Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Mapas

Mapas: O mais recente de arquitetura e notícia

Mapa mostra todas as casas de Frank Lloyd Wright nos Estados Unidos

Frank Lloyd Wright foi um dos arquitetos norte-americanos mais influentes a nível mundial, percursor do Movimento Moderno, da arquitetura orgânica e do movimento Prairie School. A obra de Wright adquiriu cada vez mais importância através dos anos e isso se refletiu em diversas ações que buscam conservar sua obra, já que, recentemente, 8 de seus projetos foram inscritos na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Série de mapas mostra a diferença de como turistas e locais veem as cidades

Ao visitar uma cidade onde nunca estivemos, é comum frequentar lugares turísticos, aqueles pontos "imperdíveis" propagandeados nas mídias. Por outro lado, ao estabelercemos residência em um lugar, é provavél que passemos a frequentar outros locais menos conhecidos, ficando, às vezes, muito tempo se passar pelos pontos turísticos mais famosos de nossa cidade. O artista Eric Fischer desenvolveu um projeto que explora justamente a diferença no modo de ver - e fotografar - uma cidade a partir do ponto de vista de turistas e locais. Intitulado Locals and Tourists, o trabalho compila os mapas de 136 das maiores - e mais visitadas - cidades do mundo.

"Atlas da Expansão Urbana" mapeia o crescimento de centenas de cidades do mundo

A plataforma Atlas da Expansão Urbana demonstra por meio de mapas, imagens de satélites e dados sobre mudanças espaciais o crescimento de centenas de cidades do mundo. Desenvolvido desde 2012 pela Universidade de Nova York, a ONU-Habitat e o Instituto Lincoln de Políticas do Solo, o principal objetivo do Atlas é analisar o desempenho e identificar as tendências na implementação da Nova Agenda Urbana.

Mais de 120 mapas antigos permitem ver o passado de diferentes partes do mundo no Google Maps e Earth

Mais de 120 mapas antigos da David Rumsey Map Collection foram inseridos no Google Maps e Google Earth, permitindo conhecer como eram no passado diferentes partes do globo. As cartografias podem ser vistas acionando a camada "Rumsey Historical Maps" no Earth ou através desta versão do Maps desenvolvida para o projeto.

Mapas do Brasil revelam áreas praticamente desertas do território nacional

Com base no Censo de 2010, o Nexo Jornal desenvolveu uma série de cartografias do Brasil que revelam porções do território densamente ocupadas e urbanizadas, outras praticamente desertas. Para o levantamento, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE divide o país em cerca de 13 milhões de quadrados de aproximadamente 40 mil m² e contabiliza o número de habitantes em cada um deles.

Educational Landscape – Panorama educação nas Regiões Metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro 

Educational Landscape, é um projeto de visualização de dados em uma interface interativa, a partir de um mapa de densidade-ponto que representa a população com 25 anos ou mais, classificada segundo o nível de escolaridade.

90 mil mapas antigos em alta resolução para download

Os amantes de história e geografia ficarão impressionados com os incríveis mapas históricos do banco de dados David Rumsey Map Collection. A página conta com mais de 90 mil mapas e imagens que abrangem um período que vai do século XVI ao XXI e ilustram a América, Europa, Ásia, África, o Pacífico, o globo como um todo e também os corpos celestes.

O conteúdo do banco de dados pode servir de base para estudos nos campos da história, arte e cartografia e pode ser procurado por data, local, tema, autor e outras categorias. A resolução dos mapas e imagens da coleção é altíssima, oferecendo a quem acessa detalhes que são raramente encontrados nesse tipo de cartografia.

Recortes cartográficos – Muros de Ar

A exposição Muros de Ar no pavilhão brasileiro da Bienal de Veneza de 2018 apresentou 17 projetos de diferentes regiões do país, selecionados a partir de uma chamada aberta, além de uma série de grandes desenhos cartográficos que abordam diferentes aspectos da urbanização do país através das lentes da arquitetura. Nesta publicação apresentamos a série de dez mapas presentes no catálogo da exposição Muros de Ar, como recortes dos mapas da exposição, estudo desenvolvido pelo Mapping-lab em colaboração com os curadores do Pavilhão do Brasil (Gabriel Kozlowski, Laura González Fierro, Marcelo Maia Rosa e Sol Camacho) e equipe.

Até onde você consegue chegar em 10, 20 e 30 minutos de carro? Analisando as capitais do Brasil

Como é sabido, nossas cidades estão cada vez mais saturadas pelo uso de automóveis e a mobilidade torna-se, portanto, ponto essencial em qualquer discussão sobre habitar o ambiente urbano, principalmente nas grandes cidades brasileiras. Essa premissa nos faz olhar e entender melhor em quais aspectos do deslocamento nas cidades podemos interferir de forma prioritária, partindo de pressupostos onde a utilização de carros seja menos solicitada. Um ponto importante para esse diálogo é entender até que ponto o carro pode ser efetivo no quesito tempo. O Mapping Lab fez uma análise gráfica de 27 capitais brasileiras utilizando os dados da plataforma here.com.

Mapas revelam maiores áreas urbanizadas do país: São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília

O Governo Federal lançou em junho a publicação Áreas Urbanizadas do Brasil 2015, produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com imagens do satélite RapidEye, produzidas entre os anos de 2011 a 2014. O mapeamento mostra que as maiores áreas urbanizadas do país são São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Goiânia. Juntas, essas cinco aglomerações urbanas possuem mais de 2.500 km².

"Roads to Rome": todos os caminhos levam mesmo a Roma

O conhecido ditado "todos os caminhos levam a Roma" parece ser verídico, ao menos, é o que aponta a equipe do Moovel Lab de Stuttgart, que se dedica a pesquisas de mobilidade urbana. Intitulado Roads to Rome, o projeto mapeou rotas terrestres de todo o continente europeu que convergem para a cidade eterna.

A partir de uma malha de 26.503.452 km² que cobre toda a Europa, os pesquisadores definiram 486.713 pontos de partida que foram sobrepostos ao mapa de ruas do continente. Em seguida, um algoritmo desenvolvido para o projeto calculou a rota mais curta entre cada um dos pontos e a capital italiana. 

Maior mapa-múndi do século XVI é montado digitalmente na Universidade de Stanford

Especialistas da Universidade de Stanford montaram digitalmente o que é considerado o maior mapa-múndi produzido no século XVI. De autoria do cartógrafo milanês Urbano Monte, a representação do mundo de 1587 fora dividida em 60 páginas e publicada na forma de atlas, porém, com instruções claras sobre como remontá-la.

David Rumsey, diretor da coleção de mapas históricos da universidade, adquiriu o mapa de um historiador em 2017. A publicação conta com apenas uma outra cópia manuscrita no mundo e nunca antes havia sido montada na forma do mapa concebido por Monte. 

Mapa ilustrado mostra a evolução dos projetos de Frank Lloyd Wright

Lar de Frank Lloyd Wright por muitos anos, Oak Park, no estado de Illinois, também é o local com a maior concentração de casas e edifícios projetados pelo arquiteto. Tendo construído no local durante quase quatro décadas, Wright usou Oak Park como um lugar para experimentar novas técnicas e evoluir seu estilo projetual.

Com isso em mente, o ilustrador Phil Thompson, da Cape Horn Illustration, criou um mapa dos projetos do Wright em Oak Park. Organizado de forma cronológica e por localização, o mapa permite estabelecer conexões entre as estruturas, mostrando como os projetos evoluíram de telhados de palha a coberturas planas, de pequenas casas a grandes edifícios.

Onde estão os hipsters em sua cidade? Descubra com estes mapas colaborativos

Lançado este mês, o site Hoodmaps é uma plataforma de mapeamento colaborativo que oferece aos usuários a oportunidade de percorrer uma cidade como um habitante local. Ao "pintar" partes da cidade usando uma paleta de seis cores que representam "universitários", "hipsters", "turistas", "ricos", "engravatados" e "normais", o Hoodmaps busca oferecer uma representação visual rápida dos habitantes das cidades.

O site possui milhares das maiores cidades de todo o mundo e está sendo constantemente atualizado e editado com conteúdos novos dos usuários que marcam o Google Maps com informações sobre as diferentes regiões de cada cidade. O criador da plataforma, Pieter Levels, observou a necessidade desse tipo de mapa ao viajar e ficar frustrado com a dificuldade em encontrar as áreas culturais das cidades que visitava.

44 Mapas revelam o que pensam os nova-iorquinos sobre parques, segurança e outras questões urbanas

Quão satisfeito você está com o serviço de coleta de lixo de sua cidade? Seus parques? Como sua cidade lida com o controle de pragas? E quanto aos sem-teto? Na maior metrópole dos EUA, que cobre uma área de 1.213,37 km² e é o lar de mais de 8,5 milhões de pessoas, a percepção dos nova-iorquinos sobre a cidade e seus serviços urbanos revela sua "distribuição desigual de oportunidades", segundo uma pesquisa realizada pelo New York Times.

O projeto também mostra uma relativa satisfação com os serviços médicos de emergência e de bombeiros, e indica que a população acredita que o uso dos impostos, a questão da habitação pública e o tráfego podem ser melhorados.

Novo mapa celebra a arquitetura brutalista de Paris

Dando seguimento aos lançamentos regulares de mapas e guias de cidades, a editora londrina Blue Crow Media produziu recentemente o Brutalist Paris Map, em colaboração com Nigel Green e Robin Wilson da Photolanguage. Tendo já abordado os edifícios brutalistas mais emblemáticos de Washington D.C., o mapa o mais recente destaca mais de 40 exemplos parisienses da arquitetura brutalsta.

Bourse by Travail. Image © Nigel Green Cortesia de Blue Crow Media Cortesia de Blue Crow Media Les Damiers. Image © Nigel Green + 10

Teddy Cruz e Fonna Forman: "Com nossas intervenções, estamos tentando diluir a fronteira"

Os fundadores do Estudio Teddy Cruz + Forman, o arquiteto Teddy Cruz e a politóloga Fonna Forman, abordaram, em uma recente entrevista publicada pela Univision, os desafios trabalhados em seu estúdio no contexto da fronteira entre México e Estados Unidos, especificamente entre Tijuana e San Diego.

"No discurso político atual, a fronteira entre EUA e México é um ponto de criminalização", afirma Cruz. "Porém, estamos tratando de elevá-la ao status de local de criatividade", acrescenta o arquiteto. Forman por sua vez, comenta que, além da fronteira que mais gerou discussão nos últimos tempos, as fronteiras se "reproduzem de muitas maneiras - fisicamente, socialmente e psicologicamente" - em todo o mundo. 

Projeto do Estudio Teddy Cruz + Forman,. Cortesia de Teddy Cruz + Fonna Forman. Cortesía de Curry Stone Design Prize Projeto do Estudio Teddy Cruz + Forman,. Cortesia de Teddy Cruz + Fonna Forman. Cortesía de Curry Stone Design Prize Projeto do Estudio Teddy Cruz + Forman,. Cortesia de Teddy Cruz + Fonna Forman. Cortesía de Curry Stone Design Prize Projeto do Estudio Teddy Cruz + Forman,. Cortesia de Teddy Cruz + Fonna Forman. Cortesía de Curry Stone Design Prize + 5

Mapa interativo mostra os recentes fluxos migratórios no mundo

Em nossa sociedade global, o movimento dos seres humanos de um país para outro teve um impacto extraordinário, mudando nossas percepções através da troca de idéias e introdução de novas culturas. Isso pode ser visto na adoção de técnicas arquitetônicas tradicionais na arquitetura contemporânea, bem como na disseminação de abordagens arquitetônicas contrastantes, como o Estilo Internacional e o regionalismo crítico.

Agora, neste novo mapa interativo produzido por Max Galka de Metrocosm, esses movimentos foram rastreados e ilustrados em um infográfico atraente e fácil de ler.