O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. A arquitetura no cinema: plantas humanizadas de seis filmes indicados ao Oscar

A arquitetura no cinema: plantas humanizadas de seis filmes indicados ao Oscar

  • 07:00 - 4 Fevereiro, 2018
  • por
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
A arquitetura no cinema: plantas humanizadas de seis filmes indicados ao Oscar

Quais razões levam um filme a ser aclamado pela crítica? Seria a atuação excepcional de seus protagonistas? Planos incríveis e um diretor virtuoso? Ou, seria resultado das complexas tramas do roteiro, onde o drama, o humor, a paixão e as disputas acontecem?

Depois de publicarmos as impressionantes aquarelas de cenários de filmes indicados ao Oscar no ano passado, e também da série sensação da Netflix Stranger Things, desta vez o arquiteto e ilustrador Boryana Ilieva nos presenteia com estes elaborados conjuntos ilustrativos de seis filmes de sucesso de 2017. Neste começo de ano agitado com a recente premiação dos Globos de Ouro e a poucas semanas do Oscar, as ilustrações destes cenários de filmes premiados merecem todo cuidado e atenção do público.

© Boryana Ilieva © Boryana Ilieva © Boryana Ilieva © Boryana Ilieva + 9

1. Get Out

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

A estréia de Jordan Peele como diretor foi um tremendo sucesso de bilheteria, uma magistral mistura de terror e comédia que arrancou múltiplas indicações ao Oscar deste ano, incluindo de melhor filme, diretor, ator e roteiro original. A deliberada atmosfera tradicional e elitista da casa em estilo Colonial Revival Armitage - onde se passam os momentos de maior tensão - possui uma série de salas ocultas no subsolo onde acontecem secretos transplantes de cérebro humano. A falsa fachada arquitetônica projetada pelo chefe de produção Rusty Smith é uma metáfora pungente no que se refere às estruturas de uma sociedade branca extremamente racista.

2. Mother!

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

O filme dirigido por David Aronofsky é difícil de ser categorizado. Grande parte da trama entre este casal sem nome (que talvez uma metáfora para Deus e Terra) acontece na casa da infância de Him, personagem interpretado por Javier Bardem - e por extensão de sua mãe, interpretada pela atriz Jennifer Lawrence. Ela trabalha exaustivamente na reforma desta casa em ruínas, concebida pelo designer de produção Philip Messina e especialmente projetada para desmoronar. Podemos afirmar sem medo de dar spoilers que o diretor faz questão de que a casa sofra tanto quanto os personagens do filme.

3. A Ghost Story

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

O diretor e roteirista David Lowery faz aqui uma mediação bastante poética sobre o tempo e o luto entre as quatro paredes desta casa de periferia. Depois de morrer em um trágico acidente de carro, o fantasma deste compositor sem nome interpretado por Casey Affleck, volta para assombrar a casa onde morava com sua antiga parceira, retratada por Rooney Mara. Aparentemente sem pode sair, ele permanece conectado àquele lugar enquanto os inquilinos vão mudando até que a casa seja demolida para a construção de uma supercidade futurista. O espírito de Affleck nos recorda que todos os lugares têm seus próprios fantasmas.

4. Call Me By Your Name

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

Este filme é uma adaptação daquele dirigido por André Aciman em 2007, estrelado por Armie Hammer (Oliver) e Timothée Chalame (Elio), cuja história de amor se passa no interior de uma villa italiana do século XVII. O design clássico dos móveis chama a atenção em meio a mapas, gravuras e toda a sorte de elementos escolhidos à dedo pelo designer Visconti di Mondrone para capturar a profundidade emocional deste filme nominado ao Oscar de melhor fotografia. Partindo da sala de desenho até o quarto compartilhado com duas camas de solteiro intimamente atadas, Ilieva traduz perfeitamente em suas ilustrações a vivacidade da Villa Albergoni.

5. Personal Shopper

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

Em uma propriedade nos arredores de Paris, Maureen, personagem interpretada por Kristen Stuart, tenta entrar em contato com o espírito de seu irmão recentemente falecido neste thriller sobrenatural do diretor Olivier Assayas. Esta mansão construída em estilo gótico e castigada pelo tempo, abriga uma presença sobrenatural que pode ser ou não seu irmão e ninguém sabe se pode ser perigosa. Esta relacionamento transcendental é apenas o primeiro de uma série de confrontos psicológicos assustadores deste filme que ganhou vários prêmios no Festival de Cinema de Cannes em 2016.

6. Blade Runner

© Boryana Ilieva
© Boryana Ilieva

Enquanto a arquitetura desempenha importante papel nesta sequência do clássico pós-moderno de Ridley Scott - passando por locais como o Barbican Centre de Londres e as estruturas secessionistas na Hungria, até a sede da Wallace Corporation inspirada em uma proposta não construída de Barozzi Veiga - a frívola casa do replicant K (Ryan Gosling) parece articular-se em relação à um futuro distópico. Os cenários projetados pelo designer Dennis Gassner passam a compor um espaço atemporal em um futuro tecnologicamente avançado. Não nos surpreende que o diretor de Blade Runner 2049, Dennis Villeneuve, tenha recebido as indicações para melhor fotografia, efeitos especiais, melhor direção de arte entre outras.

Visite o Instagram de Ilieva para saber mais sobre a arquitetura oculta do cinema

Designing the Year's Best Motion Pictures: 5 Floor Plans from Oscar-Nominated Films

See more of Boryana Ilieva's watercolor floor plans here.

Stranger Things Rendered in Amazing Plans

See more of Boryana Ilieva's watercolor floor plans here.

Sobre este autor
Cita: Pavka, Evan. "A arquitetura no cinema: plantas humanizadas de seis filmes indicados ao Oscar" [Architecture On Screen: Illustrated Plans From 6 Award-Winning Films of 2017] 04 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888086/a-arquitetura-no-cinema-plantas-humanizadas-de-seis-filmes-indicados-ao-oscar> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.