O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Ranking 2013 das melhores praças públicas do mundo

Ranking 2013 das melhores praças públicas do mundo

Ranking 2013 das melhores praças públicas do mundo
Ranking 2013 das melhores praças públicas do mundo, © Sebastià Giralt, Flickr
© Sebastià Giralt, Flickr

A página Landscape Architects Network dedica-se a difundir o ponto de vista de arquitetos, urbanistas e outros profissionais, sobre a conexão entre a arquitetura da paisagem e as cidades.

Elaboraram há algum tempo um ranking com as que consideram as dez melhores praças do mundo, por manterem sua essência histórica de uma praça ou seja, um lugar público onde os ambientes refletem aspectos econômicos, sociais e políticos de uma cidade.

A seguir as 10 praças:

1.  Praça de Naqsh-e Yahán, Iran.

©  Matthew Winterburn, Flickr
© Matthew Winterburn, Flickr

Esta praça localiza-se no centro da cidade de Isfahán e é conhecida como a Praça do Irmán. Em 1979 foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco pela importância dos edifícios que a circundam – a Mesquita Real,  a mesquita do xeique Lotfollah, o pórtico deQeyssariyeh e o palácio da dinastia Timúrida – os quais refletem a cultura, as crenças e as tradições do lugar. A construção da praça começou no início do século XVII e atualmente é considerada uma das maiores do mundo, com 510 metros de largura e 165 de comprimento. Diariamente chegam centenas de pessoas para desfrutar os jardins ou dos cafés e comércios dos seus arredores.

2.  Praça de Campo, Itália.

©  yanivba, Flickr
© yanivba, Flickr

O Centro Histórico de Siena, cidade onde esta praça se localiza, foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade em 1995. Esta praça é um espaço público característico do centro de Siena, reunindo instituições públicas, como a prefeitura que funciona no Palácio Público e construções abertas ao público, como a Capela e o Museu Cívico. Todos os dias évisitada por turistas que aí vão para tomar um café ou ver a Fonte Gaia.

3.  Praça Vermelha de Moscou, Rússia.

© Miradortigre, Flickr
© Miradortigre, Flickr

O ponto zero da capital russa reúne a Catedral de São Basílio, o Kremlin e o Mausoléu de Lenin. Embora não haja certeza sobre a origem do nome, diz-se que se chama Praça Vermelha pois antes se localizava em frente a uma porta vermelha do Kremlin. Ela é muitas vezes vista como o núcleo de Moscou e da Rússia, porque dela partem ruas que, posteriormente, se convertem em rodovias que conectam o país.

4.  Praça de Trafalgar, Londres, Inglaterra.

© LifeInMegapixels, Flickr
© LifeInMegapixels, Flickr

Construída em 1830 e projetada pelo arquiteto John Nash para comemorar a Batalha de Trafalgar, é considerada a principal praça de Londres, já que nela acontecem atividades massivas dia e noite. Neste lugar vêem-se grandes fontes de água e estátuas, além da Coluna de Nelson, localizada no centro da praça e visível à distância, com seus 50 metros.

5. Praça de San Pedro, Cidade do Vaticano, Itália.

© vpzone, Flickr
© vpzone, Flickr

O centro de peregrinação dos católicos é, por sua vez, uma das praças mais visitas do mundo. Nos eventos que acontecem anualmente, já chegou a reunir 300 mil pessoas. Entre seus atrativos destacam-se a Basílica de São Pedro, a Capela Sistina, as 140 estátuas dos santos que cercam a esplanada, um obelisco egípcio localizado no centro da praça e duas fontes. A praça foi projetada por  Gian Lorenzo Bernini e foi construída entre 1656 e 1667.

6. Praça da Federação, Melbourne, Austrália.

© leGuik, Flickr
© leGuik, Flickr

Embora tenha sido inaugurada em 2002, a “Federation Square” é a primiera praça pública de Melbourne e é considerada um dos melhores espaços públicos do mundo. Localizada no centro da cidade, reúne centros culturais, 16 cafés e alguns restaurantes. Além disso, em seu espaço aberto são realizados centenas de eventos públicos todo ano, de concertos a festivais diversos.

7. Praça do Mercado de Cracóvia, Polônia.

© Andra MB, Flickr
© Andra MB, Flickr

Devido aos seus 40.000m², é considerada a maior praça medieval da Europa e a mais importante de Cracóvia, cidade que desde 1978 é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. A Praça do Mercado se caracteriza por ser um lugar exclusivamente peatonal, cercada por 13 ruas que não admitem o tráfego de automóveis. Seu reconhecimento não é recente, em 2005 a organização Project for Public Spaces (PPS) a elegeu como a melhor praça do mundo.

8. Praça de Armas de Cuzco, Peru.

©  tik_tok, Flickr
© tik_tok, Flickr

A única praça sulamericana presente no ranking de LandArchs ganhou o lugar por ser o centro da antiga capital dos incas e por sua importância histórica ter sido mantida apesar das remodelações que sofreu nos últimos anos. Nela estão a Catedral e a Companhia, uma segunda igreja que fora completamente destruída no terremoto de 1650, mas sua posterior reconstrução levou a posicionar-se como uma das igrejas mais bonitas da América Latina, segundo a PPS.

9. Times Square, Nova York, EUA.

© Vivienne Gucwa, Flickr
© Vivienne Gucwa, Flickr

Reconhecido por seus inúmeros anúncios publicitários e por ser o cenário de muitos filmes, esta praça em Nova York é um reflexo fiel desta cidade que nunca dorme. Até 2009 a praça era aberta aos automóveis, porém, uma lei proposta pelo prefeito Michael Bloomberg em 2010 tornou o lugar exclusivo para pedestres e ciclistas. Cada ano, nos eventos que acontecem na Times Square participam milhares de pessoas, seja na época de natal, ano novo e outras ocasiões.

10. PraçaTahrir, Cairo, Egito.

© Downtown Traveler, Flickr
© Downtown Traveler, Flickr

A Praça Tahrir ou Praça da Liberação é um espaço público onde pode-se conhecer o ambiente político e social do país, já que nela concentram-se as manifestações cidadãs. Como nesta praça confluem quatro avenidas e há uma estação de metrô, é de muito fácil acesso para as pessoas, que também podem visitar os edifícios que estão nos arredores, como o Museu Egípcio, a Sede da Universidade Americana do Cairo, o Hotel Nilo e outros edifícios governamentais.

Por Constanza Martínez Gaete, via Plataforma Urbana. Tradução Eduardo Souza, ArchDaily Brasil.


Ver a galeria completa

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Ranking 2013 das melhores praças públicas do mundo" 10 Out 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/145737/ranking-2013-das-melhores-pracas-publicas-do-mundo> ISSN 0719-8906