Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Christian De Portzamparc

Christian De Portzamparc: O mais recente de arquitetura e notícia

Quem já ganhou o Prêmio Pritzker?

O Prêmio Pritzker é o reconhecimento mais importante que um arquiteto(a) pode receber em vida. A honraria é outorgada todos os anos a arquitetos e arquitetas cuja obra construída "tenha produzido significativas contribuições para a humanidade ao longo dos anos", segundo explica a própria organização responsável pela premiação. Por esta razão, o júri presta homenagem a pessoas e não a escritórios, como já aconteceu em 2000 (Rem Koolhaas ao invés do OMA), 2001 (Herzog & de Meuron), 2010 (SANAA), 2016 (Elemental) e 2017 (RCR Arquitectes), premiando seus fundadores (como no caso do SANAA), o então, um deles (Elemental).

O prêmio surgiu de uma iniciativa criada por Jay Pritzker através da Fundação Hyatt, organização associada a empresa hoteleira que o mesmo fundou em conjunto com seu irmão Donald em 1957. A primera edição do prêmio foi realizada em 1979, quando Philip Johnson se tornou o primeiro arquiteto a ser homenageado. Estadunidense, Johnson é autor de importantes obras da história da arquitetura moderna, como a Glass House (1949).

O Prêmio Pritzker já conta com quarenta edições anuais ininterruptas, galardoando arquitetos e arquitetas de 18 nacionalidades diferentes. Metade dos premiados são europeus; América, Ásia e Oceania dividem as outras vinte edições, e até hoje nenhum arquiteto o arquiteta africano(a) teve a chance de receber o prêmio, sendo o único continente do globo a não possuir representantes no hall da fama da arquitetura.

A Casa da Música e a Cidade das Artes: por uma monumentalidade

Em sua tese de doutorado, Guilherme Essvein de Almeida apresenta uma análise de duas importantes obras da arquitetura contemporânea: a Casa da Música do Porto projetado por Rem Koolhaas e a Cidade das Artes no Rio de Janeiro, da autoria de Christian de Portzamparc. A tese, defendida em 2018, foi orientada pelo Prof. Dr. Carlos Eduardo Dias Comas e faz parte do programa de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Veja abaixo o resumo informado pelo autor e o link para a tese completa.

Christian de Portzamparc recebe o Praemium Imperiale de 2018

House of Dior, Seoul. Image © Nicolás Borel
House of Dior, Seoul. Image © Nicolás Borel

O arquiteto francês Christian de Portzamparc foi nomeado o laureado de 2018 do Prêmio Praemium Imperiale de Arquitetura. O prêmio, concedido pela Japan Art Association (JAA), reconheceu Portzamparc por seu “estilo arquitetônico imaginativo ... conhecido por suas características distintivas, como projetos arrojados, uma abordagem artística e a criatividade que vem de seu trabalho como pintor de aquarelas."

Christian de Portzamparc: “Ninguém além do arquiteto pode solucionar os problemas da cidade contemporânea"

Da ilustre lista de laureados do prêmio Pritzker, o vencedor de 1994, Christian de Portzamparc, talvez seja o menos coberto pela mídia. No entanto, esse reconhecimento aparentemente escasso desmente a compreensão sutil e perspicaz de questões arquitetônicas e urbanas que, em muitos aspectos, o coloca décadas à frente - com os princípios de base social que ele vem desenvolvendo desde o início dos anos 80, tornando-se agora amplamente populares nos círculos arquitetônicos . Nesta entrevista realizada por Vladimir Belogolovsky e publicada pelo ArchDaily, Portzamparc explica seu percurso profissional nas últimas décadas.

Após se desinteressar pela arquitetura, na década de 1960, Portzamparc, que na época vivia em Nova Iorque, preferiu trabalhar como garçom, uma ocupação que lhe renderia mais dinheiro que poderia ganhar como desenhista em um escritório e, além disso, lhe faria conhecer mais pessoas. "Meu interesse pela arquitetura foi retomado através de meu interesse em política e sociologia, a preocupação com as pessoas que não estavam felizes em seus bairros lotados e apartamentos claustrofóbicos. E nunca deixei de perceber o espaço como meio artístico. Compreendi que ninguém além do arquiteto poderia solucionar os problemas da cidade contemporânea."

Jean Nouvel, Foster + Partners e outros 5 escritórios projetarão torres para o distrito de La Défense em Paris

O distrito de La Défense em Paris anunciou a proposta de sete novos arranha-céus de arquitetos, incluindo Ateliers Jean Nouvel, Foster + Partners e Christian de Portzamparc, na tentativa de atrair negócios para a cidade durante um período de transtornos econômicos nos mercados europeus.

Previsto para a conclusão até 2022, os novos edifícios teriam foco em empresários e pesquisadores internacionais, especialmente os deslocados após a saída do Reino Unido da União Européia.

Em foco: Christian de Portzamparc

Nascido no então Protetorado do Marrocos, o arquiteto francês Christian de Portzamparc (5 de maio de 1944) teve dúvidas sobre continuar estudando arquitetura enquanto estava na faculdade, questionando os ideais modernistas e a falta de liberdade na profissão quando comparada à arte.

Santiago Calatrava vence concurso para o Pavilhão dos EAU na Expo Dubai 2020

Santiago Calatrava venceu o concurso para projetar o Pavilhão dos Emirados Árabes na World Expo Dubai 2020. Nove finalistas apresentaram 11 projetos que foram avaliados de acordo com três critérios: (1) a sua relação com o tema Expo "Conectando mentes, criando o futuro "; (2) se o projeto representa aos Emirados Árabes, e (3) se o projeto demonstra equilíbrio entre o passado e o futuro do país. O projeto de Calatrava propõe um pavilhão de 15 mil metros quadrados com áreas de exposições, um auditório, restaurantes, bares e lounges. O projeto foi inspirado pelas asas de um falcão em voo, ligando a história da falcoaria no país com os seus novos objetivos voltados à conectividade global.

Cortesia de Santiago Calatrava Cortesia de Santiago Calatrava Cortesia de Santiago Calatrava Cortesia de Santiago Calatrava + 4

"House of Dior" de Christian de Portzamparc é inspirada em desenhos de roupas

O arquiteto Christian de Portzamparc concluiu a construção da nova House of Dior em Seul, Coreia do Sul. O edifício, que abriga desenhos de Christian Dior, tem inspiração em aquarelas e experimentações conceituais com luz e sombra.

Christian e Elizabeth de Portzamparc confirmam presença no Rio Academy

A programação do Fórum de Arquitetura e Urbanismo do Rio Academy integra mais um Pritzker no elenco de seus conferencistas: agora foi a vez de Christian e Elizabeth de Portzamparc confirmarem presença, no dia 21 de julho. Eles se unirão a Giancarlo Mazzanti e Reinier de Graaf no segundo dia do Ciclo de Conferências do Fórum, precedidos pelo Pritzker brasileiro Paulo Mendes da Rocha, o escritório BIG, o escritório Triptyque e Alejandro Aravena no dia 20.

Esses nomes praticamente dispensam apresentações. Christian de Portzamparc foi vencedor do Pritzker em 1994. O arquiteto e urbanista francês é responsável pela Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e por inúmeros outros trabalhos de tirar o fôlego de quem aprecia a "arte e a ciência da arquitetura". Em perfeita sintonia com o pretendido pelo Rio Academy, a cidade e o modo de viver, circular e trabalhar nela são a coluna vertebral de seu trabalho.

Elizabeth de Portzamparc vence concurso para biblioteca em Aubervilliers

O conselho regional de Île de France anunciou a arquiteta Elizabeth de Portzamparc como vencedora do concurso para projetar a grande biblioteca do futuro campus Condorcet em Auberbvilliers, região metropolitana de Paris. Pela primeira vez o responsáveis pelo projeto de um edifício no campus é selecionado através de um concurso.

“O grande equipamento documental [Grand équipement documentaire - GED] consiste em uma biblioteca do século XXI construída a partir de fundos dos dez membros fundadores do campus, que pretende constituir um conjunto interdisciplinar para pesquisas nos campos das ciências sociais e humanas”, comentam as autoridades da região em seu comunicado.