Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

 Virgile Simon Bertrand

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Arranha-céus de 2018: alternativas ao arquétipo da torre de vidro

© Viktor Sukharukov
© Viktor Sukharukov

Seja como um objeto isolado ou parte de um conjunto de edifícios, arranha-céus são ícones excêntricos que habitam os principais centros urbanos do planeta. Uma metáfora da modernidade, do sucesso e da riqueza, arranha-céus são sinônimos da arquitetura das mais vibrantes cidades do mundo como Nova Iorque, Dubai e Singapura.

Cada vez mais altas e onipresentes nos quatro cantos do mundo, ainda há muito para se descobrir e explorar sobre estas estruturas. O ano de 2018 nos apresentou novas abordagens, tecnologias e localizações para a tipologia arquitetônica mais celebrada dos tempos modernos. Passando por novos materiais e formas, os projetos de edifícios em altura começaram a abordar aspectos que vão muito além da simples eficiência e altura, propondo superar novos desafios e explorando novas formas. A seguir apresentaremos alguns dos projetos mais inovadores e as principais tendências em projetos de arranha-céus apresentados ao longo deste ano:

Cortesia de Plompmozes © Rafael de la-Hoz Arquitectos © Virgile Simon Bertrand Cortesia de Zaha Hadid Architects + 13

Os 22 maiores projetos de arquitetura do mundo, selecionados pela Time Magazine

A lista da revista Time dos melhores lugares do mundo de 2018 celebra 100 destinos para visitar, comer e beber de todo o globo. Escolhidos pela equipe global de editores e correspondentes da Time, os locais foram avaliados em qualidade, originalidade, inovação, sustentabilidade e influência.

A lista apresenta muitas maravilhas arquitetônicas, novas e antigas, projetadas por arquitetos renomados do passado e do presente. Variando de uma casa na árvore na Suécia a um museu de arte na África do Sul, os projetos estão unidos por sua excelência arquitetônica, digna da atenção de arquitetos e do público em geral. 

Eliel e Eero Saarinen: A vasta influência de pai e filho na arquitetura

St Louis Gateway Arch. Image © Flickr user jeffnps licensed under CC BY 2.0
St Louis Gateway Arch. Image © Flickr user jeffnps licensed under CC BY 2.0

É raro um pai e filho compartilharem a mesma data de nascimento. Ainda mais raro que essa dupla trabalhe na mesma profissão e mais raro ainda ambos alcançarem sucesso internacional em suas respectivas carreiras. Esta, no entanto, é a história de Eliel e Eero Saarinen, os arquitetos finlandeses-americanos cujo portfólio conjunto retrata o desenvolvimento do pensamento arquitetônico moderno nos Estados Unidos. Desde os edifícios finlandeses inspirados pela Art Nouveau de Eliel e o planejamento urbano modernista até o estilo internacional de Eero e suas estruturas neo-futuristas, a dupla pai-filho produziu um corpo incomparável de trabalho, culminando em duas medalhas de ouro individuais do AIA.

© MWAA <a href='https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:FirstChristianChurch.jpg'>Photo by Greg Hume</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.5/deed.pt'>CC BY-SA 2.5</a> © <a href='https://www.flickr.com/photos/gabyu/305710396'>Ezra Stoller via Flikr user gabyu</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/'>CC BY-ND 2.0</a> © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Helsinki_Railway_Station_20050604.jpg'>Revontuli</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a> + 22

Hotel Morpheus / Zaha Hadid Architects

© Virgile Simon Bertrand © Virgile Simon Bertrand © Virgile Simon Bertrand © Virgile Simon Bertrand + 57

Hotéis  · 
Cotai, Macau

O impressionante portfólio de Zaha Hadid

Há um ano Zaha Hadid nos deixou, mas o seu impressionante legado arquitetônico segue inspirando todos os arquitetos a ultrapassar seus limites criativos. A arquiteta criou uma linguagem autoral que por sua expressividade se tornou extremamente reconhecível. Para homenageá-la, buscamos em nosso Arquivo todas as obras concluídas de Hadid que foram publicadas no ArchDaily Brasil e as reunimos aqui.

Conheça o impressionante portfólio de Zaha Hadid, a seguir.

Luminosidade fluida: A iluminação arquitetônica na obra de Zaha Hadid

Leeza SOHO, em construção 2017, Pequim / China. Imagem © MIR
Leeza SOHO, em construção 2017, Pequim / China. Imagem © MIR

Os projetos de Zaha Hadid são notáveis não só por suas formas inovadoras de manusear materiais tangíveis, mas também pela sua imaginação em relação à luz. Suas teorias de fragmentação e fluidez são técnicas projetuais bem conhecidas que possibilitaram sua descoberta de formas. No entanto, seus avanços no uso da luz para transmitir sua arquitetura foram, muitas vezes, negligenciados -mesmo que tenham se tornado um elemento essencial para revelar e interpretar sua arquitetura. A transição de três décadas de linhas mínimas de luz no seu projeto do Corpo de Bombeiros de Vitra até o átrio mais alto do mundo no arranha-céu Leeza SOHO, que recolhe uma abundância de luz natural, mostra o notável desenvolvimento do legado luminoso de Zaha Hadid.

Centro Heydar Aliyev, 2013, Baku / Azerbaijão. Imagem © Hélène Binet Estação de Trem Nordpark, 2007, Innsbruck / Áustria. Imagem © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hungerburgbahn-Bergstation.JPG'>Wikimedia user Hafelekar</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a> Museu MAXXI, 2009, Roma / Itália. Imagem © Iwan Baan Centro de Ciências Phaeno, 2005, Wolfsburg / Alemanha. Imagem © Werner Huthmacher + 13

5 Obras de Zaha Hadid vistas do espaço

Esta semana completa-se um ano do falecimento de Zaha Hadid, a mulher mais bem sucedida e influente do campo da arquitetura. Nascida em Bagdá, Iraque, em 1950, em 2004 se tornou a primeira mulher a ser laureada com o Prêmio Pritzker e, dois anos mais tare, recebeu a medalha de outro do Royal Institute of British Architects (RIBA).

Seu inesperado falecimento deixou um fascinante e inspirador legado e seu escritório ZHA segue trabalhando simultaneamente em quase uma centena de projetos em todo o mundo. Para recordar seu legado, a empresa espanhola Deimos Imaging compartilhou conosco uma série de fotografias de obras de Zaha em cinco países.

Estas imagens foram registradas pelo satélite Deimos-2, lançado em 2014 e projetado registrar fotografias da Terra em altíssima resolução. Estas incríveis obras de Zaha tomam uma nova perspectiva quando contempladas do céu, ou melhor dizendo, de um satélite.

Pavilhão Ponte de Zaragoza. Image © Deimos Imaging Sheikh Zayed Bridge. Image © Deimos Imaging Centro Heydar Aliyev . Image © Deimos Imaging Praça Dongdaemun. Image © Deimos Imaging + 26

O ser humano como medida da arquitetura

Embora desde a primeira edição do livro A Arte de Projetar em Arquitetura, de Ernst Neufert - publicada na Alemanha em 1936 - o mundo tenha mudado muito, o famoso manual apresenta conceitos elementais de desenho que seguem, em sua maioria, ainda vigentes, pois toma o ser humano como unidade de medida.

Entretanto, a arquitetura parece constantemente tomar outros rumos, afastando-se de seus princípios básicos para satisfazer requisitos que muitas vezes não têm relação direta com sua habitabilidade. Naqueles anos, Neufert estava preocupado com a redução da escala do projeto: "creio que este é o motivo da usual falta de relação entre os edifícios, já que os projetistas partem de escalas diferentes e arbitrárias e não levam em consideração a única correta, o homem".

Hoje em dia fazemos arquitetura com base em quais parâmetros?

Praça Dongdaemun / Zaha Hadid Architects

©  Virgile Simon Bertrand ©  Virgile Simon Bertrand ©  Virgile Simon Bertrand ©  Virgile Simon Bertrand + 39

Torre Jockey Club Innovation / Zaha Hadid Architects

© Doublespace © Iwan Baan       ©  Virgile Simon Bertrand © Doublespace + 61

Universidade  · 
Hong Kong, Hong Kong
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Zaha Hadid Architects
  • Design Autores deste projeto de arquitetura text, Zaha Hadid, Patrik Schumacher, url,
  • Área Área deste projeto de arquitetura

Em foco: Zaha Hadid!

Pritzker prize-winning architect, fashion designer and artist Zaha Hadid (born 31 October 1950) has become one of the most recognizable faces of our field. Revered and denounced with equal aplomb for the sensuous curved forms for which she has become known, Hadid rose to prominence not solely through parametricism but by designing spaces to occupy geometries in new ways. Today, her work continues to push boundaries both creative and technological, and her fearless media presence has cemented her place in society as a woman who needs just one name: Zaha.

Heydar Aliyev Center. Image © Hufton+Crow Vitra Fire Station. Image © Wojtek Gurak Bergisel Ski Jump. Image © Hélène Binet Antwerp Port House. Image © Hélène Binet + 36

Neil Barrett: 'Shop in Shop' / Zaha Hadid Architects

© Virgile Simon Bertrand
© Virgile Simon Bertrand

Descrição enviada pela equipe de projeto. Projetado por Zaha Hadid Architects, o conceito de ‘Shop in Shop’ para Neil Barrett é baseado num projeto singular e coesivo, que é dividido em dezeseis partes separadas. As peças específicas foram então selecionadas e instaladas em cada uma das quatro lojas Neil Barret em Seoul, e também na loja de Hong Kong, criando um display único de composição em cada loja. As peças foram esculpidas e moldadas do sólido original em pares que se definem para criar uma paisagem artificial que se desdobra em múltiplas camadas para os displays. Mais imagens e descrição da arquiteta a seguir.