O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Coreia do Sul
  5. IROJE KHM Architects
  6. 2013
  7. Ga On Jai / IROJE KHM Architects

Ga On Jai / IROJE KHM Architects

  • 21:00 - 16 Fevereiro, 2014
  • Traduzido por Pedro Vada
Ga On Jai / IROJE KHM Architects
© Jong Oh Kim
© Jong Oh Kim

© Sergio Pirrone © Jong Oh Kim © Sergio Pirrone © Jeong Sik Mun + 36

  • Construtora

    JEHYO
  • Área Do Terreno

    643.5 m2
  • Área Construída

    319.96 m2
© Sergio Pirrone
© Sergio Pirrone

LOTE MONUMENTAL

Há 20 anos, o governo organizou em Gangnam “the house expo”, onde construiu esta “cidade expositiva” caracterizada por residências baixas; todos os terrenos pertencentes à “cidade” foram projetados por arquitetos já reconhecidos na Coreia, selecionados para participar do projeto. O lote de “GaOnJai” é um dos espaços que integra essa cidade monumental, seu proprietário decidiu construir a casa do zero, após demolir a antiga residência que ocupava o lote.

© Jong Oh Kim
© Jong Oh Kim

EXIGÊNCIAS DO CLIENTE

Bom aproveitamento do terreno e sustentabilidade: Para maximizar a eficiência do uso da terra, visando o ecologicamente correto, a qualidade dos espaços se tornou uma exigência importante do proprietário, que considerava os antigos ambientes da casa demolida estreitos, inúteis e escuros.

Áreas Reservadas: Para garantir privacidade, segurança, bloquear ruídos, fumaça e o olhar de passantes, foi solicitado uma composição introvertida para o projeto.

Aproveitamento da paisagem do entorno: A sala de estar deveria portar dinamismo – um enquadramento pitoresco das montanhas próximas foi uma das exigências feitas.

© Sergio Pirrone
© Sergio Pirrone

IDENTIDADE CULTURAL

A casa, que possui uma identidade própria e referências à cultura coreana, foi solicitada pois acreditamos que essa cidade é uma representação do tipo de projeto residencial que se espera atualmente na Coreia.

PASSANDO À FRENTE A LINGUAGEM TRADICIONAL “MADANG”, “RU”, “CHEOMA” E “DOLDAM”.

© Sergio Pirrone
© Sergio Pirrone

Ao introduzir o conceito de “Madang”, o pátio interno tipicamente coreano, conseguimos satisfazer o desejo pelo espaço introvertido, a área reservada e ecológica. Trata-se de um espaço externo útil e com vida, com um bom aproveitamento da natureza.

Ao introduzir o conceito de “Ru”, também típico da arquitetura coreana, fomos capazes de englobar ao projeto a vista das montanhas próximas, mudando o eixo da sala de estar de forma a enquadra-las. O espaço situado abaixo do “Ru” é apenas o começo de uma sequência dramática de passeios e caminhos pelos espaços da casa, similar a uma caverna.

© Sergio Pirrone
© Sergio Pirrone

Por fim, ao introduzir o conceito “Cheoma”, o telhado em balanço, possibilitamos não apenas resistência contra o clima mas também revivemos a linguagem tradicional ao traduzi-la para a linguagem moderna. O uso de paredes de concreto com padrões exclusivos, derivadas das tradicionais paredes de pedra, faz referência ao passado.

© Sergio Pirrone
© Sergio Pirrone

COMPOSIÇÃO TOPOGRÁFICA DE PROGRAMAS

Ao adaptar a topografia do terreno existente (baixo e alto Mandang), vários pisos alternados foram posicionados nos espaços internos, desenvolvidos com diferentes níveis que geram opções interessantes de passeio ao longo da casa. Essa adaptação natural também é parte da cultura arquitetônica da Coreia.

Plan
Plan

PASSEIO

Todo o programa e espaços da casa foram posicionados de forma a integrar um percurso interessante dentro e fora do projeto, tanto visual quanto espacialmente. Esperamos que a vivência nessa casa continue surpreendendo por um longo período de tempo, proporcionando sempre um caminho diferente para os moradores dentro de seu próprio universo.

© Jong Oh Kim
© Jong Oh Kim

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
IROJE KHM Architects
Escritório
Cita: "Ga On Jai / IROJE KHM Architects" [Ga On Jai / IROJE KHM Architects] 16 Fev 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Vada, Pedro) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/177222/ga-on-jai-slash-iroje-khm-architects> ISSN 0719-8906