O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Nova Iorque aposta nas ciclofaixas para aumentar a segurança viária

Nova Iorque aposta nas ciclofaixas para aumentar a segurança viária

Nova Iorque aposta nas ciclofaixas para aumentar a segurança viária
Nova Iorque aposta nas ciclofaixas para aumentar a segurança viária, © DOT Nova Iorque
© DOT Nova Iorque

Aumentar a segurança nas ruas através de um desenho urbano que priorize os pedestres e ciclistas é o que Nova Iorque bem fazendo desde o ano 2000, quando adotou o plano Vision Zero. Este programa, de origem sueca, não consiste apenas em reduzir as mortes no trânsito, mas levá-las a zero, como seu nome sugere.

O principal objetivo desta iniciativa é fazer com que as ruas sejam lugares mais seguros para todos os usuários do espaço viário, seguindo a premissa de que "nenhuma morte é moralmente aceitável". 

O plano inclui diversas medidas que dão prioridade aos pedestres e ciclistas, como, por exemplo, garantir a estes um lugar no espaço viário, acabando com a hegemonia do automóvel. Neste sentido, a iniciativa considera ampliar as calçadas nos locais onde isto seja possível e nivelá-las com a rua, além de construir mais ciclofaixas.

Em relação a este projeto, o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, anunciou recentemente que este ano serão criados 24 quilômetros de ciclofaixas (mais que os 19 km criados em 2015), superando, assim, os 1.600 km de ciclovias na cidade.

© Spacing Magazine, via Flickr
© Spacing Magazine, via Flickr

Entre os motivos apresentados para respaldar o projeto --  que será executado pelo Departamento de Transportes (DOT) -- está a importância do ciclismo urbano como opção de transporte segura e viável. 

Este ponto é fundamental no trabalho da prefeitura, que se propôs a aprovar a implementação de medidas que favoreçam o projeto Vision Zero, como, por exemplo, a criação de Zonas 30, a instalação de redutores e velocidades e iluminação em cruzamentos de pedestres. 

A estas medidas serão acrescentadas outras ao longo deste ano, resultado de um investimento de US$ 115 milhões para relocar os espaços viários em avenidas e ruas (ver exemplos aqui), reduzir os choques ocasionados por curvas inesperadas e perigosas em certos cruzamentos, instalar câmeras para controlar a velocidade dos automóveis e oferecer educação viária.

As novas ciclofaixas foram pensadas para as cinco regiões (Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island) e em cada uma delas, as propostas da prefeitura serão apresentadas aos moradores. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG estadunidense People for Bikes, este tipo de infraestrutura cicloviária traz benefícios a todos aqueles que transitam no espaço viário, além de ser barata, fácil de executar e de manter.

Sobre este autor
Cita: Gaete, Constanza Martínez. "Nova Iorque aposta nas ciclofaixas para aumentar a segurança viária" [Nueva York sigue apostando por las ciclobandas para aumentar la seguridad en las calles] 05 Mai 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/786728/nova-iorque-aposta-nas-ciclofaixas-para-aumentar-a-seguranca-viaria> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.