Como implementar realidade virtual: respostas às perguntas mais frequentes

Como implementar realidade virtual: respostas às perguntas mais frequentes

Se você está buscando algo diferente para suas apresentações de arquitetura, a realidade virtual pode ser uma opção interessante (e um desafio, caso seja a primeira vez que você se depare com ela). Você sabe quais são os óculos mais adequados? O quanto deve pesar um render 360 ou um modelo 3D para visualiza-lo em VR?

Esperamos que as seguintes respostas a perguntas frequentes sejam úteis para você!

Quais óculos são os mais adequados? Devo utilizar um controle?

Existe uma ampla gama de óculos VR, desde o Cardboard do Google até o Oculus Rift, que funciona conectado a um computador e que apresenta dois controles para interagir no ambiente virtual. Existe outro dispositivo chamado Oculus Go que tem um ótimo desempenho em termos de visualização, com a vantagem de não precisar de cabos nem smartphones já que tem uma tela incorporada e por isso é portátil para apresentar seus modelos 3D ou percursos 360° em qualquer lugar. Neste último, é fundamental o uso do controle, já que te permite apertar botões para interagir (avançar, selecionar, voltar e deslocar-se entre cenas).

Qual a diferença entre um Render 360° e um Modelo 3D? Posso transformá-los em VR?

A principal diferença entre ambos é que um Modelo 3D te permite navegar ou caminhar dentro de seu desenho, enquanto em um Render 360° só se vê o entorno a partir de um ponto fixo. Atualmente, existem plataformas como SENTIO VR dedicadas a processar seus renders 360 e modelos 3D para poder visualiza-los em VR, e assim tornar possível, por exemplo, criar percursos facilmente através de diversos renders 360° (Tours 360). Também existem alguns plugins que permitem importar diretamente seu trabalho de Sketchup ou Revit e visualiza-los em realidade virtual.

Quanto deve pesar um render 360 ou um Modelo 3D para visualiza-lo em VR? Que medidas deve ter?

Para uma imagem ou render 360, o recomendável é não superar os 20 MB, do contrário levaria muito tempo para carregar as cenas. No caso dos Modelos 3D, não existem restrições de peso, mas uma boa visualização dependerá da complexidade e da quantidade de objetos que contenha o projeto. Para um modelo 3D não existem medidas estabelecidas, mas se recomenda que seja escala humana 1:1. Para os Renders 360, há diversos tipos de exportação: panorâmico, cubemap, stereo cubemap, entre outros. Recomendamos começar com um render Spherical de 4000x2000 px em escala 2:1.

Cortesía de SENTIO VR
Cortesía de SENTIO VR

Como posso compartilhar os modelos com meus colegas e/ou amigos?

Se você tiver algum óculos como Oculus Go, é possível baixar o aplicativo SENTIO VR na Oculus Store e com o código de acesso que a plataforma fornece, é possível visualizar todos os modelos 3D e Tours 360 que você tenha carregado. Também é possível compartilhar a url e visualizar os objetos em um navegador web e, inclusive, é possível manter um embed code no seu site.

* Estas respostas são cortesia da plataforma Sentio VR, conheça mais aqui.

Sobre este autor
Cita: Equipo Editorial. "Como implementar realidade virtual: respostas às perguntas mais frequentes" [Cómo implementar realidad virtual: respuestas a preguntas frecuentes de arquitectos] 27 Mar 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Daudén, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/913234/como-implementar-realidade-virtual-respostas-as-perguntas-mais-frequentes> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.