O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana

Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana

Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana
Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana, © Lara Swimmer
© Lara Swimmer

Enquanto em algumas cidades os edifícios abandonados são demolidos para serem erguidos novos projetos nem sempre reivindicam o caráter público nem comunitário de um lugar, existem outros que o fazem. estes casos de revitalização urbana validam o direito a cidade por parte de seus habitantes e lhe dão uma nova concepção do espaço público, como lugar de encontro, identificação e entretenimento.

Imagina um zoológico convertido em uma galeria de arte? Ou um silo em um grande muro de escalada? Ou um supermercado abandonado que se transforma na maior biblioteca em nível nacional?

A seguir, conheça sete casos de reutilização de lugares que ocorreram em diferentes países.

1. De supermercado a biblioteca pública

© Lara Swimmer
© Lara Swimmer

Em McAllen, Texas, havia um supermercado abandonado da rede Walmart que media o equivalente a dois campos e meio de futebol. Para reutilizar este espaço, o escritório de arquitetura Meyer, Scherer & Rockcastle criou o projeto de uma biblioteca pública orientada as crianças e jovens, para que tivessem lugares de encontro e estudo. a proposta, que está andando desde 2008 sob o nome de "The McAllen Public Library", tem 14 salas de estudo, 64 laboratórios de computação, uma galeria de arte e um auditório, sem contar os milhares de livros. O projeto ganhou este ano o concurso de projeto de interiores de uma biblioteca organizado pela Associação Internacional de Projeto de Interiores e se converteu na maior biblioteca pública de um só andar dos Estados Unidos.

2. Um zoológico que se transformou em galeria de grafite.

© Livio Ninni
© Livio Ninni

Border Land Project é uma iniciativa italiana que busca acolher a organizações que geram atividades de cooperação e desenvolvimento comunitário junto a uma localidade específica. Um caso que respaldaram foi o de Street Art Museum em Turim, que consistia em pintar as instalações de um antigo zoológico com diferentes graffitis com o objetivo de revitaliza-lo, centrar o interesse na arte de rua e no espaço urbano. Além disso, os murais contem mensagens que convidam a tomar consciência da vida animal. Por exemplo, na imagem superior não se distingue um urso polar porque o aquecimento global ameaça sua existência.

3. De quartel militar a “Rainbow Village”

© Steve Barringer
© Steve Barringer

Entre os anos 40 e 50, os soldados nacionalistas de Taiwan construíram um quartel militar na cidade de Taichung. Passaram os anos e como era um assentamento passageiro converteu-se em um local permanente para centenas de famílias, apesar do mal estado das casas e instalações. Por isso, o município decidiu que demoliria a villa, o que gerou problemas entre seus habitantes. Frente a isto, Huang Yung-fu, um veterano de guerra de 87 anos residente do lugar, decidiu protegê-lo mediante arranjos e coloridos murais, convertendo-se assim em "rainbow village". Graças a esta intervenção, que inclui desenhos de animadores de televisão, animais e plantas, "Rainbow Village" foi promovido pelo governo como um destino turístico.

4. Uma antiga fábrica de boinas se converteu em um “centro multimídia”

via Plataforma Urbana
via Plataforma Urbana

Em 1980, uma fábrica de boinas localizada no centro de Oloron Sainte Marie, no sudoeste da França, foi abandonada porque se construiu uma nova sucursal nos arredores da cidade. entretanto, não foi até 2009 quando foi dado um novo uso a este edifício ao convertê-lo em Piémont Oloronais, um centro multi mídia público. Seus arquitetos, Pascale Guédot e Michel Corajoud, quiseram que a estrutura se relacionasse com o entorno natural do lugar, e para isso construíram salas de leitura com clarabóias.

5. De silo a “Siloo O”

Cortesia de NL Architects
Cortesia de NL Architects

Faz um par de anos, existiam três silos abandonados nos arredores de Amsterdam. Com o objetivo de que não se desvalorizassem completamente, o município lançou em 2009 um concurso orientado a arquitetos e designers para que entregassem propostas sobre as funções que poderiam se desenvolver nestas estruturas. Uma das ideias que mais chamou a atenção foi "Siloo O", da firma NL Architects, que consiste em converter o silo em um muro de escalada. Com este verdadeiro ginásio vertical, se utilizará a estrutura original e se fariam modificações para aproveitar a luz natural, o que atenuaria os efeitos da construção no meio ambiente. Além disso, o lugar teria outros atrativos, como um bar, comércio, salas de reunião e leitura.

6. O aço deu lugar a obras de arte

© Paul S. Bartholomew
© Paul S. Bartholomew

Na Pennsylvania, Estados Unidos, estava localizada a fábrica de aço Bethlehem Steel. Entretanto, em 1995 fechou suas portas e permaneceu abandonada por mais de dez anos até que o estúdio de arquitetura Spillman Farmer a converteu em ArtsQuest Center, um campus de arte que realiza atividades culturais que atraem a 1,3 milhões de visitantes por ano. O melhor de tudo isso é que 80% das atividades são completamente gratuitas para a comunidade.

7. De ferrovias a passeio de pedestres

© Daniele Voarino
© Daniele Voarino

Entre Albisola Superiore e Celle Ligure, na costa italiana, havia uma linha férrea completamente abandonada. A firma de arquitetos 3S Studio tomou este projeto e o transformou em Albisola Superiore, um passeio de pedestres que reabilita o setor costeiro com materiais de baixo impacto ambiental.

Artigo escrito por Constanza Martínez Gaete via Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.

Cita: Fernanda Britto. "Do abandono ao interesse público: Sete casos de reconversão urbana" 20 Dez 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/87101/do-abandono-ao-interesse-publico-sete-casos-de-reconversao-urbana> ISSN 0719-8906