1. ArchDaily
  2. Clean Energy

Clean Energy: O mais recente de arquitetura e notícia

Poder público e iniciativa privada de diversos países incentivam transição para energias limpas

Com cada vez mais atenção para a crise climática, poder público e empresas privadas de diferentes partes do mundo estão apoiando a transição para a energia limpa. O estado da Califórnia, nos EUA, exigirá painéis solares e baterias de armazenamento em todos os novos edifícios, num movimento que visa estabelecer uma rede de energia 100% limpa. Ao mesmo tempo, em todos os demais estados dos EUA, edifícios de escolas públicas serão adaptados para operar com energia verde. Na Europa, a UE lançou um apelo para estabelecer um grupo de trabalho de energias renováveis que ajudará a definir as diretrizes para alcançar a meta de pelo menos 300 GW de energia eólica produzida por turbinas localizadas no mar e 40 GW de energia oriunda da movimentação das marés até 2050. Ao mesmo tempo, a gigante IKEA anunciou que começará a vender energia renovável para residências na Suécia.

Via Creative CommonsFoto de <a href="https://unsplash.com/@abbiebernet?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Abbie Bernet</a> on <a href="https://unsplash.com/s/photos/los-angeles?utm_source=unsplash&utm_medium=referral&utm_content=creditCopyText">Unsplash</a>. Imagem Los AngelesDiscovery Elementary School, Escolas Públicas de Arlington; Arlington, Virginia / VMDO Architect. Imagem © Alan Karchmer; Lincoln Barbour & VMDO ArchitectsLoja da IKEA na Áustria. Imagem © zoomVP/querkraft architekten+ 5

Cidades flutuantes e ecológicas podem ser a resposta aos desafios da humanidade

À medida que a população mundial cresce desenfreadamente, começa-se a especular mais seriamente sobre possíveis novos futuros. Pensando nisso, o URBAN POWEr, escritório de arquitetura e planejamento urbano, desenvolveu o projeto de nove ilhas artificiais estrategicamente localizadas na costa sul da cidade de Copenhague e tem o objetivo de responder a muitos dos desafios iminentes pelos quais a cidade tenderá de passar nos próximos anos. As ilhotas, chamadas de "Holmene", atendem às crescentes demandas por espaço, produção de energias limpas e barreiras contra enchentes.

"O corpo e cérebro das cidades do futuro": Snøhetta projeta data center sustentável

O escritório Snøhetta divulgou imagens conceito de seu data center sustentável, The Spark. O projeto busca abordar a tipologia tradicional de edifícios de data center, alto consumidor de energia, e transformar em um edifício "produtor de recursos para as comunidades poderem gerar seu próprio poder".

A proposta é adaptável para uma vasta possibilidades de contextos e pode ser locada em qualquer local pelo mundo, conectando cidades a partir de sua geração de energia devido ao excesso de calor. 

Cortesia de Snøhetta/PlompmozesCortesia de Snøhetta/PlompmozesCortesia de Snøhetta/PlompmozesCortesia de Snøhetta/Plompmozes+ 5