MVRDV projeta duas torres com fachadas interativas em Taipei

MVRDV projeta duas torres com fachadas interativas em Taipei
Vista distante. Imagem Cortesia de MVRDV
Vista distante. Imagem Cortesia de MVRDV

O MVRDV divulgou imagens de seu projeto ambicioso para as Torres Gêmeas de Taipei, que devem revitalizar a área da estação central da capital taiwanesa. As duas torres são caracterizadas por uma “pilha de blocos” que criam um bairro urbano vertical com fachadas de mídia interativa.

Atualmente, o local é ocupado pela principal estação da cidade, contendo linhas ferroviárias, linhas de aeroportos, redes de metrô, parques e praças subutilizados. De acordo com o projeto do MVRDV, as duas torres serão construídas no topo da estação, oferecendo comércios, escritórios, dois cinemas, dois hotéis e a unificação e desenvolvimento de praças vizinhas.

Vista aérea. Imagem Cortesia de MVRDVVista praça. Imagem Cortesia def MVRDVVista pedestre. Imagem Cortesia de MVRDVVista evento. Imagem Cortesia de MVRDV+ 14

Vista aérea. Imagem Cortesia de MVRDV
Vista aérea. Imagem Cortesia de MVRDV

Chegar à Estação Central de Taipei é atualmente um anti-clímax. A área imediata não revela os encantos metropolitanos e a qualidade empolgante que a metrópole taiwanesa tem a oferecer. A Taipei Twin Towers transformará esta área no centro da cidade, com sua vibrante mistura de atividades combinadas com a também vibrante coleção de tratamentos de fachada neste bairro vertical.
-Winy Maas, Arquiteto e Co-Fundador, MVRDV

Vista praça. Imagem Cortesia def MVRDV
Vista praça. Imagem Cortesia def MVRDV

O projeto procura tecer em conjunto um contexto urbano variado de edifícios pequenos em escala humana, além de torres maiores. Quando visto de perto, ele é definido por uma base empilhada em pequenos blocos, contendo habitação e comércio. Acima, os blocos maiores formam duas torres de 337 e 280 metros, definindo a linha do horizonte quando vistas de longe. Os blocos maiores abrigarão escritórios, cinemas e hotéis, criando identidades separadas com espaços dinâmicos para jovens e outros mais luxuosos.

Vista evento. Imagem Cortesia de MVRDV
Vista evento. Imagem Cortesia de MVRDV

Blocos comerciais foram empilhados para permitir a criação de átrios públicos centrais e um sistema de ventilação natural, enquanto uma série de escadas rolantes e passarelas externas criam uma experiência de compra vertical. Uma coluna central conectando o projeto à estação ferroviária também é proposta, tomando a forma de uma passarela que cruza o volume principal e outra próxima às fachadas dos novos edifícios. Essa expansão vertical do espaço público permite que os arranha-céus se entrelaçam com o contexto circundante, abordando a divisão tradicional entre o espaço público no nível do solo e as torres isoladas.

Vista pedestre. Imagem Cortesia de MVRDV
Vista pedestre. Imagem Cortesia de MVRDV

No nível do solo, uma praça rebaixada é preenchida com uma série de intervenções que marcam as estruturas históricas que antes ficavam no local, como a estação original e casas antigas. As intervenções, incluindo pérgulas, plataformas e serviços públicos, criam um "estudo arqueológico" dentro da praça, demonstrando visualmente o passado da cidade.

Comércio. Imagem Cortesia de MVRDV
Comércio. Imagem Cortesia de MVRDV

Para o desenvolvimento do projeto, o MVRDV trabalhou em colaboração com a CHY Architecture Urban Landscape, o designer de paisagem Topotek1 e os consultores Envision Engineering, ARUP, RWDI e Mercury Fire Engineering Consulting.

Fluxo Comércio. Imagem Cortesia de MVRDV
Fluxo Comércio. Imagem Cortesia de MVRDV

A notícia do projeto acontece dias após o OMA ter divulgado uma atualização do Centro de Artes Performáticas de Taipei, quando a construção do arrojado teatro se aproxima da conclusão.

Via: MVRDV

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "MVRDV projeta duas torres com fachadas interativas em Taipei" [MVRDV Designs a Dual Tower Scheme with Interactive Facades for "Times Square" of Taipei] 15 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/909332/mvrdv-projeta-duas-torres-com-fachadas-interativas-em-taipei> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.