Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Adam Letch

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Residência Boma / SAOTA + ARRCC + OKHA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 20

Casas  · 
Cidade do Cabo, África do Sul
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SAOTA

Casa Cape Villa / ARRCC

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 35

Casas  · 
Cidade do Cabo, África do Sul

Edifício 78 Corlett Drive / Daffonchio and Associates

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 23

Casa Uluwatu / SAOTA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 19

Casa Kloof 145 / SAOTA

© Adam Letch
© Adam Letch

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 29

Casas  · 
Cape Town, África do Sul
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SAOTA

Escritório C / Forte Architetti

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 14

Escritórios  · 
Cidade do Cabo, África do Sul

Casa Cranberry / Scott+Partners + Greg Wright Architects

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 33

Casas  · 
Cidade do Cabo, África do Sul

Como projetar uma piscina de borda infinita?

Há poucas coisas que nos fascinam mais que o mar. Sua contemplação suscita um sentimento de paz e suas cores, texturas, movimentos e amplitude proporcionam um efeito cientificamente comprovado de relaxamento no nosso sistema nervoso. Acima de tudo, nos faz perceber o quão pequenos somos ante o universo. Não é por acaso que uma casa de frente para o mar seja um sonho de consumo para muitos. E com uma piscina logo à frente, nem se fala. As piscinas de borda infinita brincam com esse sentimento de infinitude do mar com o céu. Através de um jogo inteligente de planos e níveis, criam uma ilusão de ótica que deixa qualquer um boquiaberto, fazendo com que a água da piscina pareça se fundir com o horizonte, transbordando em uma ou mais bordas. Mas antes de planejar sua foto no Instagram com uma taça de espumante na mão, é interessante entender como elas são construídas.

© Hiroyuki Oki © Àdria Goula © Àdria Goula © Fernando Guerra | FG+SG + 20

10 Projetos inspirados no trabalho do arquiteto mexicano Félix Candela

© Zaha Hadid Architects © Zaha Hadid Architects © Zaha Hadid Architects © Palladium Photodesign + 13

Félix Candela, de nacionalidade espanhola e mexicana, é um dos arquitetos mais respeitados do século XX, reconhecido no mundo todo por trilhar um caminho em que técnica e estética estão intimamente ligados. Seus experimentos em concreto e argamassa armada resultaram nas suas famosas conchas, elementos estruturais que sustentam muitas de suas obras, como o Pavilhão dos Raios Cósmicos na UNAM, Cidade do México (1951); a Capela da Palmira em Cuernavaca (1958); o Restaurante Los Manantiales, Xochimilco (1958); e o Palácio dos Esportes para os Jogos Olímpicos de 1968, na Cidade do México.

As 50 fotografias de arquitetura mais inspiradoras de 2018

Courtesy of JAJA Architects
Courtesy of JAJA Architects

© Mario Wibowo © Quang Dam Courtesy of Klein © Iwan Baan + 53

Porque, para todos os projetos e edifícios inspiradores de todo o mundo, estaríamos perdidos sem os fotógrafos dedicados a compartilhar essa inspiração conosco. Apresentamos, a seguir, as fotografias de arquitetura mais inspiradoras do ano.

A versatilidade dos muros de gabião: de obras de infraestrutura a mobiliários urbanos

Bosque Altozano Club House / Parque Humano. Image Cortesia de Parque Humano
Bosque Altozano Club House / Parque Humano. Image Cortesia de Parque Humano

Muito utilizados em obras de infraestrutura, os muros de gabião são constituídos por gaiolas metálicas conformadas por malhas hexagonais de fios de aço galvanizados, de modo que resistam às intempéries por um extenso período de tempo, livres de oxidação. Internamente são preenchidos por pedras de diferentes tamanhos, tornando-se uma estrutura permeável.

Bosque Altozano Club House / Parque Humano. Image Cortesia de Parque Humano BAH Restaurante Parkshopping / Tellini Vontobel Arquitetura. Image © Cristiano Bauce Restauración Paisajística del Vertedero de Residuos de la Vall d'en Joan / Batlle i Roig Arquitectes. Image © Jordi Surroca Mirador Asomo al Vacío. Image Cortesia de Loreto Mellado Medel + 62

Benguela Cove / SAOTA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 22

Arquiteturas religiosas contemporâneas que repensam os espaços tradicionais de culto

© Fabrice Fouillet
© Fabrice Fouillet

A construção de locais de culto sempre foi uma prática complexa, conseguindo separar o humano e liberar a fronteira entre corpo, mente e espírito. A presença do sagrado é crucial no projeto e construção de lugares de culto, e é por isso que quase todo edifício religioso possui características semelhantes: grandiosidade, materialidade monolítica, elementos naturais e uma planta que leva em conta a circulação do indivíduo no espaço. Estruturas religiosas contemporâneas, no entanto, encontraram uma maneira de se adaptar à evolução da arquitetura. Diferentemente dos períodos gótico ou barroco, a arquitetura contemporânea não possui uma identidade dominante, mas é uma combinação de pós-modernismo, futurismo, minimalismo, modernismo e tudo o que há entre estes. Os arquitetos descobriram uma maneira de transformar esses lugares exclusivos dedicados à religião em estruturas de espiritualidade, contemplação e manifestação. 

Reunimos aqui uma seleção de edifícios religiosos contemporâneos que provam que os arquitetos estão rompendo todos os limites programáticos da arquitetura. 

© Adam Letch Cortesia de S.M.A.O © Ahmad Mirzaee Cortesia de Kojii Fuji / Nacasa & Partners Inc. + 24

Cascas de concreto: fundamentos de projeto e exemplos

Pensemos numa folha de papel. Caso haja a tentativa de deixa-la em pé a partir de seu estado primário, a mesma não sustentará seu peso próprio. Contanto, se a curvarmos ou dobrarmos, a mesma atinge uma nova qualidade estrutural, suportando seu próprio peso. Da mesma forma, agem as cascas. “Não se pode imaginar uma forma que não necessite de uma estrutura, ou uma estrutura que não tenha uma forma. Toda forma tem uma estrutura e toda estrutura tem uma forma. Dessa maneira, não se pode conceber uma forma sem se conceber automaticamente uma estrutura e vice-versa.” [1] A importância do pensamento estrutural que culmina no objeto construído é então, tida pela relação entre forma e estrutura. A partir da associação do concreto e do aço, destacam-se as cascas, estruturas cujas superfícies curvas contínuas apresentam pequena espessura, se comparada às outras dimensões, frequentemente utilizadas em grandes coberturas e não permitindo esforços pontuais.

As cascas são estruturas muito utilizadas para coberturas de grandes vãos sem apoios intermediários. Em termos estruturais, são eficientes por resistirem muito bem a esforços de compressão, podendo, em pontos específicos de sua superfície, principalmente próximos aos apoios, absorverem pequenos momentos de flexão.

Casa Restio River / SAOTA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 27

Casas  · 
Pringle Bay, África do Sul
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SAOTA
  • Área Área deste projeto de arquitetura

Baía Dupla / SAOTA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 22

Casas  · 
Sydney, Austrália
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SAOTA
  • Área Área deste projeto de arquitetura

Bora Headquarters / SAOTA

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 18

Ilhas Baleares, Espanha
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SAOTA

Casa Clifton / Malan Vorster Architecture Interior Design

© Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch © Adam Letch + 36

Casas  · 
CIdade do Cabo, África do Sul