Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Murais

Murais: O mais recente de arquitetura e notícia

Athos Bulcão, 100 anos, 100 dias, 100 fotos

Este ano, um dos artistas mais atuantes no campo de sobreposição entre a arte e a arquitetura moderna brasileira, Athos Bulcão, completaria 100 anos. Athos dedicou parte considerável de sua obra tentando unir a tradição da azulejaria a uma proposta aplicada à arquitetura moderna - e conseguiu, seus trabalhos pontuam alguns dos edifícios mais emblemáticos do modernismo brasileiro, notadamente em Brasília.

Lisboa e a cultura dos murais urbanos de grafite

Lisboa tem recebido enorme atenção internacional nos últimos cinco anos que ocasionou grandes mudanças na vida urbana da capital portuguesa. De investimentos externos no campo da tecnologia ao fomento de iniciativas culturais, as transformações são boas e ao mesmo tempo ruins - tema complexo que vem sendo debatido sob o prisma da gentrificação e faz coro com o que aconteceu em outras cidades do mundo, como por exemplo Berlim, Portland e San Francisco.

No âmbito cultural, a cidade apresenta uma impressionante diversidade de frentes, da inauguração de grandes museus de escala internacional - MAAT, Coches - a uma rica cultura de murais urbanos de grafite, apoiados por iniciativas como a plataforma cultural Underdogs, que desde de 2013 tem trabalhado junto a artistas de todo o mundo para a realização dessas pinturas em muros da cidade.

Artista: AkaCorleone. Ano: 2015. Foto de André Santos. Image Cortesia de Undergdogs Artista: AkaCorleone. Ano: 2016. Foto de José Pando Lucas. Image Cortesia de Undergdogs Artista: Shepard Fairey. Ano: 2017. Foto de Jon Furlong. Image Cortesia de Undergdogs Artista: Shepard Fairey. Ano: 2017. Foto de Jon Furlong. Image Cortesia de Undergdogs + 30

Athos Bulcão: Aproximação entre Arte e Arquitetura

Responsável por atingir o marco de maior artista em integração da arte na arquitetura no território nacional, de forma que nenhum outro artista atingiu o tamanho de sua Obra Institucional, Athos Bulcão uniu a tradição da azulejaria à inventividade da composição aplicada na Arquitetura.

A tradição ceramista, que nasce de nossas raízes remontando as origens portuguesas através dos painéis figurativos compostos por pequenos módulos cerâmicos pintados, ganhou destaque a partir do período moderno através de nova vertente trazida pela produção dos azulejos abstratos geométricos.

TED Talk com o artista eL Seed: um projeto de paz pintado em 50 edifícios

No início deste ano, o artista franco-tunisiano eL Seed realizou um mural que atraiu a atenção de vários veículos internacionais e das redes sociais por qualificar esteticamente o bairro de Manshiyat Nasr, no Cairo, uma região associada por muitos a um lixão.

Vídeo aéreo de Los Angeles destaca os murais da cidade

Neste vídeo, o cinegrafista Ian Wood registra a diversidade do ambiente construído de Los Angeles, mostrando desde importantes obras de arquitetura até rodovias e trens de carga. Os edifícios e lugares apresentados no vídeo abrangem um século de história de Los Angeles e cobrem a vasta geografia da região, incluindo ícones como a Hollyhock House de Frank Lloyd Wright, o Pacific Design Center de Cesar Pelli, o Edifício Stealth de Eric Owen Moss e o recente Emerson College Los Angeles do escritórios Morphosis.

Mas o que realmente se destaca no vídeo são os muitos murais espalhados pela cidade. Frequentemente se apropriando de fachadas em branco que fazem frente para estacionamentos e becos, estes murais fazem, todavia, parte do tecido urbano de Los Angeles, como se vê claramente no vídeo. Infelizmente, como comenta Wood na descrição do vídeo, haviam muitos outros murais que foram apagados antes que ele tivesse a chance de filmá-los.

Coletivo Ella & Pitr cria o maior mural do mundo na Noruega

O coletivo Ella & Pitr é atualmente um dos principais expoentes do muralismo francês, tendo percorrido o mundo pintando personagens e cenas lúdicas que parecem interagir com as superfícies sobre as quais foram desenhadas.

Na última edição do Festival Nuart, organizado pela cidade norueguesa de Stavanger, o coletivo teve a oportunidade de pintar um mural que obteve o título de maio do mundo, com 21 mil metros quadrados, uma área equivalente a pouco mais que dois campos de futebol.

Saiba mais sobre esta obra, a seguir.

20 murais convertidos em GIFs pelo designer A.L. Crego

Proporcionar movimento aos murais de arte urbana é o que o designer e fotógrafo espanhol A.L. Crego fez em seu mais recente projeto. Para isso, fotografou as obras e depois interveio digitalmente para convertê-las em animações, deixando os grafites e pinturas originais intactas.

Os murais escolhidos por A.L. Crego têm em comum mensagens sobre a dependência da tecnologia e a dificuldade de estabelecer conexões entre as pessoas.

Veja a seguir a série de murais transformados em GIFs por A.L. Crego.

Exposição sobre o muralista Paulo Werneck em Belo Horizonte

Depois de Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife, a exposição Paulo Werneck - muralista brasileiro será inaugurada no dia 15 de novembro no Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte. Desenhos originais, imagens de painéis, filmes, documentos e mobiliário compõem a mostra do ilustrador e artista carioca que colaborou com grandes nomes da arquitetura brasileira, como Oscar Niemeyer e os irmãos Roberto.

Quatro cidades escandinavas que estão se tornando referências em arte urbana

Já faz bastante tempo que a arte deixou as galerias e os museus para fazer parte do cotidiano dos cidadãos. É assim em diversas cidades do mundo que apresentam verdadeiros museus ao ar livre, onde as ruas e os edifícios renovam a paisagem com enormes murais.

 Seja como forma de aproximar a arte dos cidadãos, de converter as cidades em novas galerias, de tornar as cidades lugares mais inspiradores ou, também, de validar a arte urbana frente as autoridades, são várias as iniciativas que estão sendo levadas adiante para consolidar estas mostras de arte em todo o mundo através de festivais que proporcionam o contato mais estreito entre os cidadãos e as expressões artísticas.

 A seguir, mostramos quatro festivais de arte urbana que estão sendo realizados em Aalborg, Boras, Helsinque e Malmö.

Quatro cidades escandinavas que estão se tornando referências em arte urbana “Lighthouse” por AEC / Interesni Kazki Quatro cidades escandinavas que estão se tornando referências em arte urbana Mural de ECB + 21

Arte urbana: Bambi, a versão feminina de Banksy?

O estêncil é uma intervenção de arte urbana que leva muito pouco tempo para ser realizada. Esta consiste em pintar sobre um muro uma silhueta feita sobre uma matriz. Apesar de suas origens remontarem a Roma antiga, foi durante os anos 60 que alcançou maior visibilidade, particularmente nos Estados Unidos.

Na década de 80, este tipo de arte urbana começou a aparecer nas ruas parisienses graças a Blek le Rat, o “pai do estêncil”. Hoje, um dos principais expoentes desta arte é o britânico Banksy.

Com sua identidade oculta e sendo muitas vezes procurado pela polícia - que muitas vezes apaga suas obras -, Banksy tem realizado trabalhos em Nova Iorque e Londres. Seguindo este estilo, nos últimos anos surgiu Bambi, que já é considerada por alguns como a “versão feminina de Banksy”.

Arte urbana: Bambi, a versão feminina de Banksy? Arte urbana: Bambi, a versão feminina de Banksy? Arte urbana: Bambi, a versão feminina de Banksy? Arte urbana: Bambi, a versão feminina de Banksy? + 15

“Os Gêmeos” convertem 6 grandes silos em uma obra de arte pública

A Bienal de Vancouver é um evento que, duas vezes por ano, presenteia os habitantes com novas obras de arte para que sejam desfrutadas nos locais em que passam diariamente.

Esse ano os organizadores escolheram intervir na ilha Grandville, onde viram a possibilidade de converter seis enormes silos de 23 metros de altura em obras de arte, como parte de um Museu a Céu Aberto.

Os encarregados de pintar as estruturas foram “Os Gêmeos” brasileiros. Os murais foram inaugurados no início de setembro, mas estão dando o que falar há algum tempo. Isso porque a intervenção de 7.200 m² será permanente e alterou o aspecto das estruturas que seguiram funcionando, mas com uma imagem que tem apoio dos cidadãos.

“Os Gêmeos” convertem 6 grandes silos em uma obra de arte pública “Os Gêmeos” convertem 6 grandes silos em uma obra de arte pública “Os Gêmeos” convertem 6 grandes silos em uma obra de arte pública “Os Gêmeos” convertem 6 grandes silos em uma obra de arte pública + 15

Skatepark Sundial: uma pista de skate convertida em relógio solar

As rampas do skatepark da cidade de Lugano, Suíça, não servem apenas para se andar de skate, são também murais de arte urbana que, inclusive, apresentam uma função bastante particular.

Trata-se de um desenho feito pelo coletivo russo Zuk Club que mostra as horas através das sombras geradas pelas rampas.

Cortesia de Skatepark Sundial em Lugano, Suíça. Fonte: Zuk Club (Facebook) Cortesia de Skatepark Sundial em Lugano, Suíça. Fonte: Zuk Club (Facebook) Cortesia de Skatepark Sundial em Lugano, Suíça. Fonte: Zuk Club (Facebook) Cortesia de Skatepark Sundial em Lugano, Suíça. Fonte: Zuk Club (Facebook) + 9

25 portas com intervenções artísticas

Se observarmos com atenção enquanto caminhamos pelas nossas cidades podemos ver muitos detalhes criados por artistas urbanos que são verdadeiros presentes para as pessoas e para os espaços públicos.

Um exemplo disso são os murais que ganham cada vez mais espaço e admiração entre os cidadãos, que podem se surpreender ao caminhar por locais familiares das cidades e encontrar intervenções das mais variadas. Outro exemplo que nos últimos anos tem sido comum são as intervenções nas portas de diversas casas e edifícios.

Veja a seguir 25 portas de diferentes lugares do mundo que sofreram intervenções artísticas e passaram a despertar curiosidade e interesse em que caminha todos os dias por elas.

Savamala, Belgrado, Sérvia Kilkenny, Irlanda Hayward, Califórnia, EUA Ericeira, Portugal + 25

Os melhores grafites do "Mural Festival 2014"

O Boulevard Saint-Laurent em Montreal, Canadá, recebeu mais de 14 murais como parte da segunda edição do Mural Festival, realizada em meados de junho.

Durante quatro dias as pessoas não apenas puderam assistir o processo de criação de 20 grafiteiros de diferentes países, mas também participaram de exposições de arte, intervenções urbanas, documentários sobre arte de rua e música ao vivo.

Entre os grafiteiros estavam dois latino-americanos: o chileno INTI, que fez o mural "A sede de ouro nos deixará sem água", e o porto-riquenho Alexis Diaz.

Confira alguns dos melhores murais, a seguir.

Os melhores grafites do Mural Festival 2014 Os melhores grafites do Mural Festival 2014 Fred Caron © Sandra Larochelle Os melhores grafites do Mural Festival 2014 + 16