Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Bureau Spectacular

Bureau Spectacular: O mais recente de arquitetura e notícia

Escritórios de arquitetura de Los Angeles, pelas lentes de Marc Goodwin

Depois de ter fotografado centenas de escritórios de arquitetura espalhados pelos Países Baixos, Dubai, Londres, Paris, Pequim, Xangai, Seul, Escandinávia e Barcelona, chegou a hora de Los Angeles. Marc Goodwin dá continuidade a sua fantástica série temática na costa oeste dos Estados Unidos, reunindo fotos de quinze grandes estúdios de arquitetura e design da cidade, apresentando um conjunto de escritórios emergentes e de renome mundial. Seja bem vindo ao mundo dos arquitetos e designers da Cidade dos Anjos.

Brooks + Scarpa. Image © Marc Goodwin Marmol Radzinger. Image © Marc Goodwin EYRC. Image © Marc Goodwin Edward Ogosta Architecture. Image © Marc Goodwin + 31

Como os arquitetos da Bienal de Chicago estão "fazendo uma nova história"

"Estamos em um momento de grande transição cultural", diz Jorge Otero-Pailos. "Os tipos de objetos que procuramos para oferecer algum tipo de continuidade nessa transformação são, frequentemente, arquiteturas, [...] um dos objetos mais estáveis da cultura". Este curta-metragem, no qual vários participantes da Bienal de Arquitetura de Chicago de 2017 refletem sobre seus trabalhos, aborda o tema definido pelos diretores artísticos Sharon Johnston e Mark Lee: Make New History.

Horizontal City: 24 arquitetos refletem sobre o projeto de interiores na Bienal de Chicago

Horizontal City é uma das duas exposições coletivas (a outra é Vertical City) na Bienal de Arquitetura de Chicago de 2017. 24 arquitetos foram encarregados pelos diretores artísticos Sharon Johnston e Mark Lee de "reconsiderar o status do interior arquitetônico", fazendo referência a uma fotografia de um projeto de interiores icônico de qualquer época.

O desafio foi considerar as formas e os modos que os arquitetos convidados "poderiam extrapolar o enquadramento fotográfico para uma construção de espaço e estilo de vida mais amplas" - neste caso, um campo de bases de colunas, cujas dimensões e posicionamento fazem referência direta à projeção do plano de Mies van der Rohe de 1947 para o campus do IIT em Chicago.

As melhores peças de mobiliário projetadas por arquitetos na exposição Design Miami/ Basel 2017

Com o encerramento da exposição Design Miami / Basel 2017, o ArchDaily compilou uma lista das melhores peças de mobiliário projetadas por arquiteto em exibição no evento. Este ano, entre as peças estão obras de MAD Architects, Christ & Gantenbien, Trix e Robert Haussman, John Lautner, Jonathen Muecke, Jean Prouvé e Sou Fujimoto.

Bienal de Arquitetura de Chicago divulga lista de participantes da edição de 2017

A Bienal de Arquitetura de Chicago anunciou a lista de participantes convidados a contribuir para a segunda edição do evento, que será realizada entre 16 de setembro e 7 de janeiro de 2018, em Chicago. Mais de 100 escritórios de arquitetura e artistas foram selecionados pelos diretores artísticos de 2017, Sharon Johnston e Mark Lee, fundadores da Johnston Marklee, de Los Angeles, para projetar exposições que serão exibidas no Chicago Cultural Center e em toda a cidade. Entre os selecionados, destaca-se a presença portuguesa com Aires Mateus, Bak Gordon, Barbas Lopes, Fala Atelier, Nuno Brandão Costa e SAMI-arquitectos.

"Nossa meta para a Bienal de Arquitetura de Chicago 2017 é continuar a construir a partir dos temas e ideias apresentadas na primeira edição", explicaram Johnston e Lee. "Esperamos examinar, através do trabalho dos participantes escolhidos, o contínuo envolvimento com questões de história e arquitetura como uma prática evolutiva".

Os cinco finalistas do Young Architects Program 2017 do MoMA PS1

O MoMA PS1 anunciou os cinco finalistas que competirão no Young Architects Program (YAP) de 2017.

Em seu 17º ano, o concurso oferece ao talento arquitetônico emergente a oportunidade de projetar uma instalação temporária ao ar livre dentro do pátio do PS1 para a série anual de verão "Warm-Up" do MoMA. Os arquitetos possuem o desafio de desenvolver desenhos criativos que proporcionem sombra, assentos e água, enquanto trabalham dentro das diretrizes que abordam questões ambientais, incluindo a sustentabilidade e a reciclagem.

O "interior urbano" do Pavilhão de Taiwan proposto por Jimenez Lai

Jimenez Lai, líder do Bureau Spectacular e curador do Pavilhão de Taiwan na Bienal de Veneza 2014 afirma que "domesticidade é possivelmente uma das origens da arquitetura", e que "a padronização do programa doméstico é... uma empreitada moderna." Assim, Lai constrói nove casas com programas específicos no Palazzo della Prigioni, cada uma dedicada a um ato doméstico - como dormir, comer, etc. O resultado é uma resposta vibrante e colorida ao tema proposta por Koolhaas: Absorbing Modernity

Township of Domestic Parts: Made in Taiwan, mergulha nas relações e implicações políticas de nossas vidas domésticas. Mas Lai também acredita que, dessa relação, podemos aprender algo sobre como nossas cidades funcionam. Veja a seguir mais imagens da exposição e o comentário do curador (e fique de olho em nossa página pois logo publicaremos uma entrevista com Jimenez Lai.)

House of Social Dining. Township of Domestic Parts: Made in Taiwan. Image © Nico Saieh Township of Domestic Parts: Made in Taiwan. Image © Nico Saieh House of Alchemy. Township of Domestic Parts: Made in Taiwan. Image © Nico Saieh House of Social Dining. Township of Domestic Parts: Made in Taiwan. Image © Nico Saieh + 13

Bienal de Veneza 2014: Jimenez Lai responsável pela exposição "Township of Domestic Parts", de Taiwan

A proposta do arquiteto Jimenez Lai, Township of Domestic Parts: Made in Taiwan, foi selecionada para representar Taiwan na Bienal de Arquitetura de Veneza 2014. Espalhada pelo Palazzo delle Prigioni, a instalação compreenderá nove pequenas casas, cada uma com um programa único, que comporão um "município interno de partes desajustadas."

Leia o comentário da curadoria, a seguir...

Projetando o "Final Frontier"

Três meses atrás, o comandante Chris Hadfield chamou a atenção de milhões de pessoas ao gravar um cover de Space Oddity de David Bowie inteiramente a bordo da Estação Espacial Internacional. O vídeo foi o resultado de cinco meses de esforços das mídia social para aumentar a conscientização e interesse em programas espaciais em todo o mundo e, pelo que parece, Hadfield obteve sucesso ao despertar o interesse de futuros astronautas.

No entanto, para arquitetos, outra coisa provavelmente se destaca no vídeo: a ISS parece um ambiente extremamente clínico e desconfortável para viver por cinco meses. As razões para isso são óbvias: é um ambiente de engenharia altamente controlado, enviar coisas luxuosas para o espaço é caro. Os astronautas estão lá para trabalhar e eles são treinados para lidar com ambientes estressantes e desconfortáveis. No entanto, com propostas para missões mais longas - como uma viagem tripulada a Marte ou a promessa de voos espaciais comerciais - o projeto destes espaços pode se tornar um tema no qual os arquitetos deverão se envolver.

Saiba mais sobre os desafios da arquitetura no espaço, a seguir.