Protótipos de residências em madeira: soluções pré-fabricadas como alternativa ao déficit habitacional

Protótipos de residências em madeira: soluções pré-fabricadas como alternativa ao déficit habitacional
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH

Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUHPrototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUHPrototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUHPrototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH+ 97

Os protótipos de residências unifamiliares aqui apresentados surgiram da necessidade de validar o sistema construtivo desenvolvido pelo CAUH. Como todos os sistemas pré-fabricados e industrializados que não são considerados sistemas construtivos tradicionais, é necessário passar por um processo de certificações e validações empíricas. Este processo permite adquirir o CAT (Certificado de Aptidão Técnica) fornecido pela Subsecretaria de Habitação da Argentina. Para isso não apenas são feitos testes das partes do sistema, mas também se constrói um protótipo em escala real ou residência tipo que possa passar duas temporadas para que então seja verificado seu desempenho no local.

Na busca por uma solução alternativa ao déficit habitacional estes sistemas híbridos de fabricação digital têm o objetivo de reduzir a distância entre o acesso ao desenho e a autoconstrução.

Estes modelos partem das lógicas de desenhos desenvolvidos pelo CAUH e inspiradas pelos sistemas Wikihouse. São chamados de sistemas híbridos já que combinam produtos mistos. Nos casos aqui apresentados, as nervuras, conectores e divisórias geradas por CNC foram combinadas em placas de 18 mm e o sistema tradicional de endurecimento com placas fenólicas de 10 mm foi mantido. Os sistemas Wikihouse foram pensados para não receberem quase nenhuma fixação que não seja por encaixe, a não ser apenas pelos parafusos e, na sua maioria, pelas tomadas. A CAUH procurou desenvolver modelos alternativos que, sem esta restrição, permitissem capitalizar as possibilidades do CNC sem perder de vista o pragmatismo e a realidade da região. A combinação de ambas as tecnologias tem o objetivo de reduzir os custos e diminuir a dependência dos sistemas de fabricação digitais, como o CNC, que atualmente não são completamente acessíveis e difundidos.

Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH

A possibilidade de trabalhar de forma híbrida permite uma maior adaptação ao entorno de maneira que pode gerar soluções que incluam fabricação digital, mas que não se tornem por isso inacessíveis ou pouco competitivas economicamente.

Protótipo residência unifamiliar - Tapebicua (Virasoro, Corrientes)

  • Sistema construtivo: CAUHframe
  • Produtor de peças: Fábrica Social Techo Argentina
  • Projeto: CAUH, Estudio forma, Grupo Tapebicua, Casas Sustentables Grandis
  • Colaboradores: Tomás Orfila, Lucas Meneghetti, Agustín Gonzales Casartelli, Tomás Ribota, Francisco Alcala

O projeto surgiu graças ao apoio e à possibilidade de trabalhar em conjunto com o Grupo Tapebicua. Tratando-se do maior fornecedor de placas fenólicas da Argentina e estando com a possibilidade de oferecer soluções de habitação em madeira através da marca Casas Sustentables Grandis, foi decidido construir conjuntamente este protótipo em sua fábrica em Virasoro, Corrientes.

Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH

As razões do programa e a escala surgiram do fato de poder construir, com o sistema de roteamento, uma residência que não só cumpre com as necessidades de um programa residencial moderno, mas também que possa ser levado para mais longe a partir das possibilidades estruturais do sistema. Por isso optou-se por uma residência em dois pavimentos e com um grande espaço com pé direito duplo, seguindo de uma grande abertura envidraçada. O resultado é dentre as diversas variações que o sistema permite.

Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH

O processo produtivo se iniciou com o envio dos arquivos de corte ao fabricante CNC. Neste caso, as peças foram feitas na fábrica social do TECHO em San Martín, GBA, e logo enviadas a Virasoro para terminar a pré-armação nos galpões da fábrica. Depois disso, os pórticos e contentores foram montados no local. Uma vez que o sistema estrutural esteja completo, a lógica de construção é semelhante à de qualquer construção seca. Hoje é possível visitar o protótipo, coordenando a visita com a equipe da fábrica de Tapebicua. O protótipo faz parte de um grupo de 3 casas construídas em seco e em madeira como parte de um showroom dentro da fábrica.

Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH
Prototipo Tapebicua (Virasoro). Image Cortesía de CAUH

  • É possível encontrar as variações desta residência e muitos outros modelos na página de CAUH.
  • Este projeto foi desenvolvido graças ao apoio de : Grupo Tapebicua, Casas Sustentables Grandis. Ortiz Maderas, Velux, Cimacon, Vidrial, Pinturas Misioneras

Protótipo residência unifamiliar - Mesopotámico 2.0  (Pilar, Buenos Ares) 

  • Sistema construtivo: CAUHframe
  • Projeto: CAUH e Estudio forma
  • Colaboradores: Tomás Orfila, Lucas Meneghetti, Tomás Ribota, Francisco Alcalá

O primeiro protótipo Mesopotámico 2.0 em Pilar, Buenos Aires, Argentina foi construído por voluntários e investidores que decidiram apoiar o projeto, o qual, como previsto, foi construído em 2 dias. Este protótipo foi o primeiro módulo de 4,88 m de comprimento em dois pavimentos construído com o objetivo de aplicar para o certificado de aptidão técnica.

Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH
Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH

Este modelo, nomeado Mesopotámico, pertence a uma série maior de projetos modulares que foram desenhados a partir do mesmo sistema, o qual, por ser digital, permite gerar variações automatizadas para criar formas diferentes e modelos a partir de certos parâmetros pré-estabelecidos que vão diretamente do computador para o arquivo de corte.

Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH
Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH

Na busca por uma solução alternativa ao déficit habitacional estes sistemas de fabricação digital têm o objetivo de reduzir a distância entre o acesso ao desenho e a auto-construção. É com esta mesma missão que nos comprometemos a trabalhar com as empresas sociais para gerar sinergias e mais impacto. Hoje em dia, as peças cortadas com CNC são fabricadas na Fábrica Social da TECHO, RUCA. Tanto as peças produzidas digitalmente como as peças pré-fabricadas com sistemas de painéis tradicionais podem ser produzidas a partir daqui.

Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH
Prototipo Mesopotámico 2.0 Pilar. Image Cortesía de CAUH

  • É possível encontrar as variações desta residência e muitos outros modelos na página de CAUH.
  • Este projeto foi desenvolvido graças ao apoio de: Inrots, Grupo Tapebicua, Ekopanely, Bosch, Henia Construcciones, Rothoblaas, Fabrica Social TECHO Argentina

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Maiztegui, Belén. "Protótipos de residências em madeira: soluções pré-fabricadas como alternativa ao déficit habitacional" [Prototipos de viviendas en madera: soluciones prefabricadas como alternativa al déficit habitacional] 10 Mai 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Daudén, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/939055/prototipos-de-residencias-em-madeira-solucoes-pre-fabricadas-como-alternativa-ao-deficit-habitacional> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.