venezuela

A Torre de Davi, em Caracas, teve seus pavimentos superiores inclinados em 25 graus devido ao terremoto de magnitude 7,3 que afetou o norte da Venezuela, segundo declarações do ministro do interior do país, Néstor Reverol.

O arranha-céu de 45 pavimentos e 190 metros de altura ostentava o título de oitavo prédio mais alto da América Latina nos anos 1990, mas sua construção nunca fora concluída. Oficialmente chamado de Centro Financiero Confinanzas, teve suas obras iniciadas em 1990 e interrompidas quatro anos mais tarde devido à crise bancária que afetou a Venezuela. 

Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018

O futuro de uma cidade está intimamente ligado a seus espaços livres e públicos com uma função social marcante. Espaços livres em Caracas são espaços rebeldes para usos emergentes e insurgentes: reocupados, reavaliados e re-habitados para o desfrute das comunidades.

Em CCS - Espacio Rebelde, a cidade não é um problema de planejadores urbanos especializados, designers ou arquitetos, nem é um problema das elites: é um processo de consenso inclusivo, construção coletiva e acordos comunitários.

Nova Sede Pizzolante / Central Arquitectura

© Javier Gutiérrez © Javier Gutiérrez © Javier Gutiérrez © Javier Gutiérrez + 14

Caracas, Venezuela
  • Arquitetos: Central Arquitectura
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  294.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015

Sete lições sobre ganhar confiança da comunidade no desenho participativo

Continuando nossa cobertura de Espaços de Paz 2015 em Venezuela, lhes apresentamos uma série de reflexões sobre os desafios que representa o trabalho com uma comunidade quando falamos de desenho participativo sobretudo quando as gerações mais jovens de arquitetos latino-americanos começam a mostrar interesse e dedicação por esta forma de metodologia.

Durante uma semana, percorremos os projetos em construção do Espaços de Paz em Caracas, Barquisimeto, San Carlos, Cumaná e La Guaira: todos localizados em bairros socialmente frágeis e comunidades desconfiadas de intervenções deste tipo por promessas anteriores jamais cumpridas. Por isso, aproveitamos esta oportunidade para refletir e conversar com arquitetos e vizinhos, tentando responder uma das perguntas fundamentais por trás da fotografia do final feliz: como realmente de ganha a confiança ao trabalhar com comunidades?

Conheças as lições a seguir.

Espaços de Paz em Cumaná. Imagem © José Tomás Franco Espaços de Paz em Cumaná. Imagem © José Tomás Franco Espaços de Paz em Cumaná. Imagem © José Tomás Franco Espaços de Paz em La Guaira. Imagem © Nicolás Valencia M. + 15

Documentário sobre a Torre de David é disponibilizado online

Em 1994, após a morte de seu principal investidor e uma crise bancária nacional que congelou a economia venezuelana, as obras do Centro Financero Confinanzas de Caracas - conhecido popularmente como Torre de David - foram paralisadas, deixando o edifício em completo abandono com 70% da construção concluída.

Negligenciado por mais de uma década, o arranha-céu de 45 pavimentos e 190 metros de altura se converteu em 2007 na residência improvisada de uma comunidade de mais de 800 famílias, transformando-se em uma "favela vertical organizada", com serviços básicos até o 22° pavimento, incluindo barbearias, creches e clínicas odontológicas. 

O documentário (disponível online por um custo de 2,99 $US) foi filmado pela equipe de projeto interdisciplinar Urban-Think Tank e apresenta a vida particular de seus habitantes antes da desapropriação da torre em 2014. O filme é parte de uma iniciativa mais ampla de pesquisa e projeto que resultou em um livro e diversas exposições, incluindo a mostra ganhadora do Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2012.

Clique aqui para ver o documentário completo.

La Paz e o teleférico urbano mais alto do mundo

Em maio deste ano foi inaugurada a primeira das três linhas do Mi Teleférico, o novo transporte público que une La Paz com El Alto, a maior população urbana da Bolívia, que totaliza 1,6 milhões de habitantes.

A mais de 4.000 metros de altura e com uma rede de 11 quilômetros – quando as três linhas estiverem em funcionamento – este serviço se tornará o mais alto e extenso do mundo, permitindo realizar deslocamentos em menos tempo - o que diminuirá os congestionamentos que afetam ambas cidades e suprirá 30% da demanda de transporte público.

O projeto, que levou quase quatro décadas para ser implementado, transportará até 18 mil passageiros por hora em um total de 443 cabines.

Conheça mais sobre este projeto a seguir.

Metro Cable Caracas / Urban-Think Tank

©  Iwan Baan ©  Iwan Baan ©  Iwan Baan render + 22

Caracas, Venezuela

Teleférico na comunidade da Rocinha terá duas linhas e seis estações

Subir e descer a Favela da Rocinha com vista panorâmica. Encravada entre a Pedra da Gávea e o mar de São Conrado — cartões-postais do Rio —, a comunidade está a um passo do tão sonhado teleférico, com seis estações e duas linhas, para ligar os pontos mais populosos e de difícil acesso à Autoestrada Lagoa-Barra e à futura estação do metrô.

Teleférico de Gaia / Guedes + DeCampos

Começaram as obras para o Teleférico de Londres

Teleférico do Complexo do Alemão / Jorge Mario Jáuregui