8 Exemplos de arquiteturas que utilizam energia eólica

8 Exemplos de arquiteturas que utilizam energia eólica

A energia eólica é um tipo de energia renovável obtida a partir do vento, ou seja, deriva do movimento de massas de ar que se deslocam de áreas de alta pressão atmosférica para áreas próximas de baixa pressão, com velocidades proporcionais a essa diferença. Para aproveitar a energia eólica, são utilizadas máquinas chamadas aerogeradores ou turbinas, acionadas pelo movimento do vento que permite a rotação da hélice. Esta é conectada a um rotor gerador que aumenta a velocidade de rotação para milhares de revoluções por minuto, convertendo energia cinética em energia elétrica.

À medida que expandimos nossa consciência sobre o cuidado do meio ambiente, vamos adotando comportamentos cada vez mais respeitosos com nosso entorno. Seguindo essa linha, a energia eólica vem ganhando espaço como alternativa limpa e renovável, substituindo outras fontes energéticas baseadas em combustíveis fósseis, ajudando a reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos
VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos

Evidentemente, um projeto arquitetônico movido a energia eólica - utilizando, por exemplo, uma mini turbina eólica - deve estar localizado em uma área com vento suficiente e sem obstáculos, e ter o espaço necessário para ancorar o sistema. Se os regulamentos locais permitirem, em áreas urbanas densas é possível aproveitar as vantagens de telhados abertos. Em qualquer caso, é sempre importante estudar cuidadosamente a potência do aerogerador, que determinará o tamanho da hélice, sua altura e suas possíveis vibrações, bem como a quantidade de energia produzida para o funcionamento do edifício. Embora o kWh (quilowatt-hora) gerado pela turbina não cubra todos os nossos custos de energia, eles podem ajudar a reduzir significativamente nosso consumo mensal usual.

Aqui, examinamos oito projetos inspiradores que usam a energia eólica em seu benefício. Uma série de experiências nos leva a refletir sobre como podemos contribuir para que nossas intervenções dialoguem, ou seja, estejam formal e funcionalmente integradas às condições naturais do contexto.

Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image © Martin Schubert
Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image © Martin Schubert

VR Posto Comando / M2.SENOS

VR Posto Comando é o edifício técnico que permite o funcionamento de um parque eólico localizado na Serra do Alvão, em Portugal. O projeto está localizado em uma paisagem única e isolada, em função dos ventos e temperaturas extremas da região. A obra contemporânea cumpre uma dupla função: enquanto o seu interior protege o equipamento técnico do parque, o seu exterior adapta-se à morfologia do local, fundindo-se com a paisagem através da escolha de materiais como a madeira e o granito.

VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos
VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos
VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos
VR Posto Comando / M2.SENOS. Image © Damião Santos

Bioclimatic Dwelling in Tenerife / Ruiz Larrea y Asociados

Com uma orientação e materialidade adequadas, esta habitação bioclimática está inserida na paisagem característica do arquipélago das Canárias, formada por erupções vulcânicas sucessivas. O vento é um fator relevante na conformação do projeto, uma vez que a casa se localiza protegendo-se da forte pressão do vento, ao mesmo tempo que se aproveita dele como recurso renovável para se sustentar. É por isso que a obra se torna um elemento flexível e sensível, que dialoga com o contexto, aproveitando as fontes naturais ao seu dispor.

Bioclimatic Dwelling Tenerife / Ruiz Larrea y Asociados. Image Cortesía de Ruiz Larrea y Asociados
Bioclimatic Dwelling Tenerife / Ruiz Larrea y Asociados. Image Cortesía de Ruiz Larrea y Asociados
Bioclimatic Dwelling Tenerife / Ruiz Larrea y Asociados. Image Cortesía de Ruiz Larrea y Asociados
Bioclimatic Dwelling Tenerife / Ruiz Larrea y Asociados. Image Cortesía de Ruiz Larrea y Asociados

The Houl / Simon Winstanley Architects

The Houl é uma casa britânica contemporânea classificada como 'carbono zero', já que atende aos seguintes padrões e elementos de sustentabilidade: alto nível de isolamento, ventilação com recuperação de calor em todo o edifício, bomba de calor com fonte de ar e turbina eólica. Como os outros projetos apresentados, The Houl aproveita as fortes e dominantes massas de ar presentes na cidade de Castle Douglas para gerar eletricidade. Além disso, por meio de seu arranjo espacial e arquitetônico - como a inclinação da cobertura ou o uso de grandes janelas - o projeto aproveita as vantagens paisagísticas que lhe são apresentadas.

The Houl / Simon Winstanley Architects. Image Cortesía de Simon Winstanley Architects
The Houl / Simon Winstanley Architects. Image Cortesía de Simon Winstanley Architects
The Houl / Simon Winstanley Architects. Image Cortesía de Simon Winstanley Architects
The Houl / Simon Winstanley Architects. Image Cortesía de Simon Winstanley Architects

House 2.0 / FARO Architecten

Diferentemente dos projetos anteriores, a House 2.0 é uma casa de 230 m² que está localizada em um contexto totalmente urbano, na cidade de Amsterdam. Embora a casa tenha um elevado valor arquitetônico, a sua grande particularidade reside na sua energia neutra com 100% de redução de CO2, o que revela que é possível viver de forma sustentável em contextos densamente povoados. A redução é obtida transformando a casa em passiva, incluindo um valor de isolamento de Rc = 10 com vidros triplos, juntas 100% impermeáveis ​​e trocadores de calor. A energia elétrica é gerada conjuntamente por células fotovoltaicas e um moinho de vento embutido em seu telhado.

House 2.0 / FARO Architecten. Image © Hans Peter Föllmi
House 2.0 / FARO Architecten. Image © Hans Peter Föllmi
House 2.0 / FARO Architecten. Image Cortesía de FARO Architecten
House 2.0 / FARO Architecten. Image Cortesía de FARO Architecten

Sustainable Residence / Studio 804

Localizada na cidade de Kansas, esta casa se configura como um modelo de habitação moderna e sustentável nas proximidades de seu núcleo urbano. A obra em madeira, certificada como LEED Platinum, destaca-se por buscar soluções sustentáveis ​​desde o processo construtivo até sua operação. Ao longo do projeto, foram utilizados materiais locais com alto conteúdo reciclado, reaproveitado e manufaturado, permitindo a construção de uma casa pré-fabricada. Da mesma forma, a demanda energética da casa é reduzida através da implementação de meios de energias renováveis, utilizando painéis solares fotovoltaicos e uma turbina eólica. Outros elementos de valor ambiental na casa são conexões de válvula de baixo fluxo, um sistema de recuperação de água pluvial, uma bomba de calor geotérmica, um ventilador de recuperação de energia e um sistema HVAC altamente eficiente.

Sustainable Residence / Studio 804. Image © Studio 804
Sustainable Residence / Studio 804. Image © Studio 804
Sustainable Residence / Studio 804. Image © Studio 804
Sustainable Residence / Studio 804. Image © Studio 804

Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter

Este projeto, localizado no Parque Nacional Dinamarquês Thy, consiste em um centro de pesquisa e tecnologia que permite ao público aprender sobre o campo da energia eólica através da exposição de vários projetos sustentáveis. Além disso, por ser uma área de estudo de turbinas eólicas, os visitantes podem visualizar as enormes estruturas e entender seu funcionamento. A arquitetura do centro destaca-se por ser uma intervenção mínima no território, adaptando-se à linearidade da paisagem.

Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image © Martin Schubert
Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image © Martin Schubert
Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image Cortesía de Cubo Arkitekter
Østerild Visitors and Operation Center / Cubo Arkitekter. Image Cortesía de Cubo Arkitekter

Summer House / DDAANN

Esta casa de verão de 176 m² está localizada em um campo na Boêmia Central, na República Tcheca. Por ser uma casa de férias, configura-se como um ponto de encontro entre três gerações familiares, composta por três espaços privados para cada geração e um espaço comum. Em meio à natureza, o projeto é autossustentável através do consumo dos recursos ambientais disponíveis; fontes de alimentos como frutas, vegetais e ervas e fontes de energia renováveis ​​são usadas ativando uma turbina eólica localizada no jardim.

Summer House / DDAANN. Image © BoysPlayNice
Summer House / DDAANN. Image © BoysPlayNice
Summer House / DDAANN. Image Cortesía de DDAANN
Summer House / DDAANN. Image Cortesía de DDAANN

Luminary Inspiration Center / Archiproba

Luminaria é um centro educacional localizado na vila de Khryug, no sul do Daguestão, que visa aumentar o acesso à tecnologia para a população local. O projeto foi concebido como um centro de inspiração composto por bibliotecas, salas, laboratórios, cinemas e oficinas, em meio a uma paisagem estimulante. Para além da enorme rede de infraestruturas, no jardim existe uma turbina eólica que fornece energia à fonte e funciona como material de educação visual para as crianças, que depois brincam de montar o mesmo tipo de estrutura no laboratório tecnológico.

Luminary Inspiration Center / Archiproba. Image © Alexei Kalabin
Luminary Inspiration Center / Archiproba. Image © Alexei Kalabin
Luminary Inspiration Center / Archiproba. Image © Alexei Kalabin
Luminary Inspiration Center / Archiproba. Image © Alexei Kalabin

Este artigo é parte do Tópico do ArchDaily: Arquitetura e Meio Ambiente. Mensalmente, exploramos um tema específico através de artigos, entrevistas, notícias e projetos. Saiba mais sobre os tópicos mensais. Como sempre, o ArchDaily está aberto a contribuições de nossos leitores; se você quiser enviar um artigo ou projeto, entre em contato.

Sobre este autor
Cita: Valenzuela, Catalina. "8 Exemplos de arquiteturas que utilizam energia eólica" [8 ejemplos de arquitectura energizada por el viento] 13 Fev 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/956630/8-exemplos-de-arquiteturas-que-utilizam-energia-eolica> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.