O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: “Sketches of Frank Gehry”

Cinema e Arquitetura: “Sketches of Frank Gehry”

Cinema e Arquitetura: “Sketches of Frank Gehry”
Cinema e Arquitetura: “Sketches of Frank Gehry”

Esta semana indicamos um documentário sobre o ganhador do Pritzker 1989, Frank Gehry. Uma série de entrevistas que abordam a visão da arquitetura e o enfoque particular deste renomado arquiteto, que criou diversos  dos edifícios mais emblemáticos construídos na última década.

 

FICHA TÉCNICA:

Título Original: Esboços de Frank Gehry
Ano: 2005
Duração: 83 min.
Origem: Alemanha, EUA
Diretor: Sydney Pollack
Roteiro: Sydney Pollack
Trilha Sonora: Claes Nystrom, Jonas Sorman
Elenco: Frank Gehry, Dennis Hopper, Philip Johnson, Edward Ruscha

SINOPSE

Frank Gehry gosta de fazer croquis, e assim começou seu trabalho como arquiteto. Esta paixão pelo desenho guiou o diretor Sydney Pollack na escolha do estilo adotado para realizar seu documentário.O diretor utilizou como ponto de partida os croquis originais que Gehry fez para cada um dos seus grandes projetos, o documentário explora a metodologia processualdo  arquiteto para transformar o abstrato em matéria tangível, uma maquete tridimensional construída  normalmente com papel e durex, antes de ser convertido em edifícios de titânio e vidro de concreto, aço e pedra.

Para captar o aspecto “esboçado” do documentário, Pollack utilizou dois métodos: filme e Mini DV (vídeo digital). Graças a esta abordagem discreta e as muitas horas que passou na casa de Gehry, em seu escritório da arquitetura e nos seus edifícios, o diretor conseguiu desvendar um pouco a essência do singular trabalho arquitetônico e a personalidade tímida e misteriosa de Frank Gehry.

Em contraponto ao aspecto deliberadamente informal delineado, durante as filmagens em vídeo, Sydney Pollack se utiliza de grande sensibilidade para captar para o cinema a grandeza das obras de Frank Gehry, desde seu primeiro projeto, um celeiro na Califórnia até as construções que estão entre as mais impressionantes da era moderna, como o Museu Guggenheim de Bilbao e do Walt Disney Concert Hall em Los Angeles.

O diálogo entre Pollack e Gehry é íntimo, como se espera de uma amizade tão longa. O núcleo do documentário é baseado no caráter discreto e informal das conversas entre os dois e os demais participantes. O filme não é sobre a teoria da arquitetura em vias de desaparecimento. Ao contrário, o cineasta revela a teoria da arquitetura, abrindo novas perspectivas sobre a vida do extraordinário arquiteto e seu processo criativo.

Sobre este autor
Joanna Helm
Autor
Cita: Joanna Helm. "Cinema e Arquitetura: “Sketches of Frank Gehry”" 06 Abr 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/41877/cinema-e-arquitetura-sketches-of-frank-gehry> ISSN 0719-8906