Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Upcycling Wood: Madeiras recuperadas transformadas em objetos valiosos e úteis

Upcycling Wood: Madeiras recuperadas transformadas em objetos valiosos e úteis

Upcycling Wood: Madeiras recuperadas transformadas em objetos valiosos e úteis
Upcycling Wood: Madeiras recuperadas transformadas em objetos valiosos e úteis, 'Taburetes Sociales'. Design by Curro Claret, Arrels Fundació and collaborators. Image © Juan Lemus
'Taburetes Sociales'. Design by Curro Claret, Arrels Fundació and collaborators. Image © Juan Lemus

A necessidade de reduzir substancialmente nosso impacto no planeta deve se traduzir em uma mudança significativa em nosso estilo de vida e hábitos. Uma delas é consumir com responsabilidade e considerar que o desperdício não existe, mas que todo o material pode ser transformado em algo útil novamente seguindo um sistema ecológico circular.

Em seu livro Upcycling Wood, Reutilización creativa de la madera, o arquiteto e artista Bruno Sève escreve e edita um guia sobre os usos e possibilidades da madeira recuperada, como uma estrutura para a reutilização responsável; de pequena escala, como móveis ou telas de artistas, a escala média, com uso em interiores e fachadas. Este livro visa sensibilizar os profissionais e cidadãos em geral, através da análise do ciclo de vida, exemplos de usos e processos de acabamento, levando a uma estrutura ecológica e responsável. O livro é ilustrado por numerosas equipes de design e arquitetura que seguem as diretrizes do design ecológico com madeiras recuperadas.

Hotel Lobby and Nishi Grand Stair Interior / March Studio. Image © John Gollings 'San Cristóbal', by Bruno Sève. Image © Bruno Sève © Uhuru Recycling Woodstore. Image © The Community wood recycling + 20

© Bruno Sève
© Bruno Sève

O livro é estruturado em três partes: (1) Uma nova vida, (2) Upcycling, (3) Designers.

Uma nova vida: o estado atual de nossos recursos naturais de madeira

Um diagnóstico crítico do nosso modo de viver, alternativas e possíveis soluções em design e produção e análise do ciclo de vida.

O século XX trouxe um crescimento nos avanços tecnológicos antes despercebidos, mas isso deixou um legado questionável para a próxima nova geração. No entanto, o consumo responsável para fins sustentáveis pode mudar a sociedade pouco a pouco.

A palavra upcycling, ou 'reutilização criativa', refere-se ao uso de materiais recicláveis para criar produtos que têm um valor maior do que o material original tinha. A reutilização de materiais é uma prática milenar e pode ser distinguida da reciclagem moderna, que requer algumas melhorias críticas. A lógica da reutilização de objetos, materiais ou espaços veio sobretudo de uma economia de meios, aproveitando o que já existia, como ruínas ou materiais diretamente disponíveis.

Recycling Woodstore. Image © The Community wood recycling
Recycling Woodstore. Image © The Community wood recycling

Por outro lado, a reciclagem é uma técnica muito mais moderna, que muitas vezes precisa de uma contribuição significativa de energia para transformar os resíduos. Vale a pena mencionar a multiplicidade de problemas gerados por este processo, especialmente quando falamos de materiais sintéticos, como plásticos.

Sem denegrir a contribuição do século XX em termos de materiais e técnicas modernas de reciclagem, é importante distinguir, primeiro, entre materiais sintéticos, com suas desvantagens (BPA, toxicidade para o corpo humano, impacto no meio ambiente, poluição etc.), e materiais naturais como a madeira, que são totalmente inofensivos para a nossa saúde e o meio ambiente (se o seu processo de cortes for bem administrado). Em segundo lugar, devemos diferenciar entre a reciclagem moderna, por um lado, e a reutilização, por outro, cujo processo requer um gasto energético muito menor.

O upcycling é um processo que propõe a reutilização criativa com um valor agregado de resíduos para um produto de maior qualidade, como, por exemplo, a transformação de madeira usada em móveis, peças artísticas ou elementos arquitetônicos. A única maneira de alcançar um desenvolvimento sustentável e responsável é examinar de perto nosso estilo de vida. Felizmente, o futuro nesse sentido é promissor, já que muitas pessoas, entidades, associações e práticas já propõem respostas para essas questões, que são mencionadas neste livro.

'The Unfinished Path', by Marco Piva & Bruno Sève. Image © Bruno Sève
'The Unfinished Path', by Marco Piva & Bruno Sève. Image © Bruno Sève

Upcycling: do material aos produtos biocompatíveis

Um guia para quem deseja empreender o processo de um projeto criativo de reúso: de resíduos de madeira a acabamentos ecológicos, com estudos de caso em Barcelona, no Reino Unido e no México.

O autor descreve primeiro o que ele chama de "o projeto de reutilização criativa". Por causa do aumento de produtos industrializados em um nível massivo, um novo conceito surge no design de produtos chamados design pós-industrial, design ecológico, design cradle to cradle (do berço ao berço) ou até mesmo design pós-moderno.

O design ecológico é uma reação lógica ao consumo em massa e traz diversos fatores para tornar os produtos biocompatíveis e duráveis, ao mesmo tempo em que recupera madeiras nobres, conjuntos duráveis e técnicas de embelezamento natural (tintas).

Design by Michelle Peterson Albandoz. Image © Michelle Peterson Albandoz
Design by Michelle Peterson Albandoz. Image © Michelle Peterson Albandoz

O projeto de upcycling começa com objetos e materiais recuperados. Portanto, é conveniente conhecer os tipos de resíduos de madeira que encontraremos, principalmente, as espécies de madeira e os acabamentos pré-existentes. Então, temos que conhecer os processos de inspeção ou diagnóstico, desmontagem, preparação (decapagem, escovação), tratamentos específicos e acabamentos de acordo com as diretrizes ecológicas, ou seja, evitando produtos tóxicos, tanto quanto possível.. Essas descrições e testes não se destinam a ser um guia exaustivo, mas para incentivar o interesse em um processo ecológico holístico.

O produto criado para reutilização criativa deve seguir as diretrizes do processo para garantir um ciclo biocompatível. Igualmente importante como o material é o tratamento que recebeu e o processo que vamos seguir. O livro explica aspectos antes do processo de upcycling, tais como: o workshop, as ferramentas e produtos necessários, valorização e recuperação, inspeção ocular e patologias e preparação de superfícies e carpintaria.

'Vida Nocturna', by Bruno Sève. Image © Bruno Sève
'Vida Nocturna', by Bruno Sève. Image © Bruno Sève

Uma parte interessante é como o autor e artistas ligam as pinturas naturais e acabamentos ecológicos com métodos artesanais que ainda são utilizados em algumas regiões do mundo. A observação de métodos artesanais é uma fonte de cores possíveis, corantes bio naturais, e representa uma herança cultural que deve ser resgatada.

Em Oaxaca, no México, tintas de pigmentos naturais como a cochonilha e o bicarbonato são usadas para vermelho, suco de limão para amarelo, limão para preto ou mel para brilhar, como na Oficina de Jacobo e María Ángeles. Os resultados mostram que existe uma alternativa real ao uso de tintas industriais e, muitas vezes, mais estética e benéfica para nós. A diversidade dos acabamentos (opaco, transparente, tinturas, mate, brilhante), bem como as variadas possibilidades de cores e a simplicidade do processo, comprovam isso. Um olhar sobre os processos ancestrais, o que foi feito ontem, antes dos processos industrializados, e o que ainda é feito de maneira artesanal no mundo, ainda é uma fonte de inspiração para os acabamentos de amanhã.

Un maestro pintor en el taller de Manuel Jiménez y Jacobo Ángeles. Image © Efraín Vásquez Cruz
Un maestro pintor en el taller de Manuel Jiménez y Jacobo Ángeles. Image © Efraín Vásquez Cruz

Designers

Uma compilação de produtos de designers e arquitetos de várias partes do mundo que estão baseando seus trabalhos no processo de upcycling da madeira. Esses projetos foram selecionados por seu compromisso com o meio ambiente.

The Community Wood Recycling Project (Brighton, Reino Unido)

Esther Loag (Barcelona, Espanha)

Esther Lopez Aguilar, Loag Studio. Image © Loag Studio
Esther Lopez Aguilar, Loag Studio. Image © Loag Studio

Jon Christie (Wormit, Reino Unido)

Curro Claret (Barcelona, Espanha)

Uhuru (Nova Iorque, EUA)

© Uhuru
© Uhuru

Gürilibis (Barcelona, Espanha)

EleventyOneStudio

Michelle Peterson Albandoz (Chicago, EUA)

Design by Michelle Peterson Albandoz. Image © Michelle Peterson Albandoz
Design by Michelle Peterson Albandoz. Image © Michelle Peterson Albandoz

Serra Victoria Bothwells Fels (Nova Iorque, EUA)

Bruno Sève (Barcelona, Espanha)

'The Unfinished Path', by Bruno Sève. Image © Bruno Sève
'The Unfinished Path', by Bruno Sève. Image © Bruno Sève

Most Architecture, (Rotterdam, Holanda)

March Studio (Melbourne, Austrália)

Hotel Lobby and Nishi Grand Stair Interior / March Studio. Image © John Gollings
Hotel Lobby and Nishi Grand Stair Interior / March Studio. Image © John Gollings

Buho Arquitectos (Madri, Espanha)

Pui Ngowsiri (Tailândia) e James & Mau (Madri, Espanha)

Este livro começou como um projeto de pesquisa na Universidade de Girona, na Espanha e envolveu designers, estudos e dados de todo o mundo e agora foi publicado no momento em espanhol pela Icaria Editorial em Barcelona. O livro fornece notas e uma bibliografia significativa.

Sobre o autor

Arquiteto, urbanista e artista, Bruno Sève vê no design uma ferramenta que vai além das formas e funções, incluindo um compromisso ético, social e ecológico. Ele é professor da Escola de Arquitetura de Barcelona (ETSAB) e participa de conferências e workshops no México e em algumas cidades da Europa sobre arquitetura ecológica, oficinas de cocriação e projetos participativos. As oficinas que ele desenvolve têm a particularidade de levar os alunos ao campo para poderem atuar em uma escala de 1: 1 e com foco social. Seu interesse pela bioconstrução o ajudou a criar este guia para a reutilização criativa da madeira, que ele aplica a seus projetos profissionais, tanto em arte quanto em arquitetura.

Colaboradores nesse livro

BAM, Biciclot, Blai Serrador Sanchez, Buho Arquitectos, Curro Claret, Efraín Vásquez Cruz, EleventyOneStudio, Esther Loag, Gabi Barbeta, Gürilibis, Icaria Editorial, James & Mau, Jon Christie, L’Estoc, March Studio, Michelle Peterson Albandoz, Most Architecture, Kausana, Paula Mourenza, Pui Ngowsiri, Rekup&Co, Serra Victoria Bothwells Fels, Taller Jacobo y María Ángeles, The Community Wood Recycling, Uhuru.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: AD Editorial Team. "Upcycling Wood: Madeiras recuperadas transformadas em objetos valiosos e úteis" [Upcycling Wood: Disused Materials Transformed Into Valuable And Useful Objects] 14 Mai 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/916927/upcycling-wood-madeiras-recuperadas-transformadas-em-objetos-valiosos-e-uteis> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.