Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Arquitetas Invisíveis

Arquitetas Invisíveis: O mais recente de arquitetura e notícia

Arquitetas Invisíveis apresentam 48 mulheres na arquitetura: "Nas Sombras"

Para celebrar o Dia das Mulheres, pedimos ao coletivo brasileiro Arquitetas Invisíveis, com sede em Brasília, que compartilhassem conosco parte de sua pesquisa que identifica e enaltece o trabalho das mulheres na Arquitetura e Urbanismo, elas gentilmente nos cederam este material - que apresenta 48 mulheres divididas em sete categorias: pioneiras, "nas sombras", arquitetura, paisagismo, arquitetura social, urbanismo e arquitetura sustentável – que será publicado separadamente durante esta semana.

Hoje, apresentamos as arquitetas que viveram "nas sombras" de grandes nomes da arquitetura mundial.

Eileen Gray. Cortesia de Christie's Ray e Charles Eames. © Eames Office Lilly Reich. Imagem via rauminhalt Chartlotte Perriand. Imagem via The Lost Innocence + 17

Arquitetas Invisíveis apresentam 48 mulheres na arquitetura: As Pioneiras

O dia internacional das mulheres é celebrado no dia 8 de março em homenagem às 130 mulheres que foram queimadas vivas em uma fábrica em Nova Iorque em 1857. A violência foi uma resposta às reinvindicações por melhores condições de trabalho exigidas pelas tecelãs.

O que começou com pequenos protestos, acabou tomando proporções mundiais e desencadeou, ao longo dos tempo, em uma séria de conquistas políticas, econômicas, trabalhistas e sociais para as mulheres. Infelizmente, essas conquistas ainda não garantem igualdade de gênero na prática (e em alguns países ainda há leis que favorecem os homens). Constatamos isso diante da violência física e psicológica sofrida pelas mulheres, da falta de reconhecimento, das imposições ocupacionais, diferenças salariais, além de tantas outras. Esse panorama diz respeito às mulheres de todo o mundo, mas também dentro da arquitetura há estatísticas que comprovam como as mulheres ainda não são valorizadas social e profissionalmente. São poucas as mulheres que conseguem reconhecimento internacional, o que as torna desconhecidas para profissionais e estudantes de arquitetura, desencadeando a sensação de que elas não existem.

Para celebrar o Dia das Mulheres, pedimos ao coletivo brasileiro Arquitetas Invisíveis, com sede em Brasília, que compartilhassem conosco parte de sua pesquisa que identifica e enaltece o trabalho das mulheres na Arquitetura e Urbanismo, elas gentilmente nos cederam este material - que apresenta 48 mulheres divididas em sete categorias: pioneiras, "nas sombras", arquitetura, paisagismo, arquitetura social, urbanismo e arquitetura sustentável – que será publicado separadamente durante esta semana.

Dia do Arquiteto: As Arquitetas Brasileiras

Pedimos ao grupo Arquitetas Invisíveis que para a comemoração do Dia do Arquiteto selecionassem as arquitetas brasileiras que mais as inspiram e compartilhassem este material conosco. Segue abaixo o texto produzido por elas e um pouco mais sobre as mulheres que marcam o panorama nacional da Arquitetura.

Exposição “Arquitetas Invisíveis” na Semana Universitária da UnB

O projeto “Arquitetas Invisíveis”, criado pelo Centro Acadêmico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (CAFAU) da Universidade de Brasília tem como objetivo principal resgatar a memória de arquitetas que tiveram um papel fundamental para a arquitetura e urbanismo, mas que foram, por diversas razões, desprestigiadas pela história.