Habitações e assentamentos sociais: potenciais promotores da vida em comunidade

Habitações e assentamentos sociais: potenciais promotores da vida em comunidade

Ao considerar “como viveremos juntos”, é importante observar a conjugação do verbo viver no futuro do presente. A ideia transmitida, portanto, não apenas abrange as maneiras pelas quais já compartilhamos nosso ambiente construído, mas visa questões que devem ser enfrentadas futuramente para facilitar formas de vida em comunidade e mutuamente benéficas.

© Carlina TeterisCortesia de SANAA© David Boureau© James Brittain Photography+ 12

Ao olhar para o que está por vir, apesar das preocupações de salubridade mais recentes, disparidades econômicas e calamidades ambientais e sociais, o mundo ainda está caminhando para uma urbanização densa, com mais pessoas se mudando para as cidades e exigindo moradias seguras e saudáveis, o que nem sempre é fácil. Na verdade, um relatório recente da ONU sugeriu que “quase um quarto da população urbana mundial vive em assentamentos informais ou acampamentos, a maioria em países em desenvolvimento mas, cada vez mais, também nos mais ricos. As condições de vida são chocantes e intoleráveis. Os residentes muitas vezes vivem sem água e saneamento e têm medo constante de serem despejados.”

No entanto, se esses mesmos espaços forem bem concebidos e proporcionarem condições de vida dignas, eles podem certamente promover o desenvolvimento de comunidades fortalecidas entre indivíduos de diferentes regiões e origens que foram unidos por aspirações e desejos de crescimento semelhantes. Portanto, é importante que os arquitetos considerem e sugiram intervenções nos assentamentos e projetos de habitação social que ofereçam espaços privados e públicos saudáveis.

© Ricardo Oliveira Alves
© Ricardo Oliveira Alves

A seguir estão alguns exemplos de projetos que aproximam as pessoas e sugerem formas práticas de convivência comunitária e cooperativa, seja através do uso de espaços compartilhados (cozinhas, corredores, pátios...) ou atividades de engajamento e manutenção do complexo (jardinagem, culinária), todos proporcionando oportunidades para populações deslocadas, desfavorecidas e em dificuldades econômicas de se ajudarem.

Abrigo para Migrantes e Viajantes / Atelier RITA

© David Boureau
© David Boureau

A emergência aborda a arquitetura essencial. A primeira questão é: como oferecer dignidade e qualidades funcionais a uma população vulnerável, com diferentes culturas? Este projeto é pensado como uma pequena vila, na noção comum de «habitante» independentemente da origem geográfica. Entre o espaço público e o espaço mais íntimo, todos se acomodam facilmente na vida em comunidade.

Casa Expansível Parte 02 / Urban Rural Systems

© Carlina Teteris
© Carlina Teteris

A casa expansível (rumah tambah em Bahasa Indonésia ou rubah para abreviar) oferece opções de moradia acessíveis e sustentáveis para as populações em rápido crescimento nas maiores cidades da Ásia. Combinando lições de assentamentos informais existentes, precedentes de habitação adicional e princípios de construção tropical sustentável, a casa expansível é projetada para se adaptar aos padrões variáveis de consumo e gasto de recursos de seus residentes.

Casas Pemulung / IBUKU

Cortesia de IBUKU
Cortesia de IBUKU

Para melhorar essa imagem, a IBUKU foi contratada por uma grande empresa para desenvolver um projeto que criasse conjuntos habitacionais salubres e bem organizados para catadores de lixo e se tornasse um meio de transformação social.

Vila "SOS Children" em Djibouti / Urko Sanchez Architects

© Javier Callejas
© Javier Callejas

A - É uma medina para crianças - Um ambiente seguro, sem carros, onde as ruelas e praças se transformam em lugares para brincar.

B - É uma medina com muitos espaços abertos - Os espaços públicos e privados estão bem definidos. E nos privados, as áreas internas e externas se misturam, permitindo que os residentes mantenham certa vivência ao ar livre.

C - É uma medina com muita vegetação - Onde os moradores são incentivados a cuidar das plantas e se beneficiar com o resultado.

The AYA Housing / Studio Twenty Seven Architecture + Leo A Daly JV

© Hoachlander Davis Photography
© Hoachlander Davis Photography

Neste projeto, toma-se o cuidado de organizar entradas separadas para a Clínica de Saúde e a Habitação Familiar de Curto Prazo em diferentes faces da edificação. O volume pretende complementar o skyline em desenvolvimento, ao mesmo tempo em que cria uma experiência de vida ideal para os inquilinos, com iluminação natural e vista para a cidade.

Nuvens Brancas / POGGI & MORE architecture

© Javier Callejas
© Javier Callejas

Um novo projeto de habitação social em Saintes reinventou totalmente o que significa viver em comunidade. Uma "nuvem" aparentemente habitada sinaliza sem esforço a entrada de um bairro da classe trabalhadora recentemente reabilitado, conhecido como "Les Boiffiers", que remonta à década de 1970.

Centre Village / 5468796 Architecture + Cohlmeyer Architecture Limited

© James Brittain Photography
© James Brittain Photography

Atendendo a famílias carentes, a cooperativa habitacional Centre Village de Winnipeg utiliza o design para ajudar a revitalizar um bairro negligenciado no centro da cidade e para fornecer aos residentes um ambiente único que inspira orgulho e incentiva a construção de comunidades.

Apartamentos em Ave. Maréchal Fayolle / SANAA

Cortesia de SANAA
Cortesia de SANAA

Há um dinamismo inerente à distribuição dos edifícios: os pátios parecem abrir e fechar à medida que você caminha por eles, estabelecendo um diálogo aberto entre as comunidades.

Complexo Social em Alcabideche / Guedes Cruz Arquitectos

© Ricardo Oliveira Alves
© Ricardo Oliveira Alves

O edifício central, dentro da mesma modelagem e princípios, contém todos os serviços comuns necessários ao bom funcionamento e qualidade de vida.

Bogerse Velden Social Housing / META architectuurbureau

© Filip Dujardin
© Filip Dujardin

As repetições não só criam ritmo na paisagem urbana, aumentando a clareza e o reconhecimento, mas também forjam uma identidade coletiva.

Nota: Os textos citados são excertos das descrições arquivadas de cada projeto, previamente enviadas pelos arquitetos. Encontre mais projetos de referência nesta pasta My ArchDaily criada pelo autor.

Este artigo é parte do tópico do mês do ArchDaily: Como viveremos juntos. Todo mês, exploramos um tópico através de artigos, entrevistas, notícias e obras. Saiba mais sobre nossos tópicos aqui. E como sempre, no ArchDaily, valorizamos as contribuições de nossos leitores. Se você deseja enviar um artigo ou um trabalho, entre em contato conosco.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Abdel, Hana. "Habitações e assentamentos sociais: potenciais promotores da vida em comunidade" 13 Set 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/946581/habitacoes-e-assentamentos-sociais-potenciais-promotores-da-vida-em-comunidade> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.