O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Conheça e baixe os guias oficiais de desenho arquitetônico Mapuche e Aymara no Chile

Conheça e baixe os guias oficiais de desenho arquitetônico Mapuche e Aymara no Chile

Conheça e baixe os guias oficiais de desenho arquitetônico Mapuche e Aymara no Chile
Conheça e baixe os guias oficiais de desenho arquitetônico Mapuche e Aymara no Chile, © Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura
© Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura

Mais de um milhão e meio de pessoas no Chile pertencem a um dos nove povos originários reconhecidos pelo Estado pela Lei 19.253Aymara, Quechua, Atacameño, Colla, Diaguita, Rapa Nui, Mapuche, Kawéskar e Yagán. Apesar de representarem 9,1% da população nacional, não são reconhecidos a nível constitucional, e sua cultura (inclusive sua existência) é desconhecida pela grande maioria dos chilenos.

Alinhada à Lei 19.253, que exige "respeitar, proteger e promover o desenvolvimento dos indígenas, suas culturas, famílias e comunidades, adotando as medidas adequadas para tais fins", a Direção de Arquitetura do Ministério de Obras Públicas (MOP) do Chile publicou, em 2003, o primeiro guia de desenho arquitetônico para os povos originários Mapuche e Aymaraos mais populosos do país.

Guia Mapuche: Plaza de Alto Biobío. O ñimin ou traçado de rotas áreas permanecem na praça .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura Guia Mapuche: intercultural Hospital Canete (Kallvu llanka): salas de espera do hospital lembram o Kuni ou mandris de gillatuwe .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura Guia Aymara: Plaza de Codpa (Chile). A praça como o centro de todos os eventos locais .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura Guia Aymara: Interior da igreja St. Thomas Camiña (Chile) restaurada com ornamentos .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura + 17

Guia Mapuche: Plaza de Alto Biobío. O ñimin ou traçado de rotas áreas permanecem na praça .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: Plaza de Alto Biobío. O ñimin ou traçado de rotas áreas permanecem na praça .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Os primeiros manuais oficiais foram resultado de um amplo estudo de três anos para incorporar suas características culturais distintivas, padrões de assentamento e os espaços paradigmáticos que abrigaram suas crenças e valores "de maneira harmônica nos projetos de edificação pública", segundo explica a instituição.

Treze anos mais tarde, a gestão estatal pública fez sua primeira atualização, buscando transformar esses manuais em referências para arquitetos que projetassem espaços públicos "culturalmente pertinentes" nos territórios onde há presença dos povos Mapuche e Aymara.

Nessa ocasião, a edição geral ocorreu por conta de Boreal Consultores e dos arquitetos Rodrigo Aguilar, Raúl Arancibia e Fernando Jiménez. Esses manuais "respondem às diversas perguntas que demanda a gestão e o desenho de uma edificação pública culturalmente pertinente", explicam os autores. "Como veículo que carrega implícito o diálogo de direitos entre a administração do Estado e a cidadania, quando se trata de abordar as aspirações de uma sociedade que se reconhece múltipla e diversa", completam.

Esses manuais foram divididos em três capítulos junto a um glossário de termos nas línguas mapudungún e aymara, além de um apêndice normativo sobre os direitos dos povos originários. Os autores explicam:

Capítulo I: Análise cultural

Guia Mapuche: mais do que apenas uma casa, Ruka é o articulador do habitat Mapuche. Sua influência se estende do núcleo de atividades domésticas e familiares dentro até atividades produtivas e da comunidade no exterior .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: mais do que apenas uma casa, Ruka é o articulador do habitat Mapuche. Sua influência se estende do núcleo de atividades domésticas e familiares dentro até atividades produtivas e da comunidade no exterior .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Este capítulo é focado em proporcionar os antecedentes culturais mais relevantes dos povos mapuche e aymara que persistem até os dias de hoje no modo de habitar o território. Nesse sentido, há uma tentativa de aproximação entre o leitor e o acervo etnográfico, fazendo um percurso pelas características distintivas das culturas mapuche e aymara, seus padrões de assentamento e os espaços paradigmáticos que abrigaram suas crenças e valores, ao mesmo tempo que uma abordagem sobre as mudanças históricas que produzem novas interações comunitárias e inter-culturais.

Guia Mapuche: palin é um encontro social que o povo Mapuche pratica para reforçar as relações políticas, espirituais e culturais entre comunidades (LOF) e autoridades (logko). Nele o jogo, comida e conversa compartilhada .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: palin é um encontro social que o povo Mapuche pratica para reforçar as relações políticas, espirituais e culturais entre comunidades (LOF) e autoridades (logko). Nele o jogo, comida e conversa compartilhada .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: esboços sayas e ayllunaka, aldeia de Isluga (Chile). Autoria original Gabriel Martínez .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: esboços sayas e ayllunaka, aldeia de Isluga (Chile). Autoria original Gabriel Martínez .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Capítulo II: Arquiteturas culturalmente pertinentes

Guia Mapuche: centro de treinamento indígena Kom che Ñi Ruka está localizado em uma área de 5 hectares na cidade de Afunalhue. Junto com este edifício, há um cultivo de campo e estufa, pastagens e áreas de recreação ao ar livre .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: centro de treinamento indígena Kom che Ñi Ruka está localizado em uma área de 5 hectares na cidade de Afunalhue. Junto com este edifício, há um cultivo de campo e estufa, pastagens e áreas de recreação ao ar livre .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Na segunda parte, revisa-se uma série de casos de estudo de arquiteturas contemporâneas (manual mapuche), e assentamentos nas regiões de Arica, Parinacota e Tarapacá (manual aymara), com o objetivo de indagar as evidências e características arquitetônicas subjacentes nelas, identificando padrões simbólicos, culturais, formais e materiais possivelmente transformáveis em bases de desenho.

Guia Aymara: átrio e vigias frente Sala Multiusos (Visviri) .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: átrio e vigias frente Sala Multiusos (Visviri) .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: Plaza de Codpa (Chile). A praça como o centro de todos os eventos locais .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: Plaza de Codpa (Chile). A praça como o centro de todos os eventos locais .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Capítulo III: Orientações de desenho arquitetônico

Guia Mapuche: Para se proteger contra quedas de neve e chuvas pesadas, o pewenche Ruka tem deck de um 'Wente', canoa de madeira entalhada .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: Para se proteger contra quedas de neve e chuvas pesadas, o pewenche Ruka tem deck de um 'Wente', canoa de madeira entalhada .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Começa com uma série de considerações, premissas e princípios que servem como base das recomendações para o desenho arquitetônico de edificações públicas nos territórios com presença mapuche e aymara. Tais recomendações se referem, por um lado, ao processo de desenho de edificações públicas necessárias em contextos inter-culturais de cidades chilenas, e, por outro, ao desenho arquitetônico propriamente dito, ambos os processos sensíveis à visão de mundo, crenças e necessidades sociais dos povos mapuche e aymara.

Guia Mapuche: Município Alto Biobio (Chile). Circularidade está presente no espaço central e no salão municipal .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Mapuche: Município Alto Biobio (Chile). Circularidade está presente no espaço central e no salão municipal .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: restauração de casas em Socoroma (Chile), telhados tradicionais. Malha plástica para estuco de barro .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura
Guia Aymara: restauração de casas em Socoroma (Chile), telhados tradicionais. Malha plástica para estuco de barro .. Imagem © Claudio Albarrán + Raúl Arancibia / Ministério das Obras Públicas (MOP). Departamento de Arquitetura

Baixe o Guia de desenho arquitetônico mapuche

© Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura
© Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura

Baixe o Guia de desenho arquitetônico mapuchea

© Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura
© Ministério de Obras Públicas (MOP) de Chile. Dirección de Arquitectura

Créditos

Guia de desenho arquitetônico mapuche

Edição Geral:
Boreal Consultores
Arquitetos: Rodrigo Aguilar, Raúl Arancibia
Antropólogo: Juan Skewes
Tradutor: Javier Quidel
Assessoria Inter-cultural: Christian Collipal
Coordenadora de pesquisa: Liliana Cannobbio
Assistentes de pesquisa: Jorge Muñoz, Joaquín Gallardo
Edição de textos: Paulina Matta
Projeto gráfico e ilustrações: José Neira, Ricardo Cuevas, Paula Navarrete
Fotografia: Claudio Albarrán, Raúl Arancibia
Desenho técnico: Francisca Ulloa
Chefe da Divisão de Edificações Públicas: Eliseo Huencho
Contrapartida técnica: Fabiola Cortés
Edição e regulamento. Unidade de Assuntos Indígenas DGOP: Gonzalo Lagos
Coordenação Editorial Ministério de Obras Públicas: Alicia Alarcón, Felipe Hosiasson, Matías Sánchez, Mauricio Sánchez, Oriana Solís

Guía de diseño arquitectónico aymara

Edição Geral: Boreal Consultores
Arquitetos: Rodrigo Aguilar, Fernando Jiménez, Raúl Arancibia
Antropólogo: Marietta Ortega
Tradutor: Celedonio Marón
Assessoria Inter-cultural: Leslie Véliz
Coordenadora de pesquisa: Liliana Cannobbio
Assistentes de pesquisa: Jorge Muñoz
Edição de textos: Paulina Matta
Projeto gráfico e ilustrações: José Neira, Ricardo Cuevas, Paula Navarrete
Fotografia: Juan Carlos Soto, Fernando Jiménez
Desenho técnico: Francisca Ulloa
Chefe da Divisão de Edificações Públicas: Eliseo Huencho
Contrapartida técnica: Fabiola Cortés
Edição e regulamento. Unidade de Assuntos Indígenas DGOP: Gonzalo Lagos
Coordenação Editorial Ministério de Obras Públicas: Alicia Alarcón, Felipe Hosiasson, Matías Sánchez, Mauricio Sánchez, Oriana Solís

Ver a galeria completa

Cita: Valencia, Nicolás. "Conheça e baixe os guias oficiais de desenho arquitetônico Mapuche e Aymara no Chile" [Conoce y descarga las guías oficiales de diseño arquitectónico mapuche y aymara en Chile] 31 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/875778/conheca-e-baixe-os-guias-oficiais-de-desenho-arquitetonico-mapuche-e-aymara-no-chile> ISSN 0719-8906