1. ArchDaily
  2. Vão

Vão: O mais recente de arquitetura e notícia

"A transdisciplinaridade é essencial à arquitetura": entrevista com Vão

Formado por Anna Juni, Enk te Winkel e Gustavo Delonero, Vão é um escritório transdiciplinar de arquitetura fundado em 2013 com sede em São Paulo. Explorando temáticas e escalas tão diversas quanto instalações artísticas e arquiteturas residenciais, passando equipamentos culturais, estabelecimentos comerciais e escritórios, Vão trabalha num território entre campos, buscando diluir, ou tensionar, as fronteiras disciplinares com o intuito de enriquecer a reflexão e a prática arquitetônica.

Tivemos, recentemente, a oportunidades de conversar com os sócios sobre alguns dos temas que estruturam a abordagem do escritório e, também, aprofundar em alguns dos projetos mais conhecidos do grupo. Leia a entrevista a seguir.

Subsolanus | LIGA, Espacio para arquitectura, Cidade do México, 2016. Foto © Luis GallardoSede para uma Fábrica de Blocos | Avaré, 2016. Foto © Rafaela NettoCasa s/ d nº01 | Avaré, 2016. Foto © Pedro KokProcesso de montagem Lastro | Exposição Deslocal, Olhão Barra Funda, 2019. Foto © Marina Lima+ 16

Instalação de espelhos de Vão e Adamo Faiden cria diálogos visuais entre o Sesc 24 de Maio e seu entorno

Como parte das intervenções que ocuparam o Sesc 24 de Maio e seus arredores durante a 12ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, os escritórios Vão e Adamo Faiden, do Brasil e Argentina, respectivamente, propuseram uma instalação de espelhos no edifício vizinho ao estimado Sesc, na altura de seu 11º pavimento, que estabelece uma série de diálogos visuais cruzados entre as edificações, seus ocupantes e a paisagem urbana.

Casas brasileiras: 14 residências com grandes vãos

No âmbito da arquitetura e da engenharia, a palavra "vão" designa a distância entre dois apoios em uma estrutura, em geral em referência ao espaço ininterrupto entre pilares da trama de sustentação dos edifícios. Alguns vãos notáveis ficaram famosos por suas grandes e impressionantes dimensões, sobretudo em programas públicos, como é o caso do MASP de Lina Bo Bardi e do MuBE de Paulo Mendes da Rocha, ambos em São Paulo. No entanto, os grandes vãos podem representar generosidade espacial e liberdade visual em qualquer tipo de projeto, inclusive de menor escala.

Dois brasileiros entre os escritórios emergentes eleitos pela Bienal de Arquitectura Latinoamericana 2019

Com o objetivo de internacionalizar a produção arquitetônica emergente na América Latina, a Bienal de Arquitetura Latino-Americana (BAL 2019) anunciou os escritórios que participarão da próxima edição do evento, a ser realizado em setembro de 2019 em Pamplona, Espanha. Dois escritórios brasileiros aparecem na lista.

Novo Sesc Limeira: veja o resultado do concurso de projetos

O resultado do concurso de projetos para a construção da unidade do Sesc em Limeira foi divulgado recentemente. Localizada na Via Luiz Varga, s/ n°, no bairro Anhanguera, a unidade terá área construída coberta estimada 19.000 m², área construída descoberta estimada em 3.100 m² e 3.000 m² de paisagismo. Os trabalhos foram avaliados pela comissão julgadora seguindo os seguintes critérios: Partido Arquitetônico e Caráter Institucional, Termo de Referência e Orientações para Elaboração dos Projetos.

O primeiro prêmio foi entregue à equipe formada pelos escritórios gruposp, JPG.ARQ e Pedro Mendes da Rocha.

Conheça, a seguir, as cinco equipes premiadas:

Resultado do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel 2017

Foram anunciados os três vencedores do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é destinado exclusivamente a arquitetos brasileiros ou estrangeiros que vivam no Brasil há pelo menos dois anos, com até 45 anos de idade, e projetos construídos durante os últimos dez anos. Arquitetos, escritórios de arquitetura ou coletivos de arquitetos podem se inscrever com mais de um projeto, o que contribui para demonstrar um panorama da arquitetura brasileira nos seus mais variados contextos.

A premiação é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas, revestimentos e especialidades químicas e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo e do design.

Pavilhão do Brasil recebe menção honrosa na Bienal de Veneza 2017

A artista mineira Cinthia Marcelle propôs a instalação “Chão de caça” [Hunting Ground] no Pavilhão Brasileiro, com a curadoria de Jochen Volz, recebeu a menção honrosa durante a Bienal de Arte de Veneza 2017, inaugurada em 13 de maio. A instalação é composta por um piso inclinado feito de grades de ventilação soldadas que ocupa todo o interior das duas galerias do pavilhão brasileiro. Entre os pequenos vãos das grades, seixos rolados dos arredores do local da exposição foram inseridos. Entrelaçados com a grade e os seixos, estão elementos escultóricos adicionais, uma série de pinturas e um filme tocando ininterruptamente. O desenho, as resoluções técnicas e a estrutura do piso, assim como o processo de desenvolvimento da obra através de modelos eletrônicos e protótipos, foi realizado em parceira com os arquitetos Anna Juni, Enk te Winkel e Gustavo Delonero do escritório paulista Vão, com quem a artista vêm trabalhando há alguns anos.

Exposição "Cartas ao Prefeito: São Paulo"

Pivô Arte e Pesquisa e a Storefront for Art and Architecture apresentam a exposição Cartas ao Prefeito: São Paulo, com curadoria dos arquitetos Bruno de Almeida e Fernando Falcon.

A exposição faz parte de um projeto mundial concebido pela Storefront for Art and Architecture e intitulado Letters to the Mayor, uma mostra itinerante que já aconteceu em cidades como Nova Iorque (E.U.A.), Atenas (Grécia), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Cidade do Panamá (Panamá), Cidade do México (México), Taipei (Taiwan), entre outras. Em cada uma destas cidades foi exposto um conjunto de cartas que cinquenta arquitetos locais escreveram para o seu Prefeito, expressando suas ideias, opiniões e expectativas para a cidade.

Segundo Lugar no Concurso Nacional para o Anexo do BNDES / Anna Juni, Gustavo Delonero, Enk te Winkel e Pedro Ivo Freire

Apresentamos a seguir o projeto de Anna Juni, Gustavo Delonero e Enk te Winkel, premiado com o segundo lugar no Concurso Nacional para o Anexo do BNDES, promovido pelo próprio Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Os participantes do concurso tinham como objetivo propor um edifício anexo à edificação existente, localizada no dentro do Rio de Janeiro.

Vista da biblioteca. Image Cortesia de Cortesia de Equipe do projetoVista aérea. Image Cortesia de Cortesia de Equipe do projetoVista do hall. Image Cortesia de Cortesia de Equipe do projetoVista do espelho d'água. Image Cortesia de Cortesia de Equipe do projeto+ 33

Clássicos da Arquitetura: MASP / Lina Bo Bardi