Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão

Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão

Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão
Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão, Cortesia de Carlo Ratti Associati
Cortesia de Carlo Ratti Associati

A Carlo Ratti Associati acaba de divulgar os detalhes de seu projeto para o novo Campus de Ciências da Universidade de Milão. Fachadas de tijolos serão construídas por equipamentos mecânicos programados digitalmente, criando uma série de área comuns permeáveis que funcionarão como um oásis natural em meio à nova sede da tradicional universidade milanesa. Desenvolvida em parceria com o grupo australiano Lendlease, a proposta chamada de “Ciência para os Cidadãos” deverá ser implantada no novo Distrito de Inovação da cidade de Milão, aonde foi realizada a Expo Milano de 2015.

Quanto estiver pronto, o novo Distrito de Inovação deverá receber mais de 18.000 estudantes e 2.000 pesquisadores todos os dias. A proposta desenvolvida pelo escritório de Carlo Ratti procura “criar um campus aberto, um espaço para a experimentação e inovação, promovendo um intercâmbio diário entre a universidade, a cidade de Milão e seus habitantes”.

Cortesia de Carlo Ratti Associati
Cortesia de Carlo Ratti Associati

Para o desenvolvimento deste projeto de 150 mil metros quadrados, os arquitetos buscaram inspiração no histórico edifício Ca'Granda da Universidade de Milão, a principal sede da instituição na capital da Lombardia. Assim como seu antecessor, esta nova estrutura será organizada em torno de diferentes pátios, com uma grande praça central e cinco jardins secundários que configuram os espaços construídos a seu redor.

As fachadas de tijolos inspiradas no histórico edifício serão construídas através de um projeto digital paramétrico com o auxílio de um sistema inteligente robotizado. A inovação da proposta, uma fachada flexível de tijolo, encontra-se "na possibilidade de reconfigurar o edifício e a maneira como ele se comunica com as pessoas e com o espaço público, através de imagens ou símbolos que podem ser concebidos digitalmente".

Transparência e “espaços de uso comum” são os principais conceitos que definem este projeto, um vasta rede de espaços públicos que serpenteiam por entre os edifícios do campus e atravessam estes volumes para dar acesso aos pátios internos. Fachadas amplamente transparentes, as quais abrigam deferentes edifícios com plantas altamente flexíveis e adaptáveis, criando um programa convidativo e aberto ao ensino e ao aprendizado ,"incentivam métodos de ensino inovadores e orientados ao intercâmbio entra a comunidade acadêmica e a cidade de Milão".

Para o desenvolvimento do projeto, a Carlo Ratti Associati e a Lendlease trabalharam em colaboração com a empresa de engenharia e sustentabilidade AI Group.

O projeto do Novo Campus da Universidade de Milão foi divulgado apenas algumas semanas depois da Carlo Ratti Associati apresentar um protótipo de rua configurável desenvolvido em colaboração com a Sidewalk Labs.

Via: Carlo Ratti Associati

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "Fachada de tijolos assentados por robôs: o projeto de Carlos Ratti para o campus de ciência de Milão" [Carlo Ratti Associati's Proposed Milan Science Campus Features Robotically-Assembled Brick Facades] 18 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/899891/fachada-de-tijolos-assentados-por-robos-o-projeto-de-carlos-ratti-para-o-campus-de-ciencia-de-milao> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.