Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Conheça o tesouro arquitetônico de Josep María Jujol, discípulo de Gaudí

Conheça o tesouro arquitetônico de Josep María Jujol, discípulo de Gaudí

Na região de Alt de Camp, entre os vinhedos de Tarragona (Espanha), está o santuário de Mare de Déu de Montserrat de Montferri, uma joia projetada por Josep María Jujol, arquiteto conhecido por ter trabalhado com Antoni Gaudí em projetos como a Casa Batlló, a Casa Milà e a Sagrada Familia. E, assim como Gaudí, suas obras se destacam pelas fantásticas formas orgânicas resultantes das técnicas construtivas e soluções estruturais empregadas.

© Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0 © Flickr User: [Jordi Domènech i Arnau], Licença CC BY-SA 2.0 © Flickr User: [Calafellvalo], Licença CC BY-SA 2.0 © Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0 + 14

© Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0
© Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0

A construção da Mare de Déu de Montserrat teve início em 1925, porém, foi paralisada em 1931. 74 anos após a primeira pedra ser assentada, em 1999, a obra foi concluída e  aberta ao público. É impossível não associar a retomada da construção e tardia conclusão da Mare de Déu à icônica Sagrada Familia, ainda em construção e prevista para ser concluída em 2016.

© Flickr User: [Angela Llop], Licença CC BY-SA 2.0
© Flickr User: [Angela Llop], Licença CC BY-SA 2.0

A engenhosidade de Jujol se destaca pelo uso de materiais locais e pela implementação de um sistema construtivo simples que, por não necessitar de mão de obra especializada, pôde ser concluída após muitas gerações. 

© Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0
© Flickr User: [Maria Rosa Ferrer], Licença CC BY-SA 2.0

Os elementos utilizados foram blocos de 10 x 15 x 30 centímetros moldados à mão, que formam os 42 pilares e 33 cúpulas de cobertura que imital a topografia da montanha de Montserrat. 

© Flickr User: [Calafellvalo], Licença CC BY-SA 2.0
© Flickr User: [Calafellvalo], Licença CC BY-SA 2.0

No entaanto, apesar de seu grande valor arquitetônico, a obra continua pouco conhecida, recebendo apenas 8 mil visitantes anualmente. Por isso, a prefeitura de Alt de Camp está avaliando a possibilidade de abrir o santuário todos os duas, em vez de apenas durante as manhãs dos finais de semana. Com isso, esperam aumentar o número de turistas, destacar o valor cultural do local e, sobretudo, conservar o tesouro arquitetônico que se esconde entre os vinhedos de Montferri. 

© Flickr User: [Calafellvalo], Licença CC BY-SA 2.0
© Flickr User: [Calafellvalo], Licença CC BY-SA 2.0

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Rodríguez Melgar, Ana. "Conheça o tesouro arquitetônico de Josep María Jujol, discípulo de Gaudí" [Conoce la joya modernista escondida de Josep María Jujol, discípulo de Gaudí] 10 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/796751/conheca-o-tesouro-arquitetonico-de-josep-maria-jujol-discipulo-de-gaudi> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.