1. ArchDaily
  2. Conversa

Conversa: O mais recente de arquitetura e notícia

Conversa online 3 formas de morar + studio mk27 . lado b com Suzana Glogowski e Carlos Costa

3 formas de morar

A diretora e arquiteta Suzana Glogowski apresentará 3 projetos residências diferentes nas suas escalas, localização e programa e as soluções dadas pelo studio mk27 para cada um.

 

Suzana Glogowski _ diretora
Arquiteta, formada pela FAU-Mackenzie em 1997, juntou-se à equipe do studio mk27 em 2002. Tem liderado os esforços de inovação e pesquisas criativas do studio.

 

Studio mk27 . lado B

Qual o papel de um diretor de arte dentro de um escritório de arquitetura? Como representar graficamente os diferentes projetos? Como explicar todo o processo de criação até chegar num desenho final?

 

Carlos Costa_diretor de arte
Faz parte da

Conversa online deus está nos detalhes + da maçaneta ao edifício com Diana Radomysler e Renata Furlanetto

Deus está nos detalhes

Os projetos do studio mk27 valorizam a simplicidade formal e são elaborados com extrema atenção aos detalhes e acabamentos. Através de fotos e desenhos executivos de alguns projetos a arquiteta / diretora Diana Radomysler mostra a complexidade e o cuidado para se conseguir a simplicidade formal citada acima.

 

Diana Radomysler_ diretora
Formada em Arquitetura em 1983 pela FAU-Mackenzie, faz parte do Studio MK27 desde 1994, e é a coordenadora do departamento de Design e Interiores.

 

Da maçaneta ao edifício

Como construir um espaço onde a hospitalidade proporcione romance e contato profundo com a natureza, mas ainda estimule os encontros

A influência do cinema no studio mk27 e suas apresentações

Conversa com Marcio Kogan, Diana Radomysler e Carlos Costa.


O studio mk27 possui um forte DNA de “contação de histórias” proveniente do cinema em todo o processo de criação. Não só no momento de projetar os espaços mas também na hora de apresentá-lo para o cliente final.


Marcio Kogan_fundador
Evidentemente, Marcio é o arquiteto fundador e professor de toda a equipe do studio mk27. Nasceu na caótica cidade de São Paulo e se formou em 1976 pela FAU-Mackenzie. É professor convidado do Politecnico di Milano e da Escola da Cidade, onde recentemente concluiu o mestrado em educação, sociedade e cultura. Trabalhou como diretor

Por que os arquitetos adoram projetar casas? | 0227 0231

Casa. Nosso abrigo. Nosso espaço privado. Em um mundo super urbanizado e com densas megalópoles como Tóquio, Xangai e São Paulo, as casas estão ficando cada vez menores e mais caras. Se você é claustrofóbico, Marie Kondo é sua melhor aliada na busca por ganhar algum espaço extra. E embora os quintais privados tenham se tornado um luxo para a maioria, nossos dados mostram que as casas unifamiliares ainda são a tipologia projetual mais popular no ArchDaily. O que isso significa? (Especialmente quando parece contraditório, dada a realidade da lotação das cidades hoje em dia). Por que algumas universidades ainda insistem em projetar casas como exercícios acadêmicos? Não seria mais criativo - e mais útil - desenvolver arquitetura em espaços de pequena escala? Haveria maior recompensa desenvolver soluções em escalas maiores?

Talks Calçada de Todas as Cores - CASACOR São Paulo 2018

A calçada é a área mais democrática de nossa casa – nem sempre lembramos disso, mas, sim, ela faz parte da nossa casa, do nosso prédio, e acreditamos que pode ser um espaço que vai além da circulação. Entendemos que a calçada é um lugar de convivência, tolerância e respeito ao próximo, onde temos que nos relacionar com pessoas de todos os gêneros, raças, religiões, idades, condições sociais, físicas e mentais, ou seja, é lugar onde acontece o exercício pleno da cidadania.

Em uma cidade como São Paulo, que tem um problema crônico de calçadas, nosso objetivo é dar significado e

Exibição do documentário "Poeira e Batom"

No sábado, dia 12 de agosto, o Centro Acadêmico Joan Villà promove um evento aberto para a exibição do documentário “Poeira e Batom no Planalto Central: 50 mulheres na construção de Brasília”, seguido por uma conversa aberta com a diretora, Tânia Fontenele.

O documentário é resultado da obra de Tânia Fontenele, que coletou depoimentos de 50 mulheres pioneiras que chegaram ao Planalto Central entre 1956 e 1960. O trabalho revela a participação efetivas dessas mulheres na construção da nova capital brasileira e a importância desse momento histórico de se construir no centro do Brasil a moderna Brasília.

A exibição será gratuita e

Último evento na exposição Cartas ao Sr. Presidente

Conversa, Sexta-feira, 25 Novembro, 18:00
Galeria dos Paços do Concelho, Entrada Livre


No último dia de abertura ao público da exposição Cartas ao Sr. Presidente, promovemos uma cerimónia de entrega e leitura de novas cartas que serve como mote para uma conversa entre cidadãos e o executivo camarário. Com a colaboração de associações locais e escolas, recolhemos novos testemunhos que identificassem problemas e sugestões de quem vive e habita Lisboa tanto no centro como na sua periferia.

Conversa com Angelo Bucci sobre a Casa de Fim de Semana

Nossos parceiros da Escola da Cidade compartilharam conosco o vídeo da conversa com o arquiteto e professor Angelo Bucci sobre seu projeto da Casa de Fim de Semana, localizada no Jardim Paulista, em São Paulo. A palestra faz parte do terceiro módulo do curso Arquitetura Paulistana organizado por Marco Artigas.

Com o intuito de evitar os efeitos de uma longa jornada à outras cidades para descansar durante o fim de semana ou feriados prolongados, os clientes colocaram como programa inicial o desejo de uma piscina, que ao longo do processo foi o ponto focal para concepção da edificação como um todo. Ao longo da conversa o arquiteto comentou o processo de discussão com os clientes e as soluções técnicas adotadas na construção.