Poder público e iniciativa privada de diversos países incentivam transição para energias limpas

Poder público e iniciativa privada de diversos países incentivam transição para energias limpas

Com cada vez mais atenção para a crise climática, poder público e empresas privadas de diferentes partes do mundo estão apoiando a transição para a energia limpa. O estado da Califórnia, nos EUA, exigirá painéis solares e baterias de armazenamento em todos os novos edifícios, num movimento que visa estabelecer uma rede de energia 100% limpa. Ao mesmo tempo, em todos os demais estados dos EUA, edifícios de escolas públicas serão adaptados para operar com energia verde. Na Europa, a UE lançou um apelo para estabelecer um grupo de trabalho de energias renováveis que ajudará a definir as diretrizes para alcançar a meta de pelo menos 300 GW de energia eólica produzida por turbinas localizadas no mar e 40 GW de energia oriunda da movimentação das marés até 2050. Ao mesmo tempo, a gigante IKEA anunciou que começará a vender energia renovável para residências na Suécia.

Via Creative CommonsFoto de <a href="https://unsplash.com/@abbiebernet?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Abbie Bernet</a> on <a href="https://unsplash.com/s/photos/los-angeles?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Unsplash</a>. Imagem Los AngelesDiscovery Elementary School, Escolas Públicas de Arlington; Arlington, Virginia / VMDO Architect. Imagem © Alan Karchmer; Lincoln Barbour & VMDO ArchitectsLoja da IKEA na Áustria. Imagem © zoomVP/querkraft architekten+ 5

Foto de <a href="https://unsplash.com/@abbiebernet?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Abbie Bernet</a> on <a href="https://unsplash.com/s/photos/los-angeles?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Unsplash</a>. Imagem Los Angeles
Foto de Abbie Bernet on Unsplash. Imagem Los Angeles

O estado da Califórnia planeja tornar obrigatório o uso de painéis solares em todos os novos edifícios. A proposta também incentiva a tecnologia de bombas de calor elétricas e estabelece requisitos de prontidão elétrica para casas, permitindo transições futuras mais fáceis para aquecimento e cozimento elétricos. A medida proposta pela Comissão de Energia da Califórnia provavelmente será incluída no código de construção do estado até dezembro e faz parte do Código de Energia de Construção de 2022, um documento revisado a cada três anos que busca alterar o estoque imobiliário do estado para energia limpa e neutralidade de carbono.

Via Creative Commons
Via Creative Commons

Nos próximos 30 anos, estima-se que o Código de Energia de 2022 forneça US$ 1,5 bilhão em benefícios ao consumidor e reduza 10 milhões de toneladas métricas de gases de efeito estufa, o equivalente a tirar quase 2,2 milhões de carros das estradas por um ano. — Comissão de Energia da Califórnia

As escolas estão entre os maiores consumidores de energia no setor público dos EUA, e a infraestrutura educacional está agora sendo redesenhada de acordo com os imperativos ambientais atuais, fazendo a transição para opções de energia mais limpa. As escolas serão reformadas com painéis solares e bombas de calor, enquanto que os antigos sistemas de condicionamento de ar serão substituídos. As mudanças são benéficas para o meio ambiente e trazem uma economia anual de milhares de dólares para os distritos. Ao mesmo tempo, eles também aumentam a resiliência das escolas, permitindo que operem de forma independente durante cortes de energia.

Discovery Elementary School, Escolas Públicas de Arlington; Arlington, Virginia / VMDO Architect. Imagem © Alan Karchmer; Lincoln Barbour & VMDO Architects
Discovery Elementary School, Escolas Públicas de Arlington; Arlington, Virginia / VMDO Architect. Imagem © Alan Karchmer; Lincoln Barbour & VMDO Architects

Na Europa, o plano da UE para aumentar suas capacidades de energia renovável ao longo da costa do continente está avançando. Foi feito um chamado para estabelecer um grupo de trabalho que definirá a estratégia de implementação para atingir a capacidade instalada de pelo menos 60 GW de energia eólica costeira e 1 GW de energia das marés até 2030. A primeira reunião do grupo de trabalho será realizada em outubro deste ano. Na esfera privada, a gigante IKEA anunciou que irá expandir suas operações para o mercado de eletricidade sustentável e passará a vender energia renovável para residências na Suécia. Por meio de seu parceiro Svea Solar, a IKEA vai comprar eletricidade de usinas solares e turbinas eólicas na bolsa de energia nórdica e revendê-la aos clientes que podem rastrear seu uso por meio de um aplicativo. A empresa já está envolvida no comércio de energia verde e atualmente vende painéis solares.

Loja da IKEA na Áustria. Imagem © zoomVP/querkraft architekten
Loja da IKEA na Áustria. Imagem © zoomVP/querkraft architekten

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Cutieru, Andreea. "Poder público e iniciativa privada de diversos países incentivam transição para energias limpas" [New Regulations and Private Initiatives are Pushing the Transition to Clean Energy] 26 Ago 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/967361/poder-publico-e-iniciativa-privada-de-diversos-paises-incentivam-transicao-para-energias-limpas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.