João Luís Carrilho da Graça e o poder da curiosidade na arquitetura

João Luís Carrilho da Graça e o poder da curiosidade na arquitetura

Past, Present, Future é um projeto de entrevistas do Itinerant Office que convida arquitetos aclamados a compartilhem suas perspectivas sobre o mundo em constante evolução da arquitetura. Cada entrevista é dividida em três segmentos: Passado, Presente e Futuro, em que os entrevistados discutem suas reflexões e experiências através de cada um destes enfoques. O primeiro episódio contou com a participação de 11 arquitetos da Itália e Países Baixos, e o segundo episódio é composto por entrevistas com 13 arquitetos da Espanha, Portugal, França e Bélgica.

O objetivo desta série de entrevistas é apresentar os diferentes métodos e abordagens utilizados por este seleto grupo de arquitetos. Convidando-os a refletir sobre o passado, o presente e o futuro da arquitetura, a série procura proporcionar uma visão mais clara do que significa ser um arquiteto nos dias de hoje. Além disso, a série servirá para documentar o trabalho destes arquitetos, servindo de inspiração para as próximas gerações.

João Luís Carrilho da Graça é arquiteto, professor e sócio fundador do escritório português Carrilho da Graça Arquitectos. Além de ser um dos nomes mais influentes da arquitetura contemporânea portuguesa, Carrilho da Graça lecionou na Universidade Técnica de Lisboa, foi professor visitante na Universidade Autônoma de Lisboa e também na Universidade de Évora, além ter sido convidado para ministrar aulas, seminários e conferências ao redor do mundo todo. Sua principal área de atuação são projetos institucionais e espaços públicos.

© Luca Chiaudano
© Luca Chiaudano

A seguir partes da entrevista do Itinerant Office com João Luís Carrilho da Graça

PAST:

João Luís Carrilho da Graça começa falando de seus primeiros projetos, a transformação no sistema educacional e como começou a dar aulas na universidade, percorrendo seu interesse pela paisagem das cidades portuguesas e a suas arquiteturas.

Past, Present, Future - PAST. Entrevista com João Luís Carrilho da Graça por Itinerant Office no Vimeo.

GIANPIERO VENTURINI: Como foram os primeiros anos depois de formado? Você poderia compartilhar conosco algumas histórias e momentos importantes desta época?

CARILHO DA GRAÇA: “Eu comecei a me aproximar cada vez mais do território, da paisagem e da cidade - eu estava interessado pela maneira como as cidades portuguesas estavam crescendo, principalmente Lisboa. Havia algo importante na maneira como a paisagem estava se transformando. E foi pensando nisso que eu comecei a dar aula, convidando os meus alunos a refletir sobre o tema. Eu fui até o Porto, a cidade de Álvaro Siza. Encontrei com ele e me fascinei pelos projetos que ele estava fazendo na época. Desde o começo eu fui profundamente influenciado pela figura de Álvaro Siza e estava tentando fazer algo mais ou menos parecido com o que ele fazia. Além disso, eu também seguia de perto o trabalho de Aldo Rossi - um dos arquitetos mais famosos daquela época - e depois, Rem Koolhaas.”

© Luca Chiaudano
© Luca Chiaudano

PRESENT:

O arquiteto explica o que o levou a se aprofundar na prática profissional, além daquilo que se ensina nas escolas de arquitetura e descreve como ele se prepara mentalmente para cada novo projeto, a importância da prática profissional na vida de um arquiteto e suas inúmeras participações em concursos públicos de arquitetura. 

Past, Present, Future - PRESENT. Entrevista com João Luís Carrilho da Graça por Itinerant Office no Vimeo.

GV: Qual é a sua sugestão para aproximar as pessoas que não são arquitetos do mundo da arquitetura?

CDG: “Eu gosto de pensar que cada projeto, ou em cada lugar onde vamos desenvolver um projeto, há uma infinidade de qualidades ocultas. Cada canto do mundo possui seu próprio encanto. Pensando nisso, sempre que me deparo com um novo projeto procuro descobrir essas qualidades e trazê-las à tona, fazer com que depois do projeto pronto, elas sejam ainda melhores do que eram antes”.

© Luca Chiaudano
© Luca Chiaudano
Escola de música de Lisboa. Imagem © FS+SG - Fotografia de Arquitectura
Escola de música de Lisboa. Imagem © FS+SG - Fotografia de Arquitectura

FUTURE:

Carrilho da Graça é um tradicionalista, ele insiste em manter a mesma abordagem  do passado em seus projetos do futuros. Ele aconselha os jovens arquitetos e arquitetas sobre como enfrentar as dificuldades da carreira.

Past, Present, Future - FUTURE. Entrevista com João Luís Carrilho da Graça por Itinerant Office no Vimeo.

GV: Existe algo que o preocupe com a arquitetura nos dias de hoje ou no futuro?

CDG: “Acredito que seja o conceito de escala. Eu vejo arquitetos mais experientes dizendo que o que eles mais gostariam de projetar é uma pequena casa para um amigo perto do seu estúdio - ou algo parecido - um projeto com o qual eles possam se envolver, acompanhar o dia a dia da obra. Acho que eles procuram por algo simples, uma oportunidade para retomar tudo aquilo que eles apreenderam ao longo da vida. Acho isso muito interessante - a busca pela simplicidade”.

© Luca Chiaudano
© Luca Chiaudano

Projeto: Itinerant Office
Curadoria: Gianpiero Venturini
Videos: Luca Chiaudano

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "João Luís Carrilho da Graça e o poder da curiosidade na arquitetura" [João Luís Carrilho da Graça and the Power of Curiosity in Architecture] 28 Mai 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/917784/joao-luis-carrilho-da-graca-e-o-poder-da-curiosidade-na-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.