Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Korea

Korea: O mais recente de arquitetura e notícia

Reflexões sobre a Bienal de Veneza 2014

15:00 - 9 Dezembro, 2014
Reflexões sobre a Bienal de Veneza 2014, Fundamentals (Pavilhão Central): Forro. Imagem © David Levene
Fundamentals (Pavilhão Central): Forro. Imagem © David Levene

Fundamentals, o título da Bienal de Veneza de 2014, fechou suas portas há algumas semanas. A partir do momento em que Rem Koolhaas revelou o título da Bienal deste ano, em janeiro de 2013, convidando os curadores nacionais a responder diretamente ao tema "Absorbing Modernity 1914-2014", houve um pressentimento de que esta bienal seria, de algum modo, especial. Tendo rejeitado convites para dirigir a Bienal no passado, o fato de Koolhaas ter agido não como curador, mas também como coordenador temático do esforço internacional, foi significativo. Esse comunicado levou Peter Eisenman (um dos primeiros tutores e defensores de Koolhaas) a dizer em uma entrevista que "[Rem está] declarando seu fim: o fim de sua carreira, o fim de sua hegemonia, o fim de sua mitologia, o fim de tudo, o fim da arquitetura."

HAEAHN e Haenglim premiados com o segundo lugar no concurso para a usina KOMIPO

21:00 - 4 Dezembro, 2014
HAEAHN e Haenglim premiados com o segundo lugar no concurso para a usina KOMIPO , Cortesia de HAEAHN
Cortesia de HAEAHN

Premiado com o segundo lugar no concurso para a Korea Midland Power (KOMIPO), o escritório HAEAHN Architects, em parceria com Haenglim, apresentou um audacioso projeto que combina usina de energia e edifício de escritórios. A estrutura de uso duplo, que incluirá um parque e um restaurante, foi concebida como um modo de romper a imagem crua e industrial da tradicional usina. Nesse sentido, o projeto seria construído sobre a usina de Danginlee, substituindo a primeira estação de geração de energia da Coreia do Sul. Com a proposta os arquitetos buscam celebrar o antigo e, ao mesmo tempo, atrair um fluxo maior de pessoas para a área.

Cortesia de HAEAHN Cortesia de HAEAHN Cortesia de HAEAHN Cortesia de HAEAHN + 24

designcamp moonpark dmp vence concurso para projetar o Asan Cultural Arts Center

21:00 - 3 Dezembro, 2014
designcamp moonpark dmp vence concurso para projetar o Asan Cultural Arts Center, Cortesia de designcamp moonpark dmp
Cortesia de designcamp moonpark dmp

O escritório designcamp moonpark dmp venceu um concurso para projetar o novo centro artístico e cultural em Asan, Coreia do Sul. A proposta vencedora, inspirada em uma "escultura reverberante", apresenta um equilíbrio de cheios e vazios e conta com dois teatros em um edifício cultural que emoldura um jardim e uma praça cívica.

Mais sobre a proposta vencedora, a seguir.

Consórcio SYNWHA vence concurso para projetar o parque da orla de Busan North Port

21:00 - 2 Dezembro, 2014
Consórcio SYNWHA vence concurso para projetar o parque da orla de Busan North Port, Nomad Park. Cortesia de Consórcio SYNWHA
Nomad Park. Cortesia de Consórcio SYNWHA

As Autoridades de Busan Port (BPA) selecionaram o Consórcio SYNWHA como vencedor do concurso internacional para o empreendimento Busan North Port, na Coreia do Sul. A proposta vencedora é um "Pier Interativo" que pretende transformar o porto original em um centro cultural que celebra a união de montanhas, rio e mar, ao passo que cria conexões dinâmicas entre a cidade de Busan e sua costa.

Rua do mercado. Cortesia de Consórcio SYNWHA Pier Urbano. Cortesia de Consórcio SYNWHA Núcleo Urbano. Cortesia de Consórcio SYNWHA Harbor Block Garden. Cortesia de Consórcio SYNWHA + 11

Exposição “Crow's Eye View” – Coréia é premiada com o Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2014

22:00 - 20 Junho, 2014
Exposição “Crow's Eye View” – Coréia é premiada com o Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2014, Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh
Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh

Atualmente a Coréia apresenta um exemplo extremos de polarização pós-guerra: dois sistemas políticos e econômicos opostos, constantemente apresentados em contraste/conflito pela mídia global, que ainda mantém uma relação estreita e complicada. O papel da arquitetura nessa polarização foi instrumental. A Coréia do Norte buscou representar as aspirações de uma nova nação comunista num contexto devastado após a guerra - a tabula rasa a partir da qual as adaptações do modernismo poderiam surgir. Na Coréia do Sul, o rápido crescimento econômico alimentou uma forma de modernização que representava os ideais de um mundo globalizado. 

Estas distintas absorções da modernidade, e a relação entre estas duas nações vizinhas, estão representadas no Pavilhão da Coréia através de uma exposição chamada Crow’s Eye View, vencedora do Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2014. A densa exposição, com curadoria de Minsuk Cho juntamente com Hyungmin Pai e Changmo Ahn, utilizou cada canto do pavilhão para representar o tema. Os curadores convidaram um grupo multidisciplinar de arquitetos, urbanistas, poetas, escritores, artistas, fotógrafos, cineastas, curadores e colecionadores a demonstrar (graças às suas disponibilidades, já que cooperações oficiais com instituições da Coréia do Norte se provaram impossíveis) as interseções e divisões arquitetônicas entre as Coréias do Norte e do Sul.

Reconhecida pelo júri como "pesquisa em ação", Crow’s Eye View proporcionou uma adição valiosa a um discurso que vem sendo predominantemente efetivado por narrativas ocidentais. E é precisamente isso que, segundo rumores, fazem deste o pavilhão favorito de Koolhaas.

Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh Crow's Eye View: The Korean Peninsula. Imagem © Nico Saieh + 20