O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Paris livre do diesel até 2020

Paris livre do diesel até 2020

Paris livre do diesel até 2020
Paris livre do diesel até 2020, © Mauro Parra-Miranda, via Wikimedia Commons
© Mauro Parra-Miranda, via Wikimedia Commons

A contaminação atmosférica que afeta Paris levou as autoridades a criarem diversas iniciativas de mobilidade sustentável para reduzir os impactos da poluição na população.

Entre elas estão, por exemplo, a criação de um sistema de automóveis elétricos e a medida inédita implementada em março passado, a qual permite que durante um final de semana os cidadãos usem o transporte público gratuitamente.

Juntamente com estes projetos está o novo Plano de Prevenção de Contaminação que a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, explicou recentemente em uma entrevista.

Até agora, a frase de Hidalgo que mais chamou atenção foi: “quero o fim do diesel em Paris até 2020 e, sim, é possível, para além dos regiões periféricas. Trata-se de acelerar a transformação com a participação do Estado. Comecei erradicando em três meses os veículos a diesel do parque automotivo da cidade.”

Continue lendo para saber como isso é possível.

Em uma entrevista com o jornal francês, Journal du Dimanche (JDD), Hidalgo disse quais são as novas medidas do Plano de Prevenção de Contaminação, um projeto que será debatido no dia 9 de fevereiro de 2015 no Conselho da cidade, tendo a participação dos próprios cidadãos parisienses.

Este plano inclui os projetos desenvolvidos até agora para enfrentar a contaminação, como o Autolib (serviço de aluguel de automóveis elétricos), Velib (sistema de bicicletas públicas) e as Zonas 30 e Zonas de Encontro.

A estes também se somaria a proibição da circulação dos automóveis movidos a diesel em toda a cidade, já que, segundo a nova pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) estes veículos emitem grandes quantidades de dióxido de nitrogênio (NO2), um composto altamente contaminante que causa irritação nos pulmões.

Embora a medida seja aplicada em 2020 a toda a cidade, a prefeita disse que poderá fazer algumas exceções para que os cidadãos de baixa renda possam utilizar seus veículos a diesel, mas somente durante os finais de semana.

De alguma forma, esta medida não somente busca restringir o uso dos automóveis a diesel, mas também os automóveis em geral, o que já está acontecendo, segundo Hidalgo, já que atualmente 60% dos parisienses não possuem um automóvel, um número que em 2001 era de 40%.

Contudo, esta porcentagem poderá aumentar, já que, como parte do plano de descontaminação, foram investidos 100 milhões de euros para duplicar a quantidade de ciclovias e, com isso, incentivar seu uso nos deslocamentos diários.

Se o plano for aprovado, serão estabelecidos certos incentivos econômicos para que os cidadãos que utilizam o automóvel para trabalhar possam fazê-lo sem contaminar a atmosfera. Por este motivo, considera-se que os comerciantes poderiam receber um incentivo econômico para financiar a troca do seu automóvel convencional por outro hibrido. Também poderiam trocar seu automóvel por créditos na Autolib.

Via Plataforma Urbana. Tradução Camilla Ghisleni, ArchDaily Brasil.

Sobre este autor
Cita: Constanza Martínez Gaete. "Paris livre do diesel até 2020" 05 Jan 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759827/paris-livre-do-diesel-ate-2020> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.