O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Fotografia e Arquitetura: Erieta Attali

Fotografia e Arquitetura: Erieta Attali

Fotografia e Arquitetura: Erieta Attali
Fotografia e Arquitetura: Erieta Attali, Riverside Drive, NYC © Erieta Attali
Riverside Drive, NYC © Erieta Attali

Esta semana na nossa série Fotografia e Arquitetura, apresentamos o trabalho da fotógrafa israelense Erieta Attali. A fotógrafa começou sua carreira registrando sítios arqueológicos e paisagens, consolidando-se como uma importante profissional nessa categoria. No entanto, com o passar do tempo, sofreu uma transição relevante quanto à arquitetura, o que a levou a diversos lugares do mundo, fotografando, estudando e ensinando; permitindo assim entrar em contato com obras de arquitetura reconhecidas.

White Architects Copenhagen DK © Erieta Attali

1. Quando e como você começou a fotografar arquitetura?

Minha trajetória como fotógrafa se origina na arqueologia e paisagem. Passei doze anos fotografando a região mediterrânea da Grécia, Turquia, Itália, trabalhando como fotógrafa arqueológica e científica, especialista em pinturas funerárias em tumbas sob a terra.
Ao mesmo tempo, comecei minha carreira como fotógrafa de paisagens, capturando fotografias em vários cenários, como por exemplo, as áreas desérticas da Turquia central, paisagens áridas das partes do sul da Grécia, o deserto do Atacama, o ártico e a Ásia.
Minha relação com a fotografia de arquitetura começou há 14 anos. No ano de 2000 a 2001 passei um ano como artista Fulbright, como  estudante em visita na escola de arquitetura, planejamento e preservação da Universidade de Columbia. Nos anos 2002 a 2003 trabalhei no Japão, com o apoio da Japan Foundation com fins de cobrir e documentar a pesquisa sobre a arquitetura de vidro contemporânea no Japão. Esta última experiência determinou o resto da minha carreira como fotógrafa de arquitetura, especialmente dada à colaboração com o arquiteto Kengo Kuma, que tem sido o mais influente para mim.

Divercity Architects/ Nicolaos Travasaros & MplusM Architects/ Marita Nicoloutsou, Memos Filippidis Grace Hotel, Santorini, Grécia © Erieta Attali

2. Você é arquiteta?

Estudei fotografia e trabalho como fotógrafa há 20 anos, primeiro na Grécia, logo obtive meu mestrado Goldsmiths da Universidade de Londres junto de Ian Jeffrey, depois me mudei para Nova York para cursar na Universidade de Columbia e em Londres comecei um programa PhD na Associação de Arquitetura em Londres.
Ensinei fotografia de arquitetura nos últimos nove anos na Universidade de Columbia e fui professora visitante em países como Brasil, Chile, Dinamarca, Itália, Reino Unido, China e Singapura.
A maioria das pessoas se confunde com minha profissão, perguntando se por acaso sou arquiteta dado a minha relação com a arquitetura, seja tradicional ou contemporânea.

Solano Benitez 4Vigas, Piribebuy. Paraguai © Erieta Attali

3. Por que você gosta de fotografar arquitetura?

Durante minha adolescência como atleta, eu corria longas distâncias nos bosques de Chalki nas Ilhas Princesas. Durante esses percursos entre as árvores, junto às igrejas bizantinas e o mar de Mármara, começou o cometimento de gravar essas imagens. Aí foi quando decidi me dedicar à fotografia de monumentos e paisagens.

dNR Architects Max Nunez, Nicolas del Rio © Erieta Attali

4. Arquiteto favorito?

Todos os arquitetos com quem eu trabalho. No entanto, há alguns que determinaram minha maneira de ver arquitetura, como por exemplo, Tschumi, Joan Ockman, Kengo Kuma, Kenneth Frampton e Juhani Pallasmaa.

Andrea Deplazes, Marcel Baumgartner Studio Monte Rossa, DARCH, ETH Monte Rosa Hut, Suíça © Erieta Attali

5. Obra favorita?

Um avião, pois de sua janela posso observar o mundo desde 30000 pés!

SPBR, Angelo Bucci Casa em Ibatuba, Brasil © Erieta Attali

6. Como você trabalha? (independente? com revistas, arquitetos?)

Geralmente trabalho sem parar. Estou com mudanças de horários constantes, ao estar em distintos países  a cada par de semanas, o que me deixa pouco tempo para estar em casa; no entanto, ser habitante deste mundo junto de minha câmera, faz valer a pena. Tenho muita sorte de poder colaborar com arquitetos extraordinários e historiadores da arquitetura impressionantes como Kenneth Frampton e Juhani Pallasmaa.

Kengo Kuma Architects, Water / Cherry, Nordeste do Japão © Erieta Attali

7. Quais equipamentos e softwares você usa?

Fotografo utilizando uma câmera Linhof de 4×5 polegadas e uma Linhof panorâmica de 6x12cm. Quanto ao processamento dos filmes e impressão, trabalho com um técnico nas últimas duas décadas, com sede em Londres: Fredy Carabott. Ocasionalmente trabalho também com uma impressão de exposições de Davide di Gianni.

Bernard Tschumi The New Acropolis Museum, Atenas, Grécia © Erieta Attali

 

Sobre este autor
Victor Delaqua
Autor
Cita: Victor Delaqua. "Fotografia e Arquitetura: Erieta Attali" 27 Ago 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/67182/fotografia-e-arquitetura-erieta-attali> ISSN 0719-8906