Proposta converte usinas de energia em conjuntos de uso misto

Proposta converte usinas de energia em conjuntos de uso misto

E se uma usina de energia pudesse ser também uma casa, um escritório ou mesmo um parque? Esta é a questão por trás do projeto Cypher CO2ling Plant, uma proposta conceitual desenvolvida por Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi. Usinas de energia são subprodutos inevitáveis da vida contemporânea, porém, se localizam geralmente em áreas remotas, distantes de onde a energia é, de fato, utilizada, devido à sua aparência e à poluição que geram.  Cypher CO2ling Plan propõe um cenário alternativo em que estas infraestruturas são utilizadas para abrigar programa mistos, mitigando os aspectos menos desejáveis da produção de energia. 

© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi+ 12

© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi

O projeto tem como espinha dorsal as grandes torres de resfriamento das usinas - estruturas de concreto que podem atingir até 200 metros de altura, o equivalente a um edifício de 60 pavimentos. 

© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi

O projeto busca integrar espaços habitáveis a estas estruturas dedicadas ao resfriamento das usinas. Incorporar espaços habitacionais e comerciais às superfícies externas das torres reduz a necessidade de materiais construtivos e diminui os custos de construção em comparação a estruturas segregadas. 

© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi

Apropriando-se dos demais espaços da usina, o projeto propõe enterrar as atuais funções de geração, substituindo ruído e poluição visual por uma paisagem natural de colinas. A única parte da usina que emerge na superfície são os topos das chaminés que são envolvidas por uma estrutura que recebe árvores e plantas que filtram o CO2 e demais poluentes derivados dos processos de combustão. 

© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi
© Kawan Golmohamadi, Shilan Golmohamadi e Soad Moarefi

A equipe de projeto compreende sua proposta como uma solução inovadora e sustentável que integra elementos previamente indesejados a um conjunto "urbano" de uso misto, rico em áreas verdes e que capitaliza sobre a eficiência resultante. 

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Douglass-Jaimes, David. "Proposta converte usinas de energia em conjuntos de uso misto" [This Conceptual Design Reinvents Power Plants as Mixed-Use Megastructures] 18 Jan 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/780423/proposta-converte-usinas-de-energia-em-conjuntos-de-uso-misto> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.