O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018

Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018

  • 16:00 - 16 Junho, 2018
  • por Equipo Editorial
  • Traduzido por Romullo Baratto
Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018
Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018, © Patricia Parinejad
© Patricia Parinejad

O futuro de uma cidade está intimamente ligado a seus espaços livres e públicos com uma função social marcante. Espaços livres em Caracas são espaços rebeldes para usos emergentes e insurgentes: reocupados, reavaliados e re-habitados para o desfrute das comunidades.

Em CCS - Espacio Rebelde, a cidade não é um problema de planejadores urbanos especializados, designers ou arquitetos, nem é um problema das elites: é um processo de consenso inclusivo, construção coletiva e acordos comunitários.

© Patricia Parinejad
© Patricia Parinejad

Descrição pela equipe. Nesses espaços rebeldes, programas diversos foram desenvolvidos com usos mistos: parques com habitação social e bulevares, como é o caso do eixo urbano da Avenida Bolívar - Bulevar de Sabana Grande; parques com bases aéreas militares, como o Parque Simón Bolívar em La Carlota; parques com instituições; e espaços residuais e subutilizados que compõem novas dinâmicas, como o Parque Hugo Chávez em La Rinconada.

© Patricia Parinejad
© Patricia Parinejad

Esses novos espaços abertos democratizam e reprogramam os usos do solo urbano, confrontando a especulação na cidade com novos usos sociais insurgentes e habitação social. Aparecem novos equipamentos e espaços públicos, reconfigurando o direito à cidade.

© Patricia Parinejad
© Patricia Parinejad

Curador: Nelsón Rodriguez
Localização: Pavilhão da Venezuela, Giardini, Veneza, Itália

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Equipo Editorial
Autor
Cita: Equipo Editorial. "Espacio Rebelde: Pavilhão da Venezuela na Bienal de Veneza 2018" [Espacio Rebelde: Pabellón de Venezuela en la Bienal de Venecia 2018] 16 Jun 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/896337/espacio-rebelde-pavilhao-da-venezuela-na-bienal-de-veneza-2018> ISSN 0719-8906