Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Últimos andares da Torre de David ficam inclinados após terremoto na Venezuela

Últimos andares da Torre de David ficam inclinados após terremoto na Venezuela

A Torre de Davi, em Caracas, teve seus pavimentos superiores inclinados em 25 graus devido ao terremoto de magnitude 7,3 que afetou o norte da Venezuela, segundo declarações do ministro do interior do país, Néstor Reverol.

O arranha-céu de 45 pavimentos e 190 metros de altura ostentava o título de oitavo prédio mais alto da América Latina nos anos 1990, mas sua construção nunca fora concluída. Oficialmente chamado de Centro Financiero Confinanzas, teve suas obras iniciadas em 1990 e interrompidas quatro anos mais tarde devido à crise bancária que afetou a Venezuela. 

Abandonada durante anos, em 2007 a torre foi ocupada por centenas de famílias, tornando-se a maior ocupação ilegal do mundo. Cinco anos depois, foi o tema de pesquisa do escritório da Urban-Think Tank, junto com Justin McGuirk e Iwan Baan, que ganhou o Leão de Ouro pela melhor participação na Bienal Internacional de Veneza de 2012. 

Em 2014, as famílias que viviam dentro do arranha-céu foram despejadas e transferidas para novos empreendimentos imobiliários na cidade de Cúa, a 53 quilômetros de Caracas. Desde então, o edifício está desabitado e as mídias locais e internacionais, como a El Universal e a CNN, não registraram nenhum ferido após os tremores.

Em relação ao edifício e sua estrutura, o diretor da Proteção Civil da cidade de Libertador, Hernán Mateo, alertou que "é provável que o prédio entre em colapso com qualquer movimento."

Vía El Universal, CNN en Español, RT.

Sobre este autor
Cita: Valencia, Nicolás. "Últimos andares da Torre de David ficam inclinados após terremoto na Venezuela" [Últimos pisos de la Torre de David quedan inclinados tras terremoto en Venezuela] 23 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/900663/ultimos-andares-da-torre-de-david-ficam-inclinados-apos-terremoto-na-venezuela> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.