O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

David Basulto

Fundador, CEO e editor-chefe do ArchDaily :) Arquiteto. Júri, conferencista, curador, programador, M.C., e tudo o que é necessário para divulgar a nossa missão no mundo. Você pode seguí-lo no Instagram/Twitter @dbasulto ou acompanhar a ou curadoria de projetos publicamos no Instagram do @ArchDaily.

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Universidade de Ciência e Tecnologia King Abdullah / HOK

10:30 - 23 Fevereiro, 2019
KAUST Campus © 2009 J.B. Picoulet – S. Lourié
KAUST Campus © 2009 J.B. Picoulet – S. Lourié

Vista exterior dos edifícios Inteiror do edifício de laboratórios e pesquisa Interior da Biblioteca Entrada da Biblioteca + 55

  • Arquitetos

    HOK
  • Localização

    Arábia Saudita
  • Área

    560000 m²
  • Ano do projeto

    2009

Fevereiro no ArchDaily: Representação na arquitetura

13:00 - 15 Fevereiro, 2019
Fevereiro no ArchDaily: Representação na arquitetura

A partir deste mês, o ArchDaily apresentará temas mensais. Nossos editores e curadores alinharão seus esforços para aprofundar tópicos que consideram relevantes no discurso arquitetônico de hoje, apresentando novos artigos, projetos, colaborações e sugestões de nossos leitores. Começaremos com representação na arquitetura.

O que começou como um desenho feito no chão para representar, esquematicamente, a planta de edifícios, logo evoluiu para representações axonométricas de uso militar e, desde então, em uma variedade de técnicas e formas de apresentar o espaço que vão além da mera representação de volumes. 

Hashim Sarkis é nomeado curador da Bienal de Arquitetura de Veneza 2020

09:00 - 19 Dezembro, 2018
Hashim Sarkis é nomeado curador da Bienal de Arquitetura de Veneza 2020, © Bryce Vickmark
© Bryce Vickmark

Hoje, o Conselho da Bienal de Veneza nomeou Hashim Sarkis como curador da 17ª Exposição Internacional de Arquitetura. Realizada a cada dois anos na capital da região do Vêneto, na Itália, a próxima edição acontecerá entre 23 de maio e 29 de novembro de 2020.

Sarkis é diretor do escritório Hashim Sarkis Studios (HSS), com filiais em Boston e Beirute, e atualmente o decano da Escola de Arquitetura e Urbanismo do MIT. Sarkis foi membro do júri internacional da Bienal de Arquitetura de Veneza 2016, com curadoria de Alejandro Aravena, e participou com seu escritório no Pavilhão dos Estados Unidos (Biennale Architettura 2014) e da Albânia (Biennale Architettura 2010).

Ace Hotel, Nova York / Roman and Williams

11:00 - 15 Dezembro, 2018
© Romand and Williams
© Romand and Williams

© Romand and Williams © Romand and Williams © Romand and Williams © Romand and Williams + 8

Carlo Ratti Será um dos curadores da Bienal de Urbanismo\Arquitetura de Shenzhen de 2019

10:00 - 1 Dezembro, 2018
Carlo Ratti Será um dos curadores da Bienal de Urbanismo\Arquitetura de Shenzhen de 2019 , Cortesia de Bi-City Biennale of Urbanism\Architecture (Shenzhen)
Cortesia de Bi-City Biennale of Urbanism\Architecture (Shenzhen)

O Comitê Organizador da Bienal Bi-City de Urbanismo/Arquitetura (Shenzhen) (“UABB (Shenzhen)”) anunciou a equipe de curadores-chefes da UABB (Shenzhen) em 2019, que inclui o arquiteto e diretor do MIT Senseable City Lab Carlo Ratti, o acadêmico da Chinese Academy of Engineering (CAE) Meng Jianmin e o famoso curador e crítico de arte Fabio Cavallucci.

Fórum Urbano Moscou: Rem Koolhaas, Vladimir Putin e o futuro de Moscou

07:00 - 7 Agosto, 2018
Vladimir Putin. Imagem Cortesia de MUF
Vladimir Putin. Imagem Cortesia de MUF

Nos últimos oito anos, Moscou acolheu o Fórum Urbano de Moscou, uma reunião anual para especialistas discutirem questões urgentes das metrópoles atuais. Alguns dos mais renomados arquitetos e urbanistas, prefeitos, funcionários do governo, economistas, investidores, acadêmicos, cidadãos e profissionais de diversos campos e nacionalidades se reúnem na icônica cidade russa e seus locais emblemáticos como Menage ou VDNKh. Mas foi a presença de dois dos homens mais influentes do mundo, em suas respectivas áreas de influência, que marcaram a importância do Fórum Urbano de Moscou deste ano: Rem Koolhaas e Vladimir Putin.

O evento faz parte de um processo urbano abrangente e de longo prazo, no qual uma série de projetos coordenados mudou a cara de Moscou, colocando-a ao lado de outras capitais europeias. Antes da Copa do Mundo de 2018, muitos desses projetos foram concluídos, tornando especial a edição do Fórum Urbano de Moscou. O Garden Ring, o Krymskaya Embankment, o renovado Estádio Luzhniki, a reforma do Gorky Park, o Museu Garage, o My Street Program, o Círculo Central de Moscou e o Sistema Público de Bicicletas Velobike, entre muitas outras iniciativas, mostram o compromisso da cidade de melhorar a qualidade de seus espaços públicos. Projetos futuros, como o novo Museu Hermitage, da Asymptote, a V-A-C Foundation in Red October de Renzo Piano, a orla do Rio Moskva, pelo Projeto Meganom e a reforma da Galeria Tretyakov pelo OMA mostram que essa responsabilidade se estende para além da Copa do Mundo.

4ª Bienal de Design de Istambul divulga lista de participantes

16:00 - 13 Julho, 2018
4ª Bienal de Design de Istambul divulga lista de participantes , Yapi Kredit Kultur Yayincilik, foto de Koray Senturk via IKVS
Yapi Kredit Kultur Yayincilik, foto de Koray Senturk via IKVS

A 4ª Bienal de Design de Istambul, com curadoria de Jan Boelen, juntamente com Nadine Botha e Vera Sacchetti, acaba de anunciar os participantes da edição deste ano. Sob o tema “Uma Escola de Escolas”, a Bienal procura explorar como a educação em design e a educação em geral podem evoluir e se adaptar numa nova era de inteligência artificial.

Organizada pela Fundação de Istambul para Cultura e Artes (İKSV) e patrocinada pela VitrA, a Bienal reunirá conhecimentos novos antigos, acadêmicos e amadores, profissionais e pessoais, envolvendo profissionais de diferentes gerações e disciplinas da Turquia e do exterior. O evento terá a duração de seis semanas, de 22 de setembro a 4 de novembro, e incorporará seis das instituições culturais mais emblemáticas da cidade, as quais abrigarão muitas Escolas da Bienal, explorando as múltiplas dimensões do design enquanto aprendizado.

Detalhes sobre os locais e participantes:

Prazo estendido: Envie seu projeto para os Prêmios World Architecture Festival 2018

11:30 - 28 Maio, 2018
Prazo estendido: Envie seu projeto para os Prêmios World Architecture Festival 2018

Atualização: O prazo final de inscrição foi estendido para 1º de junho. Registre seus projetos aqui.

É hora de preparar sua inscrição! Agora, no 11º ano, o World Architecture Festival acontecerá em Amsterdã de 28 a 30 de novembro. Os organizadores esperam que quase 500 práticas arquitetônicas concorram por prêmios em mais de 30 categorias. O evento desloca-se para a histórica cidade holandesa após dois anos em Berlim.

O Festival é o maior evento de reconhecimento de arquitetura do mundo - todos os projetos arquitetônicos pré-selecionados são apresentados pessoalmente pelos arquitetos a um estimado júri. E este ano, cerca de metade dos 120 jurados devem ser mulheres.

O júri final dos Edifícios Construídos deste ano será presidido por Nathalie de Vries, do MVRDV, e também incluirá Sir David Adjadye, Li Xiadong e o decano de Harvard GSD, Mohsen Mostafavi.

Construindo o Burning Man: Os desafios arquitetônicos para criar uma cidade no deserto

12:00 - 23 Abril, 2018
The Black Rock Lighthouse Service por Jonny & Max Poynton. Image © Dan Adams
The Black Rock Lighthouse Service por Jonny & Max Poynton. Image © Dan Adams

Todos os anos, em agosto, uma metrópole temporária é erguida em Black Rock City, Nevada. Este é o Burning Man, um evento anual de arte e arquitetura que atrai cerca de 70.000 participantes. As pessoas que vêm para o Burning Man vêm de todos os cantos. O que é incrível é que eles se juntam para construir uma cidade efêmera que dura 7 dias. Essas pessoas assumem o papel de arquitetos e trabalhadores da construção civil e usam o deserto para construir todos os tipos de abrigos de forma rápida e sustentável. O deserto é tão remoto, e tudo construído em Black Rock City é embalado e levado para casa no final do evento, e parte da arte é queimada no local. Isso representa um desafio arquitetônico único. As pessoas que vêm para construir essas estruturas têm que planejá-las com antecedência para acomodar todos os desafios de trabalhar no deserto. O resultado é uma cidade impressionante e única, construída democraticamente, contra uma paisagem desértica, e por apenas uma semana.

Tivemos a chance de entrevistar Kim Cook no World Architecture Festival, em Berlim. Kim Cook é Diretora de Arte e Engajamento Cívico da Burning Man. Kim Cook e sua equipe têm a tarefa de aumentar o impacto das artes do Burning Man e iniciativas cívicas. Como parte de seu papel, Kim se envolve com artistas e líderes comunitários para aumentar as oportunidades de financiamento, colaboração e aprendizado.

The Black Rock Lighthouse Service por Jonny & Max Poynton. Image © Joe Sale Tangential Dreams belo artista Arthur Mamou-Mani. Image © Debra Wolff Tangential Dreams pelo artista Arthur Mamou-Mani. Image © Ales, Dust to Ashes The Space Whale por The Pier Group com Matthew Schultz, Android Jones and Andy Tibbetts. Image © Zipporah Lomax + 6

ArchDaily X MINI Clubman: uma iniciativa de recuperação de edifícios

18:00 - 5 Fevereiro, 2018
ArchDaily X MINI Clubman: uma iniciativa de recuperação de edifícios, © Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

"O prédio mais verde é aquele que já foi construído". (Carl Elefante, FAIA)

Até 2050 a população que vive em áreas urbanas duplicará e as cidades precisam encontrar formas sustentáveis ​​para acomodar este movimento de massas. Muitas vezes, verificamos que os projetos estão sendo construídos o mais rápido possível para suportar o crescimento, mas esses edifícios acabam por carecer de caráter e tornam a cidade genérica. Uma solução mais inteligente e sustentável é aumentar a densidade dos centros existentes, bem como recuperar as estruturas existentes através da remodelação e da reutilização.

Transformar o que é antigo em algo novo é um processo desafiador. Isso requer uma visão ousada e um compromisso rigoroso de projetar.

Ramon Vilalta, do RCR Arquitectes, fala sobre receber o Pritzker e as ambições após a premiação

13:00 - 1 Março, 2017
Ramon Vilalta, do RCR Arquitectes, fala sobre receber o Pritzker e as ambições após a premiação, Cortesia de Prêmio Pritzker - Laboratório Barberi (escritório dos arquitetos) (2008). Olot, Girona, Espanha. Image © Hisao Suzuki
Cortesia de Prêmio Pritzker - Laboratório Barberi (escritório dos arquitetos) (2008). Olot, Girona, Espanha. Image © Hisao Suzuki

Há dois dias atrás, o ArchDaily teve a honra de entrevistar Ramon Vilalta, um dos três arquitetos agraciado com o Prêmio Pritzker de 2017. Vilalta nos ofereceu uma perspectiva única sobre a história por trás de sua colaboração com Rafael Aranda e Carme Pigem, e como sua conexão com a sua pequena cidade natal Olot, na Espanha, influenciou uma carreira que tem produzido projetos excepcionais em seu escritório RCR Arquitectes.

Como foi o início do escritório? Porque vocês se juntaram tão rápido após terem concluído a faculdade?

RV: Nesse sentido fomos pessoas bastante disciplinadas. Nós fizemos o curso rapidamente e depois de sair decidimos criar um escritório; tomar a decisão de enfrentar a arquitetura através da partilha, realmente compartilhando ela. Somos pessoas com personalidades diferentes, cada um é de uma maneira, mas o que sai da química dos três acho que nos torna especiais. É isso que sinto, uma grande decisão que não foi fácil de tomar naquele momento.

De 2016 para 2017: Arquitetura e o nosso futuro

12:40 - 30 Dezembro, 2016

TLDR; O melhor de 2016.

Caros leitores,

2016 foi um ano frenético com complexas questões geopolíticas, sociais e culturais que colocaram o mundo na encruzilhada de um futuro incerto. Devemos olhar para trás, nostálgicos, procurando um passado seguro, ou avançar ser parte ativa de um futuro esperançoso?

Como arquitetos, temos uma enorme responsabilidade nesse cenário; historicamente, nossa profissão tem moldado as ideias coletivas de futuro, geração após geração, lidando com as crises de nossa sociedade. Na ausência de uma liderança clara que nos guiará em direção a um futuro inspirador, esta é nossa oportunidade de atuarmos como agentes de mudança em busca do futuro que merecemos.

Vídeo: Subindo o zigurate do Pavilhão Nórdico na Bienal de Veneza 2016

15:00 - 10 Julho, 2016

Neste vídeo, Jesús Granada visita o Pavilhão Nórdico e a exposição "In Therapy" na Bienal de Veneza deste ano. O vídeo apresenta uma série de imagens estáticas que mostram a instalação central da exposição - uma pirâmide escalonada, ou zigurate - e sua série de "ambientes sem paredes" para a reflexão. O pavilhão em si, construído em 1969, foi projetado por Sverre Fehn para refletir e concretizar algumas ideias sobre a sociedade Nórdica e sua arquitetura - inclusive mostrando um certo sentido de abertura. Este ano, portanto, o pavilhão foi organizado como uma extensão do espaço público do Giardini.

Bienal de Veneza 2016: "Reporting from Chile" (ou, do Chile para o Mundo)

16:00 - 30 Junho, 2016
Grupo Talca. Imagem © Laurian Ghinitoiu
Grupo Talca. Imagem © Laurian Ghinitoiu

No início do mês de março, no Palácio de Governo do Chile, foi organizado um evento inédito para a arquitetura chilena: membros do governo, autoridades do governo e a imprensa se reuniram para participar, da primeira conferência de imprensa em espanhol realizada pela Bienal de Veneza.

Neste contexto, um emocionado Alejandro Aravena, curador desta edição da Bienal de Veneza e primeiro sul-americano a desempenhar este papel, apresentava as últimas notícias acerca de "Reporting from the Front", a 15ª Mostra de Arquitetura que abriu suas portas ao público do dia 28 de maio:

Tanto a Bienal, quanto os arquitetos convidados, ou os que estão trabalhando na curadoria, não pretendem outra coisa senão abrir um debate que possibilite que a arquitetura e a cidade melhorem a qualidade de vida, e que os arquitetos possam compartilhar seu conhecimento para alcançar esse objetivo.

Não é a mesma coisa colocar estas questões em nossos espaços comuns de fala e colocar-las no Palácio Presidencial. De alguma forma, este evento transmite a mensagem de que estes temas são importantes. Por isso, muito obrigado pela oportunidade de estar aqui.

A presença da Presidente em um acontecimento como este é um símbolo que consolida um capítulo de avanços e conquistas da arquitetura chilena no mundo. Nas últimas décadas, a arquitetura chilena posicionou-se no mundo como uma das produções mais potentes, levando arquitetos nacionais a receber o reconhecimento que há alguns anos atrás não se podia imaginar.

12 coisas que você precisa ver na Bienal de Veneza 2016

16:00 - 10 Junho, 2016
"Reporting From the Front". Imagem © Italo Rondinella
"Reporting From the Front". Imagem © Italo Rondinella

Há uma enorme intensidade de informações, conhecimentos e ideias na Bienal de Arquitetura em Veneza este ano, intitulada Reporting From the Front. Com todos os editores executivos e editores-chefe do ArchDaily Inglês, Espanhol e Português reunidos em Veneza para a abertura - além do co-fundador David Basulto e do editor James Taylor-Foster, curadores do Pavilhão Nórdico -selecionamos este ano doze das nossas exposições favoritas que devem ser visitadas.

In Therapy: Pavilhão Nórdico na Bienal de Veneza 2016

16:00 - 2 Junho, 2016
In Therapy: Pavilhão Nórdico na Bienal de Veneza 2016, The central installation (the pyramid) is encloses, but does not hide, the three remaining original trees inside the pavilion. Image © Laurian Ghinitoiu
The central installation (the pyramid) is encloses, but does not hide, the three remaining original trees inside the pavilion. Image © Laurian Ghinitoiu

Como parte da cobertura do ArchDaily Brasil na Bienal de Veneza 2016, estamos apresentando uma série de artigos escritos pelos curadores das exposições e instalações abertas à visitação.

Você é parte da sombra de outrem.
—Sverre Fehn em conversa com Per Olaf Fjeld

O ímpeto desta exposição é reconhecer a presença dos “fantasmas” da arquitetura nórdica – aqueles arquitetos, teóricos e educadores – os mais famosos que são frequentemente descritos como “Mestres Modernos” – que continuam a exercer influência na prática e pedagogia contemporâneas. Com efeito, uma dessas figuras mais proeminentes, o norueguês Sverre Fehn, projetou o Pavilhão Nórdico. Esta exposição aborda um desafio comum enfrentando pelos finlandeses, noruegueses e suecos hoje: como um edifício (para uma exposição, neste caso) existe em diálogo com seu entorno quando este entorno é tão carregado? Para nós, isto se liga a uma questão mais ampla: como a arquitetura pode ocupar um legado ao passo que ainda realiza o progresso. 

The pyramid, built from Swedish pine, represents an inhabitable installation – an urban artefact in a very public pavilion. Image © Laurian Ghinitoiu Intimate "Rooms Without Walls" sit next to the main installation. Image © Laurian Ghinitoiu Imagem © Laurian Ghinitoiu A pirâmide existe em diálogo com o edifício. Imagem © Laurian Ghinitoiu + 42

ArchDaily: O que aconteceu em 2015 e o que esperamos para 2016

05:30 - 1 Janeiro, 2016

Caros leitores,

Este ano que acaba foi intenso no ArchDaily e gostaria de olhar para trás e compartilhar com vocês o que fizemos de melhor em 2015 e também oferecer um rápido olhar sobre o que virá em 2016.

Nosso foco em países emergentes é algo que está intimamente ligado à nossa missão. Estou muito feliz em ver que, como sociedade, compreendemos a importância das cidades para o futuro da humanidade e que estamos melhorando elas através do modo tradicional de fazer arquitetura, mas também estamos cada vez mais imersos em um campo expandido da arquitetura e trabalhamos cada vez mais mais de modo colaborativo e multidisciplinar.

Iniciamos este projeto em 2008 de modo bastante instintivo, mas sempre compreendendo que deveríamos valorizar a arquitetura e os arquitetos. Hoje, publicamos em 4 idiomas, alcançamos mais de 400 mil leitores diariamente que acessam 120 milhões de páginas todo mês. Esta escala nos fez compreender o que é proporcionar valor aos arquitetos através do fornecimento de dados. Nossa análise para os posts de final de ano nos mostrou o quão importante para vocês é ter acesso à tecnologia e recursos que podem lhes auxiliar em seus trabalhos.

Iñaqui Carnicero e Carlos Quintáns dirigirão o Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2016

21:00 - 15 Dezembro, 2015
Iñaqui Carnicero e Carlos Quintáns dirigirão o Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2016, Pavilhão da Espanha em Veneza, 2012. Imagem © Nico Saieh
Pavilhão da Espanha em Veneza, 2012. Imagem © Nico Saieh

Iñaqui Carnicero e Carlos Quintáns foram escolhidos para dirigir o pavilhão espanhol na Bienal de Arquitetura de Veneza 2016, dirigida pelo arquiteto chileno Alejandro Aravena e que tem como tema: "Reporting from the Front".

Iñaqui Carnicero é professor de projeto na Universidade de Cornell nos Estados Unidos, atividade que desempenha juntamente com seu trabalho profissional como arquiteto, que já lhe rendeu importantes prêmios como o Design Vanguard Award, o AIANY Housing Award, o Emerging Architects Award, o FAD e o COAM Award.

Carlos Quintáns é professo do departamento de Construções Arquitetônicas da Escola de A Coruña e diretor da revista Tectónica, além de trabalhar como arquiteto e ter sido reconhecido com o  COAG, o FAD e o prêmio da Bienal de Arquitectura Española.