Ampliar imagem | Tamanho original
Uma das grandes ironias da vida urbana moderna é a desconexão subjacente que existe entre nós, cidadãos globais, apesar de viver e funcionar dentro de cidades tão densas e próximas. Para abordar esta questão no contexto da paisagem urbana da China, o escritório de Nova Iorque, NO ARCHITECTURE, propôs duas alternativas ao típico arranha-céu - duas tipologias residenciais verticais que apresentam uma combinação de pátios, terraços e jardins e podem estar localizados em uma grande variedade de cidades. "Concebida em torno de uma série de paredes compartilhadas em cascata, pátios ventilados, terraços pisados e torres de vento, essas novas organizações verticais reatam a vida urbana à natureza, sugerindo como podemos viver hoje em proximidade e podemos continuar a fazê-lo de forma sustentável por gerações vindouras", explicaram os arquitetos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar