Catalina Valenzuela

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

8 Exemplos de arquiteturas que utilizam energia eólica

A energia eólica é um tipo de energia renovável obtida a partir do vento, ou seja, deriva do movimento de massas de ar que se deslocam de áreas de alta pressão atmosférica para áreas próximas de baixa pressão, com velocidades proporcionais a essa diferença. Para aproveitar a energia eólica, são utilizadas máquinas chamadas aerogeradores ou turbinas, acionadas pelo movimento do vento que permite a rotação da hélice. Esta é conectada a um rotor gerador que aumenta a velocidade de rotação para milhares de revoluções por minuto, convertendo energia cinética em energia elétrica.

A expressão do Policarbonato: criando fachadas translúcidas coloridas

O policarbonato tornou-se uma alternativa atraente ao vidro para fachadas, pois apresenta distintos níveis de translucidez e pode fornecer transmissão e difusão ideais da luz. Além disso, é leve, flexível, reciclável, durável, resistente a impactos e inclui proteção ultravioleta (UV), além de resistir a temperaturas entre -40 °C e 115 °C. Mas, além de suas propriedades funcionais, este termoplástico também oferece amplas oportunidades estéticas, permitindo que os arquitetos criem fachadas excepcionalmente dinâmicas e expressivas.

Banheiros modulares: como adaptar espaços pré-fabricados a um projeto de arquitetura?

Monobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaMonobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaMonobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaPorcelanato de gran formato – XLight 6mm. Image Cortesía de Porcelanosa+ 31

Os sistemas pré-fabricados tornaram-se uma opção extremamente eficiente para concluir projetos que requerem soluções modulares padronizadas, como hotéis, hospitais, residências e edifícios habitacionais. As principais vantagens da aplicação de módulos prontos são a redução do tempo de obra, o ótimo controle e a rastreabilidade dos projetos. Embora a questão da funcionalidade destes sistemas seja importante, em termos de sua fácil e rápida execução, se forem feitos de materiais de qualidade isso agrega ainda mais valor ao projeto. Porém, para saber como esses módulos funcionam e são aplicados, é necessário primeiro entender sua origem e processo.

Como ampliar um espaço com janelas de canto giratórias?

A janela é aquele elemento arquitetônico que satisfaz nossa necessidade inata de nos relacionarmos com o exterior, fornecendo-nos ventilação e luz. Porém, quanto mais extenso e limpo for, maior será a sensação de "sentir-nos fora". Consequentemente, abrir os espaços para o exterior tornou-se uma exigência comum para quem deseja e precisa habitar espaços flexíveis, adaptáveis ​​e em contato com a brisa e a natureza. Há muitas maneiras de fazer isso, mas nem todas permitem que um invólucro hermético se torne totalmente aberto e contínuo, eliminando os limites entre eles.

Banheiros sem contato: melhorando a experiência do usuário com tecnologias Touchless

Ante a pandemia que enfrentamos como sociedade, começamos a questionar diversos hábitos que talvez normalizemos há muito tempo. Basta pensar na forma de cumprimentar: será necessário o contato físico para estabelecer uma saudação? Poderíamos nos referir a países como o Japão onde você cumprimenta com uma reverência ou a Tailândia com o "Wai", cumprimentando com a cabeça baixa e as mãos juntas, ou até com um aplauso, como é feito no Zimbábue.

O contato físico não se refere apenas às pessoas, mas também aos objetos que tocamos diariamente. Uma das recomendações para evitar a disseminação da COVID-19 é a higiene, que é realizada principalmente no espaço do banheiro. Mas como usar um banheiro sem tocar em um equipamento que já foi usado por outra pessoa? É quase uma contradição. Esse questionamento é ainda mais relevante nos banheiros públicos. Imaginemos a rota usual que fazemos em um recinto desse tipo, quantas vezes devemos tocar um objeto?

Alquimia da cor: pinturas artesanais criadas por um arquiteto e um químico

© Adriano EscanhueLa© Adriano EscanhueLa© Adriano EscanhueLa© Adriano EscanhueLa+ 17

Há várias profissões que, em nossa concepção clássica de trabalho, parecem estranhas e incomuns de reunir. É o caso do arquiteto Leo Laniado e do químico Osiel Alves Pereira que, ao trabalharem juntos, puderam produzir pinturas artesanais com resultados extraordinários. Isso nos leva a considerar o papel de integrar disciplinas para obter soluções mais produtivas e abrangentes. Será multidisciplinaridade, pluridisciplinaridade ou interdisciplinaridade? O caso de Laniado e Alves demonstra mais uma vez o sucesso da fusão de competências no âmbito laboral e, sobretudo, criativo.

Guia de arquitetura de Roma: 26 obras que contam a diversidade de sua história

Construída ao longo de três milênios e conhecida como a cidade eterna, Roma abriga um dos mais ricos patrimônios construídos do mundo todo, obras que influenciaram e inspiram arquitetos ainda hoje. Talvez, sua maior peculiaridade esteja nas incontáveis camadas de história que foram sendo sobrepostas ao longo do tempo.

A lista que apresentaremos à seguir tem como principal objetivo mostrar toda a diversidade de sua história. Dispensamos os monumentos mais óbvios e os lugares que todos nós conhecemos para construir uma paisagem mais representativa e profunda de sua pluralidade arquitetônica. Locais onde ainda é possível encontrar a autenticidade na arquitetura, mesmo que em um cenário tão atemporal como a cidade eterna. Roma é, por excelência, a cidade palimpsesto.