O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. MIT apresenta proposta para melhorar a segurança nos cruzamentos através de sensores

MIT apresenta proposta para melhorar a segurança nos cruzamentos através de sensores

MIT apresenta proposta para melhorar a segurança nos cruzamentos através de sensores

Os cruzamentos podem ser locais complexos que acabam sendo conhecidos como lugares perigosos nas cidades. Em parte, isto é explicado pelo fluxo dos automóveis, que circulam em diferentes direções e competem pelo espaço público.

Esta situação foi abordada por Carlo Ratti, pesquisador e diretor do centro de inovação social e urbana, Senseable City Lab, vinculado ao MIT, que elaborou uma proposta para os cruzamentos que é muito mais eficiente que os semáforos.

O projeto, intitulado Light Traffic, foi desenvolvido com um grupo de especialistas da Escola Politécnica Federal de Zurique (ETH) e do Conselho Nacional de Pesquisa Italiano (CNR), e consiste em avaliar a possibilidade de substituir os semáforos, uma tecnologia do século XIX, por uma estratégia similar àquela hoje empregada no tráfego aéreo, que se baseia em sensores.

Desta maneira, os espaços de espera nos cruzamentos seriam sinalizados de acordo com os locais disponíveis. Isto ocorre quando um automóvel se aproxima de um cruzamento e é reconhecido pelos sensores instalados no local e no próprio automóvel. Neste caso, os primeiros definem um espaço de espera em alguma das pistas.

Embora a proposta ainda não esteja detalhada, os criadores afirmam que esta tecnologia também poderia ser adaptada a pedestres e ciclistas com o objetivo de tornar os cruzamentos locais mais seguros para o transporte a pé e sobre duas rodas.  

Segundo Ratti, "a vida útil da infraestrutura viária é de muitas décadas e sem dúvida será afetada pelos surgimento de novas tecnologias de mobilidade."

Sobre isso, cabe recordar que já existem iniciativas que estudam a possibilidade de colocar em circulação automóveis sem condutor. Como exemplo disso, no final de 2014 a Google divulgou seu primeiro protótipo de automóvel com piloto automático.

No caso do Light Traffic, seus benefícios , de acordo com os criadores, é que pode reduzir o tempo de espera nos cruzamentos e diminuir as emissões de gases poluentes, já que a mudança de velocidade dos automóveis seria melhor controlada.

Veja, na sequência de imagens a seguir, como funcionaria o “Light Traffic”.

.

.

“Light Traffic”. Imagem © Senseable City Lab, MIT
“Light Traffic”. Imagem © Senseable City Lab, MIT
“Light Traffic”. Imagem © Senseable City Lab, MIT
“Light Traffic”. Imagem © Senseable City Lab, MIT
© Senseable City Lab, MIT
© Senseable City Lab, MIT
Sobre este autor
Cita: Gaete, Constanza Martínez. "MIT apresenta proposta para melhorar a segurança nos cruzamentos através de sensores" [MIT lanza propuesta para mejor la seguridad en las intersecciones a través de sensores] 19 Mai 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/787743/mit-apresenta-proposta-para-melhorar-a-seguranca-nos-cruzamentos-atraves-de-sensores> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.