O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017

Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017

Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017
Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017 , Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia
Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia

A artista mineira Cinthia Marcelle propôs a instalação “Chão de caça” [Hunting Ground] no Pavilhão Brasileiro, com a curadoria de Jochen Volz, recebeu a menção honrosa durante a Bienal de Arte de Veneza 2017, inaugurada em 13 de maio. A instalação é composta por um piso inclinado feito de grades de ventilação soldadas que ocupa todo o interior das duas galerias do pavilhão brasileiro. Entre os pequenos vãos das grades, seixos rolados dos arredores do local da exposição foram inseridos. Entrelaçados com a grade e os seixos, estão elementos escultóricos adicionais, uma série de pinturas e um filme tocando ininterruptamente. O desenho, as resoluções técnicas e a estrutura do piso, assim como o processo de desenvolvimento da obra através de modelos eletrônicos e protótipos, foi realizado em parceira com os arquitetos Anna Juni, Enk te Winkel e Gustavo Delonero do escritório paulista Vão, com quem a artista vêm trabalhando há alguns anos.

Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia
Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia

Desenvolvido por Cinthia Marcelle em conjunto com o cineasta Tiago Mata Machado, o vídeo mostra um único enquadramento de um telhado sendo gradualmente desmontado a partir do interior, sugerindo uma rebelião ou uma fuga. Referencia-se às diversas rebeliões ocorridas em todo o mundo, Glasgow, Milão, Sri Lanka e Sydney, até o horrível massacre ocorrido nas penitenciárias brasileiras nos últimos meses. Naturalmente, o filme de Marcelle e Machado não menciona diretamente nenhum desses eventos, muito menos ilustra as reais condições de prisão.

Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia
Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia

A sensação que a instalação suscita é de constante perigo, instabilidade, desequilíbrio e desconforto, refletindo o atual estado do país. Segundo o júri da bienal, o pavilhão foi exitoso por ser “uma instalação que produz um espaço enigmático e desequilibrado no qual não podemos nos sentir seguros. Tanto a estrutura da instalação como o vídeo de Cinthia Marcelle em parceria com o cineasta Tiago Mata Machado evocam as preocupações da sociedade brasileira contemporânea.”

Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia
Francesco Galli. Image Cortesia de La Biennale di Venezia

Veja mais imagens da instalação:

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Eduardo Souza. "Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017 " 15 Mai 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/871368/pavilhao-do-brasil-recebe-mencao-honrosa-na-bienal-de-veneza-2017> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.