Casa Uluwatu / SAOTA

Casa Uluwatu / SAOTA

© Adam Letch© Adam Letch© Adam Letch© Adam Letch+ 19

  • Arquitetos: SAOTA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  14170
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Adam Letch
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Flos, Flos, Kettal (Spain), Molteni & C - Rodolfo Dordoni, Molteni & C - Jean Nouvel, Molteni & C - Vincent Van Duysen, Paola Lenti
  • Clientes:N/A – would like to remain anonymous
  • Engenharia:Saka Undagi Design
  • Paisagem:Bali Landscape Company
  • Arquiteto Em Registro:H+H Architecture
  • Gerente De Projetos:Penjor Bali Mandiri
  • Consultor De Iluminação:Nipek
  • Engenheiro Mep:Wija Kusuma Nadi (Design & Construct)
  • Consultor:Twotimesmono
  • Topógrafo:Penjor Bali Mandiri
  • Contratante:Penjor Bali Mandiri
  • Designer De Interiores:Molteni & C
Mais informaçõesMenos informações
© Adam Letch
© Adam Letch

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa inspirada nos icônicos resorts de Bali, cria um toque contemporâneo à materialidade local e arquitetura vernacular para criar uma luxuosa e moderna casa de férias profundamente sintonizada com seus belos arredores.

© Adam Letch
© Adam Letch

Este refúgio projetado por SAOTA em Uluwatu, na área sudoeste da península de Bukit, em Bali, na Indonésia, está implantada no alto de uma falésia. Ulu significa "fim da terra" e watu significa "rocha", que descreve apropriadamente a beleza rústica da península selvagem e árida. Uluwatu também é conhecida por ter algumas das melhores praias de surf do mundo, e suas falésias íngremes e rochosas oferecem vistas elevadas ao mar.

© Adam Letch
© Adam Letch
Planta - Pavimento Térreo
Planta - Pavimento Térreo
© Adam Letch
© Adam Letch

SAOTA projetou a casa em um grande local orientado para leste-oeste, de frente para o oceano, no lado leste. A escala local permitiu que o projeto acomodasse um layout inspirado nos resorts com suítes e espaços separados em um arranjo fragmentado que entrelaça espaços internos e externos. Uma série de pátios, jardins e outros terraços são habilmente projetados na arquitetura, combinando o plantio naturalista e criando um senso de que a paisagem e a arquitetura são significativamente integradas. Na verdade, o projeto foi em parte inspirado na maneira como as ruínas rochosas são, com o tempo, recuperadas pela paisagem e parecem quase como se fizessem parte dela.

© Adam Letch
© Adam Letch

Um grande pátio de entrada com palmeiras cria uma sensação dramática na chegada por sua grandiosa escadaria que parece flutuar sobre a cascata. Paredes de pedra adicionam uma experiência singular ao entrar na casa. A entrada centralizada cria um ponto focal, onde a sala de estar, sala de jantar e terraço coberto conformam o núcleo do arranjo, junto a pátios e terraços. Um grande pátio a oeste fornece um contraponto fechado para as vistas[ ao leste.

© Adam Letch
© Adam Letch

A natureza fragmentada do edifício e dos espaços ao ar livre não apenas dilui as passagens internas, mas também facilita a "qualidade camaleão" da casa, um arranjo responsivo que se expande ou "encolhe" para acomodar grupos pequenos e grande de pessoas. Mesmo que o dono estivesse sem convidados, ele poderia ocupar a suíte principal e as áreas de estar sem ter consciência dos quartos adicionais, de modo que a grandeza do arranjo nunca perde uma sensação de intimidade. Da mesma forma, ao longo do plano, grandes espaços como a entrada, o terraço da piscina e o pátio são equilibrados com espaços de vida intimamente proporcionados.

© Adam Letch
© Adam Letch

A maneira pela qual a arquitetura e os pátios externos estão dispostos significa que a fruição pelo edifício envolve o cruzamento constante entre a arquitetura e a paisagem, facilitando um poderoso senso de lugar. O estilo de vida interior-exterior perfeitamente integrado é também uma resposta ao clima de Bali. Uma variedade de espaços cobertos ao ar livre, pátios e terraços oferecem uma variedade de experiências ao ar livre com diferentes graus de cobertura. A natureza porosa do projeto incentiva a ventilação cruzada de resfriamento natural a fluir do oceano. Quando o calor se torna opressivo, é possível retirar-se totalmente para as áreas de estar e jantar totalmente fechadas e com ar condicionado.

© Adam Letch
© Adam Letch

Esteticamente, SAOTA inspirou-se na arquitetura local, nos templos tradicionais tanto quanto nos edifícios contemporâneos. As áreas de chegada da casa são caracterizadas por paredes monumentais, com revestimento de pedra escura local. O desgaste orgânico confere uma sensação de pátina natural a materialidade.

© Adam Letch
© Adam Letch

Nas áreas de convivência principais, os típicos pavilhões de madeira vernaculares da arquitetura balinesa foram reinterpretados usando paredes de vidro, e os leves telhados de madeira leves foram redimensionados como uma forma flutuante do telhado de concreto, belamente trabalhada com concreto aparente. Esta referência sutilmente lúdica ao trabalho madeireiro predominante na arquitetura local foi novamente elevada de acordo com a escala do projeto. A inclinação da cobertura e que chama a atenção é uma resposta climaticamente apropriada à orientação leste-oeste da casa, convidando à luz da manhã e abrindo as vistas do oceano para o leste, enquanto protege da luz da tarde. 

© Adam Letch
© Adam Letch

Em toda a casa, a textura do concreto e os acabamentos naturais, como a pedra local, foram revestidos com madeiras de lei distintas. Telas verticais, marcenarias e trabalhos em metal decorativos, como o alumínio em bronze atrás do balcão e no salão de charutos, enriquecem a matéria prima com detalhes. Pisos em travertino proporcionam um acabamento luxuoso, enquanto a continuidade dos acabamentos transmite a sensação de calmaria. Móveis e acabamentos europeus de alta qualidade introduzem uma sensação de luxo discreto num projeto contemporâneo.

© Adam Letch
© Adam Letch

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Casa Uluwatu / SAOTA" 03 Jun 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/918265/casa-uluwatu-house-saota> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.