Shift Architecture Urbanism propõe solução para comércio local em tempos de pandemia

Shift Architecture Urbanism propõe solução para comércio local em tempos de pandemia

O Shift Architecture Urbanism apresentou recentemente o resultado de uma pesquisa relâmpago à respeito da comercialização de produtos de necessidade básica em cidades em estado de shut down. Os arquitetos defendem que, disseminando e diluindo os grandes mercados de rua e as grandes concentrações de pessoas, é possível atuar na micro-escalada, fornecendo alimentos frescos, saudáveis e de maneira segura à população em quarentena domiciliar.

O Shift Architecture Urbanism, escritório de arquitetura com sede em Roterdã e liderado por Harm Timmermans, Oana Radeş e Thijs van Bijsterveldt, desenvolveu um conceito de micro-comércio de rua que poderia ser implementado nos espaços públicos das cidades durante o período de quarentena, garantindo a distribuição de alimentos frescos de forma segura e prática para todos os cidadãos. Acontece que as feiras de rua foram proibidas neste momento de crise, principalmente pelas grandes aglomerações que elas provocam e o auto risco de contaminação. Espalhando a estrutura dos mercados de rua no tempo e no espaço, seria possível diminuir ainda mais o numero de viagens para o centro da cidade, minimizando o contato físico entre as pessoas e reduzindo a carga sobre os super e hiper-mercados.

Cortesia de Shift architecture urbanism
Cortesia de Shift architecture urbanism

Levando em conta que os micro-produtores são os principais afetados com as medidas restritivas de circulação de pessoas e comercialização de produtos, o Shift Architecture Urbanism optou por uma solução bastante simples. Com um organização assaz intuitiva, os arquitetos propõe “manter o funcionamento dos mercados e feiras de rua, promovendo o comércio em micro-escala, ao mesmo tempo que, minimiza o potencial de disseminação do vírus de tais estruturas”. Disseminando a estrutura das feiras de rua no espaço urbano é possível evitar as grandes aglomerações sem deixar de prover produtos frescos e saudáveis à população. Basicamente isso significa que, “em vez de você ter que se deslocar até o supermercado mais próximo, a feira virá até o seu bairro.” Com horários de funcionamento extendidos, esses mercados locais poderiam operar até cinco dias por semana, reduzindo ainda mais a concentração de pessoas.

Cortesia de Shift architecture urbanism
Cortesia de Shift architecture urbanism

O desenho proposto pelos arquitetos holandeses cria uma grade quadrada de 16 por 16 metros, com banquinhas de mercado em três dos quatro lados desta micro-praça de comércio local. As divisões poderiam ser coladas ou pintadas no chão, deixando uma lateral livre para o acesso e duas saídas opostas. Cada célula de quatro metros quadrados pode comportar uma única pessoa por vez, mantendo o afastamento de segurança com certa margem, além de que apenas seis pessoas podem acessar a praça simultaneamente. Para minimizar o tempo dentro da praça de comércio, as barraquinhas poderiam oferecer pacotes fechados ao invés de produtos à granel. Com um investimento baixíssimo, a estrutura proposta pelo Shift Architecture Urbanism seria facilmente compatível com o atual fluxo de veículos, promovendo o comércio de rua e a qualidade de vida durante este momento de crise.

  • Proposta e projeto: Shift Architecture Urbanism, Rotterdam, NL
  • Equipe: Thijs van Bijsterveldt, OanaRades, Harm Timmermans, Karolina Kowalczyk, Ema Dunkić

Cortesia de Shift architecture urbanism
Cortesia de Shift architecture urbanism
Cortesia de Shift architecture urbanism
Cortesia de Shift architecture urbanism

Convidamos você a conferir a cobertura do ArchDaily relacionada ao COVID-19, ler nossas dicas e artigos sobre produtividade ao trabalhar em casa e aprender sobre recomendações técnicas de projetos para a saúde. Lembre-se também de checar os conselhos e informações mais recentes sobre o COVID-19 no site da Organização Pan-Americana da Saúde OPAS/OMS Brasil.

Galeria de Imagens

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Shift Architecture Urbanism propõe solução para comércio local em tempos de pandemia" [Shift Architecture Urbanism Creates Hyperlocal Micro Markets that Operate During COVID-19 Shutdowns] 07 Abr 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/936971/shift-architecture-urbanism-propoe-solucao-para-comercio-local-em-tempos-de-pandemia> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.