O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. As conchas de concreto de Félix Candela através de fotografias, maquetes e desenhos

As conchas de concreto de Félix Candela através de fotografias, maquetes e desenhos

As conchas de concreto de Félix Candela através de fotografias, maquetes e desenhos
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt

O arquiteto espanhol e mexicano Félix Candela é amplamente reconhecido como uma das figuras mais importantes da arquitetura do século XX. Seus experimentos inovadores com concreto armado produziram edifícios icônicos de "estruturas em conchas", como o Pavilhão dos Raios Cósmicos na UNAM, Cidade do México (1951); a Capela Lomas de Cuernavaca, Cuernavaca (1958); Restaurante Los Manantiales, Xochimilco (1958); e o Palácio dos Desportos para os Jogos Olímpicos de 1968 na Cidade do México.

Cortesia de Alexander Eisenschmidt Cortesia de Alexander Eisenschmidt Cortesia de Alexander Eisenschmidt Cortesia de Alexander Eisenschmidt + 18

Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt

Uma colaboração recente entre a Universidade de Illinois em Chicago (UIC) e a Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) culminou em uma exposição na Galeria 400 de Chicago intitulada 'Félix Candela's Concrete Shells: An Engineered Architecture for México and Chicago', com base na pesquisa do estudioso Juan Ignacio del Cueto e curada pelo teórico arquitetônico e designer Alexander Eisenschmidt.

Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt

As fotografias, as maquetes e as plantas das conchas de concreto de Candela podem ser vistas como um testemunho do uso inovador do arquiteto da geometria do paraboloide hiperbólica, criando novas texturas e atmosferas nos espaços sociais e comunitários que abrigam.

Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt

No ambiente construído de Chicago, os paralelos com o trabalho de Candela podem ser vistos nos experimentos com arquitetura concreta da década de 1960, incluindo o Campus da UIC de Walter Netsch e a Marina City de Bertrand Goldberg. Recentemente, as influências formais de suas inovações podem ser encontradas em obras de Zaha Hadid, como o Heydar Aliyev Ali (Azerbaijão, 2013), o Yokohama Terminal, do FOA (Japão, 2002) e o Burnham Pavilion (Chicago, 2009) de UNStudio.

Cortesia de Alexander Eisenschmidt
Cortesia de Alexander Eisenschmidt

Saiba mais sobre a exposição, incluindo as horas de visita, aqui.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Pimenta, Amanda . "As conchas de concreto de Félix Candela através de fotografias, maquetes e desenhos" [ Félix Candela’s Concrete Shells Through Photographs, Architectural Models and Plans] 05 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888424/as-conchas-de-concreto-de-felix-candela-atraves-de-fotografias-maquetes-e-desenhos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.