O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 4 espaços públicos que incluem a água na vida urbana

4 espaços públicos que incluem a água na vida urbana

4 espaços públicos que incluem a água na vida urbana
4 espaços públicos que incluem a água na vida urbana, © Buro Sant en Co
© Buro Sant en Co

Tornar mais acessível e próxima a relação dos cidadãos com a água nos entornos urbanos é um objetivo que pode ser reconhecido em uma dezena de projetos ao redor do mundo.

Em sua maioria, estes projetos podem focar em situações de encosta ou rios, como por exemplo os projetos que impulsionam Paris a construir mais espaços públicos ao torno do rio Sena, ou Moscou, a integrar o rio Moscova na vida cotidiana da capital russa. 

Apesar disso, existem outros projetos de menor escala que tornam possível a relação entre habitantes com este recurso em suas cidades, tanto nos casos em que o inclui como elemento paisagístico, quanto como reflexo de um princípio de sustentabilidade.

A seguir apresentamos quatro projetos que se destacam por incorporar a água na vida urbana, selecionados pelo site Landscape Architects Network, página dedicada a difundir a conexão entre a arquitetura da paisagem e as cidade.

De acordo com a seleção, neste tipo de iniciativa o destaque fica com os europeus, já que estão impulsionando cada vez mais o cuidado com os recursos naturais para gerar um estilo de vida melhor nas comunidades.

1. Espaço de lazer em Tychy, Polônia

© Tomasz Zakrzewski
© Tomasz Zakrzewski

Conseguir atrair as crianças a passar seu tempo em momentos integração com amigos ao ar livre ao invés de horas na frente do computador ou televisão nos meses de verão foi o objetivo principal deste parque projetado pelo escritório polonês RS+Robert Skitek em uma encomenda do município de Tychy.

Levando isso em conta, optou-se pela construção de um parque aquático de 300 metros quadrados que manteve a vegetação do entorno - ponto de referência para os espaços onde se poderia, ou não, intervir. De fato, foi o fator resultante da forma do local, que exigia a menor eliminação possível de árvores para que fossem, estas mesmas, as encarregadas pelo sombreamento na área de lazer.

2. Ponte Moisés, Holanda

© RO & AD Architects
© RO & AD Architects

A situação mais comum é quando pensamos em atravessar uma ponte, o primeiro que pensamos é uma estrutura elevada. Apesar disso, esta ponte projetada pelo escritório de arquitetura RO & AD muda completamente este padrão, já que ao caminhar por ela, os pedestres andam no meio da água.

A ponte é o ponto de acesso à Fortaleza For de Roovere, construída no século XVII, que se relaciona a este corpo de água que antes demandava pequenas embarcações para ser atravessado.

Apesar disso, desde 2011, quando foi construída a ponte, os visitantes podem ingressar de forma mais direta através desta estrutura de madeira impermeabilizada. O projeto foi, inclusive, após sua inauguração, reconhecido pelo Colégio de Arquitetos Holandês como a melhor estrutura de 2011.

3. Roombeek the Brook, Holanda

© Buro Sant en Co
© Buro Sant en Co

Na cidade de Enschede, na Holanda, está a rua Roombeek the Brook, que é reconhecida por trazer de volta ao centro da cidade o rio Roombeek, que foi  desviado com as novas construções no local.

Construido em 2005, este projeto permitiu criar estruturas similares a espelhos de água com córregos do rio, que são parte de um circuito de espaços públicos. 

4. Waterplein Square Benthemplein, Holanda

© De Urbanisten
© De Urbanisten

A Praça de Água, em Rotterdam, foi inaugurada em 2013 e projetada pelo escritório De Urbanisten, com a intenção de combinar o armazenamento de água com a qualificação de um espaço público.

O uso que seria dado à praça foi determinado, em parte, pelos locais mais visitados que há no entorno, a intenção de criar um local de encontro para os jovens e a necessidade de gerir de melhor forma a água, sem investir grandes quantidades em estruturas que não teriam um maior uso.

Para isso, optou-se por dedicar a maior superfície para recolher as águas pluviais e separá-las em uma série de reservatórios mistos, que integram a praça e que servem para irrigação da vegetação local.

Cita: Gaete, Constanza Martínez. "4 espaços públicos que incluem a água na vida urbana" [4 espacios públicos que destacan por incluir el agua en la vida urbana] 18 Mai 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/787618/4-espacos-publicos-que-se-destacam-por-incluir-agua-na-vida-urbana> ISSN 0719-8906