O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Apartamentos
  4. China
  5. NO ARCHITECTURE
  6. 2017
  7. NO ARCHITECTURE enfatiza sustentabilidade e interação com torres residenciais alternativas na China

NO ARCHITECTURE enfatiza sustentabilidade e interação com torres residenciais alternativas na China

NO ARCHITECTURE enfatiza sustentabilidade e interação com torres residenciais alternativas na China
NO ARCHITECTURE enfatiza sustentabilidade e interação com torres residenciais alternativas na China, © NO ARCHITECTURE
© NO ARCHITECTURE

Uma das grandes ironias da vida urbana moderna é a desconexão subjacente que existe entre nós, cidadãos globais, apesar de viver e funcionar dentro de cidades tão densas e próximas. Para abordar esta questão no contexto da paisagem urbana da China, o escritório de Nova Iorque, NO ARCHITECTURE, propôs duas alternativas ao típico arranha-céu - duas tipologias residenciais verticais que apresentam uma combinação de pátios, terraços e jardins e podem estar localizados em uma grande variedade de cidades.

"Concebida em torno de uma série de paredes compartilhadas em cascata, pátios ventilados, terraços pisados e torres de vento, essas novas organizações verticais reatam a vida urbana à natureza, sugerindo como podemos viver hoje em proximidade e podemos continuar a fazê-lo de forma sustentável por gerações vindouras", explicaram os arquitetos.

© NO ARCHITECTURE © NO ARCHITECTURE © NO ARCHITECTURE © NO ARCHITECTURE + 7

© NO ARCHITECTURE
© NO ARCHITECTURE

O projeto baseia suas estratégias em várias práticas sustentáveis encontradas em várias culturas, climas e contextos, que dão origem às tipologias acima mencionadas e respondem a locais e condições específicas. Um clima quente e úmido, por exemplo, seria abordado por pátios abertos e as torres de vento que dão forma à torre, enquanto os terraços e paredes compartilhadas são projetados para condições áridas e quentes.

© NO ARCHITECTURE
© NO ARCHITECTURE

A laje de cada apartamento é aumentada 30% para incluir também o seu próprio jardim, proporcionando ventilação natural, aquecimento passivo e refrigeração que também funcionam na escala da torre, ao tratar os jardins como um todo coletivo.

© NO ARCHITECTURE
© NO ARCHITECTURE

No interior, os espaços carecem de separação e compartimentação, aumentando o espaço disponível em 30% adicionais e criando áreas constantemente ocupadas durante os dias, que são usadas para dormir durante a noite. Centrado em torno de núcleos de serviço com banheiros e depósitos, o interior das torres pode ser experimentado como um fluxo contínuo flexível ou salas individuais baseadas nos núcleos dispersos.

Notícia via: NO ARCHITECTURE.

  • Arquitetos

  • Equipe de Projeto

    Dana AlMathkoor, Andrew Heid, Li Jin, Naifei Liu, Gaby San Roman Bustinza, Trendelina Salihu
  • Área

    9000.0 m2
  • Ano do projeto

    2017

Edifício residencial em Birmingham inspira-se nos jardins suspensos da Babilônia

Um novo complexo habitacional na forma de 500 unidades em terraços foi proposto pelo escritório londrino Architects of Invention para a cidade de Birmingham, em resposta à sua crescente população multicultural. Inspirando-se nos antigos Jardins Suspensos da Babilônia, a composição formal do Garden Hill é de duas torres de 25 andares, com jardins privados e comunitários em cada nível de terraços.

Cita: Bari, Osman. "NO ARCHITECTURE enfatiza sustentabilidade e interação com torres residenciais alternativas na China" 13 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/873503/no-architecture-enfatiza-sustentabilidade-e-interacao-com-torres-residenciais-alternativas-na-china> ISSN 0719-8906