O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Como usar sacos de terra e garrafas de vidro para 'construir' uma comunidade

Como usar sacos de terra e garrafas de vidro para 'construir' uma comunidade

Como usar sacos de terra e garrafas de vidro para 'construir' uma comunidade

O projeto de C-re-a.i.d. para um povoado Maasai, no norte da Tanzânia, é uma resposta morfológica à necessidade imposta de assentar-se, utilizando materiais sustentáveis, locais e acessíveis, para redefinir sua cultura de construção.

O projeto é construído através de uma série de sacos de terra e garrafas de vidro que, além de conformar espaços privados e confortáveis, permitem uma construção rápida e fácil.

© Freya Candel
© Freya Candel

© Freya Candel © Freya Candel © Freya Candel © Freya Candel + 23

Descrição pelos arquitetos. C-re-a.i.d. é uma organização sem fins lucrativos que trabalha desde 2012 no norte da Tanzânia. Através da experiência e análise, descobrimos uma cultura construtiva alterada, situações de vida humildes e o uso de materiais nada ecológicos. Exploramos as possibilidades da arquitetura para promover construções a longo prazo de forma acessível e ecológica.

© Mathias Cornille
© Mathias Cornille

© Freya Candel © Freya Candel © Freya Candel © Freya Candel + 23

Nossos projetos localizam-se em diferentes povoados dos arredores de Moshi. Um deles é Maji Moto, um povoado Maasai. O governo da Tanzânia decidiu restringir o estilo de vida nômade do povo e obrigou-os a assentarem-se.

Como não estavam acostumados ao sedentarismo, suas estruturas refletem certo grau de temporariedade. Desde que os Maasai viram-se obrigados a assentarem-se, têm lutado para redefinir sua cultura de construção com o fim de alinhá-la com seu novo estilo de vida; as comunidades locais estão presas entre a tradição e a modernização.

© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille

Os tijolos queimados, o vidro e as chapas corrugadas substituíram a lama, os troncos e as folhas. Embora estes novos edifícios se adapte às suas necessidades e desejos, não se encaixam no contexto. A fim de produzir os tijolos queimados, árvores devem ser cortadas e isso significa que a área sofre com o desmatamento, o que já vem acontecendo há algum tempo. As terras áridas podem ser vistas como um resultado direto deste processo e, no futuro próximo, a agricultura se tornará quase impossível.

© Mathias Cornille
© Mathias Cornille

Com C-re-a.i.d. tentamos mudar as coisas fazendo pesquisas e informando à comunidade local sobre as consequências de suas ações. A técnica de sacos de terra oferece aos artesãos locais uma alternativa para os tijolos, utilizando somente areia e terra. Essa forma de construção não só apresenta um material mais sustentável, mas também oferece um conforto adicional às condições de vida devido à sua massa térmica.

© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille

As condições familiares da vida eram definidas principalmente pela falta de privacidade. Essa é precisamente a razão pela qual o projeto centra-se na noção de viver-juntos-separados. O conceito consiste em três círculos entrelaçados: um para a mãe, um para a filha, e uma área comum no meio.

© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille
© Mathias Cornille

A construção com sacos de terra se adapta perfeitamente ao projeto de unidades circulares, já que não requer apoios laterais. Os móveis foram incorporados na estrutura e as garrafas de vidro foram utilizadas para permitir a entrada de luz no interior.

Cortesía de C-re-a.i.d.
Cortesía de C-re-a.i.d.

O método construtivo com sacos de terra não teria sido uma opção se não fosse pela ajuda de 15 estudantes e 4 professores de uma escola secundária belga (VTI Brugee). Esta colaboração estreita entre futuros artesãos e arquitetos converteu o projeto em realidade em pouco tempo.

Cortesía de C-re-a.i.d.
Cortesía de C-re-a.i.d.
Cortesía de C-re-a.i.d.
Cortesía de C-re-a.i.d.

Nome do Projeto: Old Habits, New Ideas
Arquitetos: C-re-a.i.d.
Arquitetos Principais: Mathias Cornille, Marianne Ghoos, Marie Heyvaert, Samantha Welby
Localização: Maasai Village
Ano: 2016
Área Construída: 31 m2
Outros Participantes: 15 estudantes e 4 professores de una escola secundária da Bélgica (VTI Brugge)
Fotografias: Eva Cabezuelo, Freya Candel, Mathias Cornille

Cita: Dejtiar, Fabian. "Como usar sacos de terra e garrafas de vidro para 'construir' uma comunidade" [Cómo utilizar sacos de tierra y botellas de vidrio para 'construir' una comunidad] 20 Jul 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/876074/como-usar-sacos-de-terra-e-garrafas-de-vidro-para-construir-uma-comunidade> ISSN 0719-8906